Vale a pena morar com os pais para economizar?

morar com os pais 1

Um dos maiores desejos dos jovens é deixar de morar com os pais para exercer a independência em todos os aspectos. Mas com esse desejo também é comum vir a dúvida de como e quais os recursos necessários para fazer isso.

A realidade é que morar com os pais pode ser mais cômodo, tanto economicamente, quanto emocionalmente. Trocar o certo pelo duvidoso pode ser algo assustador, no entanto, morar sozinho tem seus prós e contras.

Assim como as vantagens de morar com os pais são inúmeras, ter um lugar para chamar de seu também é algo muito atrativo. Contudo, se a intenção for economizar para atingir algum objetivo especial, é preciso ponderar antes de fazer essa escolha.

Morar na casa dos pais

Mesmo com a possível pressão externa e interna para deixar de morar na casa dos pais, essa pode não ser uma boa opção para quem pretende economizar dinheiro. O custo da independência nesse sentido, pode ser um valor muito alto.

Ainda que haja uma leitura pré-concebida socialmente sobre a idade para sair de casa, não existe uma regra de até quando morar com os pais. A escolha irá depender do relacionamento afetivo, econômico e público.

Benefícios de morar com os pais

●     Economia

Mesmo que haja contribuição financeira na casa dos pais para a manutenção, alimentação e afins, morar com os seus pais ainda é mais econômico do que assumir a responsabilidade de prover 100% os custos de uma moradia.

●     Tarefas

Muitas pessoas reclamam das atividades de casa que são designadas pelos pais: lavar os pratos, lavar banheiros, arrumar o quarto e afins. Bom, ao morar só a realidade não será diferente. Na verdade, pode ser ainda mais trabalhosa.

Ao contrário de morar com a família, as atividades para manutenção da casa terão que ser feitas de maneira independente. Ou seja, nada de dividir as obrigações com outras pessoas.

Desvantagens de morar com os pais

●  Privacidade

Provavelmente um dos fatores que mais pesa para quem quer deixar de morar na casa dos pais. Morar na casa de alguém, significa seguir as suas regras e isso pode ser um enorme problema.

●  Espaço

No quesito espaço também entra o fator privacidade. Apesar de, provavelmente, o filho possuir o espaço do quarto como o seu ambiente privativo, os demais cômodos são compartilhados e também possuem regras de utilização.

●  Amigos

Principalmente para quem não abre mão de uma festa em casa, morar com as família pode ser um grande pesadelo. Neste sentido, a vantagem de morar só é poder receber visitar a qualquer momento e ter mais liberdade para promover festas.

Voltar a morar com a família

Voltar a morar com os pais não deve ser tido como uma vergonha ou sentimento de impotência. Aind’a que muitas pessoas se sintam dessa forma, é muito comum esse caminho de retorno. Principalmente, em casos de queda de renda.

Nessas situações, o ideal é aproveitar o momento para reavaliar questões profissionais, emocionais e econômicas. Mas existem métodos de evitar esse episódio através de planejamento financeiro e reserva de emergência.

Morar com os pais pode ser uma solução simples, além de prazerosa, para quem pretende ter mais estabilidade e organização financeira. Dessa forma, o equilíbrio ao sair de casa com maior planejamento traz ainda mais vantagens do que fazer por impulso ou pressão.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos