Microcrédito BNDES? entenda como funciona e como contratá-lo!

microcredito bndes 2

O Microcrédito BNDES é famoso por oferecer a pequenos empreendedores melhores condições para empréstimos e financiamentos.

O objetivo do Microcrédito BNDES é fomentar a economia, facilitando a criação de novas empresas dentro do mercado.

O que é Microcrédito?

Microcrédito BNDES

O Microcrédito BNDES é uma linha de empréstimo de valores mais baixos. No entanto, sua característica mais importante são as taxas de juros reduzidas.

Ele serve para que o microempreendedor individual consiga, de maneira menos burocrática, financiamentos para sua empresa. Contribuindo, assim, para a compra de materiais necessários e até seu capital de giro.

O Microcrédito para MEI pode ser solicitado por pessoas físicas e jurídicas, sendo elas proprietárias de um pequeno negócio.

Como funciona o Microcrédito BNDES?

O crédito para microempreendedores do BNDES pode ser solicitado por qualquer pessoa que possua um pequeno negócio. Eles correspondem às empresas com faturamento de até R$360 mil reais ao ano.

Suas linhas de crédito podem chegar a até R$20 mil reais, sendo cobrada uma taxa de juros de 4% ao mês.

Para solicitar o microcrédito, o empresário deve se dirigir ao BNDES de sua região. É lá que serão analisadas as condições para a concessão de crédito e financiamentos.

Pode ser cobrada uma taxa de abertura de crédito pelo operador, não ultrapassando 3% sobre o valor financiado.

Para conseguir um Microcrédito BNDES, não são exigidas garantias reais, sendo elas o aval solidário.

Ele pode ser utilizado como capital de giro e também para investimentos dentro da empresa, como em obras e novos equipamentos.

Quando vale a pena solicitar o Microcrédito BNDES?

Ao adquirir um empréstimo, mesmo com juros baixos, você está também adquirindo uma dívida. Por conta disso, é preciso tomar bastante cuidado e analisar o seu cenário e condições.

Antes de fazer um empréstimo, responda às seguintes perguntas:

1. Qual a situação atual da empresa e onde você quer vê-la chegar?

Defina sua situação atual e o que você deseja fazer com o financiamento.

2. Existe um planejamento pronto, com o passo a passo necessário para essa mudança?

É preciso definir metas claras que levem a empresa à situação desejada.

3. Quanto é realmente preciso para alcançar esse objetivo?

Faça um orçamento de tudo o que será preciso, de materiais a contratações.

4. O potencial de crescimento do negócio garante uma forma de fazer o pagamento?

Analise se o investimento dará um retorno financeiro à tempo do pagamento.

5. Você possui alguma segunda alternativa para o pagamento, caso o negócio não dê certo?

Defina se, mesmo sem um retorno imediato, você conseguirá fazer o pagamento do  financiamento.

Sabendo disso, fica mais fácil entender suas reais necessidades e condições antes de pedir um empréstimo.

É importante lembrar que não se deve solicitar crédito para empresas com a intenção de utilizar o dinheiro em outras áreas.

Caso isso aconteça, você estará eliminando suas chances de conseguir o retorno desse dinheiro.

Os investimentos na empresa precisam ser direcionados para o aumento do seu faturamento.

Assim, oferecendo as condições necessárias para o pagamento de seu Microcrédito BNDES solicitado. Para mais conteúdos acompanhe a nossa carta do fundador, com insights valiosos todos os dias!

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos