Home Blog Morar sozinho: {6} dicas ESSENCIAIS para não passar sufoco

Morar sozinho: {6} dicas ESSENCIAIS para não passar sufoco

morar sozinho

Morar sozinho para muitos é uma experiência que traz liberdade. A sensação de responsabilidade apesar de ser muito gratificante, pode significar uma grande mudança no seu estilo de vida.  

Uma das maiores responsabilidades de quem está indo morar sozinho é se organizar financeiramente. Não é raro acontecer descuidos na despesa e acabar contraindo dívidas 

Morar sozinho representa uma emancipação habitacional e financeira. Responsabilidades que não eram comuns no dia a dia, como por exemplo, pagar as contas, se tornam deveres somente seus.  

O que levar em consideração antes de morar sozinho? 

Sair de casa adiciona alguns custos no seu orçamento que antes provavelmente não eram necessários. 

Por exemplo, morando com os pais, a sua preocupação financeira mensal pode ser: vai sobrar dinheiro para ir a determinada festa ou para comprar certa roupa.

Morar sozinho cria a necessidade de estar atento se o dinheiro será suficiente para pagar luz, água, comida, internet, aluguéis e, até mesmo, fazer uma reserva de emergência.

Antes de tudo, você deve se perguntar quanto custa morar sozinho? 

  • Qual lugar faz mais sentido para você? Leve em consideração proximidade do local de trabalho, e escolha um lugar que não represente uma fatia muito grande do seu orçamento. Alugar apartamento provavelmente vai ser a melhor opção no início;
  • Analise quais serão todos os seus custos fixos e reserve até 60% do seu orçamento para eles. É muito importante economizar mensalmente parte do seu dinheiro para criar uma reserva de emergência que poderá servir para eventuais necessidades;
  • Defina quais atividades você mesmo vai fazer e quais você irá pagar para que façam. Se você está indo morar sozinho com pouco dinheiro, é possível que seja uma opção mais interessante (economicamente falando), desempenhar as suas próprias atividades domésticas.  

Quais são as principais dicas para morar sozinho?

Depois que você já definiu onde irá morar, quanto será seu custo fixo e quais serão suas responsabilidades domésticas, esteja atento a algumas dicas mais específicas que vão te ajudar a se organizar e manter uma estabilidade financeira durante essa nova experiência. 

Organize o pagamento das contas 

Automatize seus pagamentos para datas próximas ao recebimento do seu salário. Isso, vai te ajudar a não esquecer de pagar contas, não contrair dívidas e estar mais atento a sua realidade financeira.  

Mas, é preciso estar bem atento ao saldo de sua conta, porque caso o salário atrase e seu saldo na conta for insuficiente, isso, pode acabar prejudicando a sua saúde financeira.  

Aprenda a executar as atividades domésticas  

Quem está indo morar sozinho pela primeira vez, na maioria das vezes, tem o orçamento apertado.

Mas, até mesmo para quem tem uma folga na renda, ter o hábito de executar as tarefas domésticas é algo que pode representar uma grande economia.  

Então, se possível, antes de sair de casa crie hábitos de organização e os desenvolva. Se você hoje em dia não tem o costume de fazer essas atividades domésticas, não tem problema.

Como todos os comportamentos, a execução repetida dia após dia, você vai conseguir fazer tudo com bem mais facilidade, e assim, poupar seu tempo e seu dinheiro.  

Procure por móveis e utensílios usados 

Comprar móveis e utensílios novos pode ser algo muito caro para quem está se mudando pela primeira vez. Existem alguns sites e aplicativos onde você consegue achar muita coisa boa, em ótimo estado de conservação e por preços melhores.  

Existem, inclusive, sites e aplicativos que são direcionados para a troca de móveis e utensílios, isso, pode ser um forte aliado para esse momento de aquisição de bens.

Aproveite essa oportunidade de crescimento e desenvolva sua capacidade gerencial

Morar sozinho vai dar a oportunidade para tomar decisões estratégicas em relação a suas finanças, seus bens e sua vida como um todo.

A organização financeira sempre é importante, mas quando você sai de casa, estará gerenciando os recursos de um lar. Esta experiência vai desenvolver amadurecimento e controle sobre todos aspectos de sua vida, então, aproveite isso para levar grandes aprendizados pessoais e, até mesmo, profissionais. Acompanhe a nossa carta do fundador, com conteúdos diários e gratuitos!  

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *