MRVE3: vale a pena investir na MRV?

MRVE3 1

A MRV (MRVE3) é uma empresa brasileira que atua no setor de construção civil e incorporações. Considerada uma das maiores construtoras da América Latina, a empresa possui o maior número de unidades e cidades atendidas do País.

Os papéis da MRV (MRVE3) integram a bolsa de valores brasileira, a B3, com participação no índice IBOV. Dessa forma, é possível negociar ações da empresa caso o investidor observe nesse setor uma boa oportunidade.

O que é a MRV (MRVE3)?

A MRV Engenharia e Participações S.A. (MRVE3) tem uma atuação voltada para o segmento de empreendimentos residenciais populares. Dessa forma, prioriza projetos do programa habitacional Minha Casa Minha Vida.

Fundada no ano de 1979, a empresa realizou sua Oferta Pública Inicial (IPO) no ano de 2007. Os papéis da MRV são negociados pelo ticker MRVE3.

Sendo assim, na bolsa de valores, a companhia possui mais de 481,9 milhões de ações gerenciadas, sendo 47,5% em Free Float.

Além da MRV, outras companhias fazem parte desse segmento. São elas, por exemplo, a Tecnisa (TCSA3) e a Cyrela (CYRE3):

  1. Tecnisa: a empresa possui como foco o mercado brasileiro de incorporação imobiliária. Atuando no mercado residencial de maneira integrada, ela realiza, por exemplo, a aquisição de terrenos, incorporação, vendas e construção;
  2. Cyrela: empresa também atua no setor imobiliário e se divide em bandeiras diferentes para atuar em segmentos distintos do mercado como, por exemplo, as empresas Living e Vivaz.

Além dessas informações, é importante avaliar o histórico e modelo de atuação da MRV (MRVE3) antes de tomar uma decisão assertiva.

O que faz a MRV (MRVE3)?

Em primeiro lugar, a principal atividade da MRV (MRVE3) é a construção civil e a incorporação de empreendimentos imobiliários. No geral, a empresa trabalha com 3 linhas de mercado:

  • Linha Eco: essa propõe uma construção inteligente que promove bem-estar com o preço mais acessível do mercado. Portanto, ela associa design contemporâneo, conforto e bom custo-benefício;
  • Linha Bio: em segundo lugar, esse mercado traz padrão mais alto de conforto e bem-estar. É a linha intermediária para quem já pode dar um passo maior em direção ao sonho da casa própria, por exemplo;
  • Linha Premium: por fim, existe a exclusividade. Os empreendimentos que se encaixam nessa linha são poucos, mostrando o melhor do desenvolvimento e construção de alto padrão da empresa.

Como a MRV (MRVE3) atua?

Com quatro décadas de história, a MRV mantêm seu foco em inovação e sustentabilidade, trazendo uma nova linha de produtos para revolucionar o mercado de empreendimentos residenciais brasileiro.

A empresa foca sua atuação no programa habitacional Minha Casa Minha Vida. Além disso, o preço médio de venda das unidades é R$152mil.

Com esse foco de atuação e uma linha de produtos padronizada, a MRV possui uma escala industrial de produção, oferecendo elevado grau de especialização de processos, baixo custo de produção e qualidade diferenciada no segmento em que atua.

Além disso, a MRV possui uma grande variedade geográfica no setor imobiliário brasileiro. A companhia atua em 158 cidades em 21 Estados do Brasil.

Por último, a MRV ainda é uma das empresas brasileiras com maior histórico e experiência no acesso aos programas de financiamento especiais da CEF e BB;

Isso permite à empresa oferecer aos clientes condições de financiamento vantajosas, ao mesmo tempo em que reduz sua necessidade de capital no desenvolvimento de seus projetos.

Ações da MRV (MRVE3): onde e como negociar?


O ticker da MRV (MRVE3) é vendido na bolsa de valores brasileira de forma eletrônica, através de plataformas como o home broker.

A empresa possui ações ordinárias (MRVE3 ON). Esse tipo de papel dá, por exemplo, o direito ao voto durante as assembleias executivas.

No entanto, antes de comprar ações da MRV, é necessário realizar a abertura de um conta em uma corretora de valores. Essa, por sua vez, precisa ser credenciada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Depois, deve-se realizar uma transferência TED, com o valor direcionado para os aportes. Além dessa opção, também é possível realizar um Pix para a corretora de valores. Feito isso, então, o investidor poderá selecionar ações da MRV, referidas como MRVE3.

Características das ações da MRV (MRVE3)

mrve32

Considerada uma Small Cap, a MRV (MRVE3) tem como seu maior acionista Rubens Menin Teixeira de Souza, um dos fundadores, que detém mais de 36% das ações ordinárias. Além disso, a empresa participa dos índices IBOV, SMLL e IDIV.

A classificação setorial da MRV (MRVE3), segundo as informações disponibilizadas na B3, é: Consumo Cíclico / Construção Civil / Incorporações.

Ainda, seu segmento de listagem na bolsa de valores é Novo Mercado, que prioriza empresas com boa governança corporativa e alta transparência.

Por último, vale ressaltar que suas ações oferecem Tag Along de 100% ON, além de free float de 47,5%.

História da MRV

Em primeiro lugar, a MRV foi fundada pelos sócios Rubens Menin Teixeira de Souza, Mário Lúcio Pinheiro Menin e Vega Engenharia Ltda no ano de 1979. Surgiu, assim, a MRV Serviços de Engenharia, na cidade de Belo Horizonte (MG). Em 1981, já começaram a ser entregues os primeiros prédios em BH.

Em 1990, a empresa começou a ter participação de mercado relevante em Belo Horizonte, partindo assim para novos mercados. Três anos depois, em 1993, surgiu o “kit acabamento”, produto que passa a proporcionar opções adicionais aos imóveis.

Em 1995 a empresa expandiu e construiu empreendimentos e Uberlândia, cidade de MG. Um ano depois, em 1996, a empresa chegou na cidade de Americana, em SP.

Surgiu, então, a MRV Construções, em 1999, que passou a atuar no sul do Brasil, inicialmente nas cidades de Londrina e Curitiba.

Século 21

Em 2003, houve o lançamento das linhas Spazio e Village. Já em 2005 teve a expansão das atividades pra Goiânia, completando 28 cidades de atuação.

Além disso, ocorreu a reestruturação do Grupo MRV. A companhia foi constituída com o objetivo de facilitar a estrutura, passando a controlar a MRV Construções e a MRV Empreendimentos.

2007 foi o ano em que a empresa abre capital e passa a negociar ações na bolsa de valores. A Oferta Pública Inicial abrangeu 45,9 milhões de ações ordinárias, levantando R$ 1 bilhão de recursos líquidos.

Neste ano, a MRV também passou a deter participação acionária no capital social das empresas Prime e Blás, que atuam no segmento de Empreendimentos Residenciais Populares.

Um ano depois, em 2008, surgiu a MRV LOG, atuando no segmento imobiliário voltado pra incorporação e locação de centros de distribuição, condomínios industriais, hubs e condomínios logísticos.

Em 2010, as ações da MRV passaram a fazer parte do Índice Bovespa. Em 2012, foi aprovada a alteração do nome e marca da antiga MRV Logística e Participações S.A. pra LOG Commercial Properties e Participações S.A (”LOG CP”).

Além disso, foi constituída a Urbamais Properties e Participações S.A. (“Urbamais”). A empresa foi criada com o objetivo de desenvolver grandes áreas urbanas onde a MRV já opera, com maior foco no público das classes “B”, “C” e “D”.

Por fim, em 2018, acionistas aprovaram cisão parcial, resultando na segregação das ações de sua propriedade emitidas pela Log Commercial Properties e Participações S.A.

Em dezembro desse ano, por fim, as duas empresas passaram a ser negociadas separadamente na B3. Sendo assim, a companhia deixou de ter participação no controle da Log.

Linha do tempo da MRV

  • 1979: Fundação da MRV na cidade de Belo Horizonte (MG);
  • 1981: Entrega dos primeiros prédios em BH;
  • 1993: Surgimento do “kit acabamento”, produto que passa a proporcionar opções adicionais aos imóveis.
  • 1995-1996: Expansão para outra cidade de MG e para São Paulo;
    1999: Surgimento MRV Construções, atuando no sul do Brasil;

Século 21

  • 2003: Lançamento das linhas Spazio e Village;
  • 2005: Expansão das atividades pra Goiânia, completando 28 cidades de atuação. Reestruturação do Grupo MRV;
  • 2007: Entrada da empresa na bolsa de valores. Participação acionária no capital social das empresas Prime e Blás;
  • 2008: Surgimento da MRV LOG;
  • 2010: Participação no IBOV;
  • 2012: Alteração da antiga MRV Logística e Participações S.A. pra LOG Commercial Properties e Participações S.A. Consititição da Urbamais Properties e Participações S.A. (“Urbamais”);
  • 2018: Cisão parcial, resultando na segregação das ações de sua propriedade emitidas pela Log Commercial Properties e Participações S.A. Negociação separada das empresas na B3.

Como ganhar dinheiro com ações da MRV (MRVE3)?

mrve33

A MRV distribui dividendos constantes aos seus acionistas. Portanto, o pagamento de proventos, por exemplo, é uma das formas de lucrar com a empresa.

Além dessa forma, o investidor também pode ganhar dinheiro através da venda de suas ações por um valor mais alto que o comprado antes, prática comum entre traders.

Dentre as questões a serem levadas em conta, por exemplo, o investidor pode considerar a busca pela diversificação da sua carteira de ativos, realizando aportes em renda fixa e renda variável.

Por isso, recomenda-se que o acionista análise a segurança, liquidez e rentabilidade das ações que integram a bolsa, antes de efetuar a aquisição de um papel.

Sendo assim, antes de efetuar os investimentos é importante que o perfil investidor e seus objetivos já estejam definidos, afinal, a escolha de um investimento a curto ou longo prazo vai depender disso.

Vale a pena investir nas ações da MRV (MRVE3)?

Em primeiro lugar, com diversos prêmios, a empresa se destaca enquanto pelos projetos do programa habitacional Minha Casa Minha Vida.

Portanto, como ponto positivo, a empresa apresenta uma boa governança e um bom histórico de pagamento de dividendos, o que pode ser positivo para quem procura investir em uma empresa com esse objetivo.

Por outro lado, esse segmento apresenta uma alta concorrência, o que pode ser um ponto negativo para se levar em conta. Além disso, esse nicho faz parte de um mercado de consumo cíclico.

Portanto, é interessante, antes de comprar papéis da empresa, fazer uma análise fundamentalista da empresa. Dessa forma, então, será possível verificar se seus investimentos estão sendo realizados de forma coerente, seja com a MRV (MRVE3) ou com outra companhia que faça parte da B3.

A MRV é small, medium ou large cap?

A MRV é uma small cap avaliada em R$8,2 milhões em 2020.

Qual é o Tag Along das ações da MRV?

A empresa apresenta um Tag Along de 100% ON.

A MRV participa do Ibovespa?

A MRVE3 tem 0,29% no Ibovespa.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos