Home Blog Quais são as novas regras do cartão de crédito

Quais são as novas regras do cartão de crédito

novas regras do cartao de credito 2

Através de uma boa educação financeira você consegue gerir suas finanças e ainda, conhecer novas formas de economizar. Por exemplo, conhecer sobre as novas regras do cartão de crédito, te ajuda em reduzir gastos determinados e tarifas. A nova regra vem com a intenção de reduzir pela metade os juros do cartão de crédito.

Ao serem lançadas, as novas regras do cartão de crédito diminuíram os danos para o consumidor com dívidas no cartão.

Se você nunca ouviu falar sobre as novas regras do cartão de crédito, é preciso ficar atento ao que mudou.

Como funcionavam as regras antigas do cartão de crédito?

novas-regras-do-cartao-de-credito-2

Ao pagar o mínimo da fatura, o consumidor pode comprometer seriamente sua situação financeira.

Os juros cobrados nesse tipo de operação são extremamente altos, principalmente antes das novas regras do pagamento mínimo.

Antes, o valor disponível para o pagamento do mínimo da fatura era 15% do valor original.

Como funcionam as novas regras do cartão de crédito?

O regulamento do Banco Central determina que as operadoras de cartão agora escolhem qual a porcentagem do pagamento mínimo.

Além disso, foram criadas as novas regras do rotativo do cartão de crédito. Agora, o consumidor não pode ficar mais de um mês no rotativo do cartão.

Além disso, ele não pode ser cobrado duplamente, como no caso do rotativo regular e não regular.

O rotativo regular é cobrado de clientes que chegam a pagar pelo menos o mínimo da fatura.

Já os juros do rotativo não regular são cobrados daqueles clientes que pagam abaixo do mínimo ou nem chegam quitar a fatura.

Agora, somente o rotativo regular, determinado em contrato, poderá ser cobrado.

Caso seja ultrapassado o primeiro mês do rotativo, ele perderá a possibilidade de pagar o mínimo do cartão. Nesse caso, o cliente terá duas opções:

  • Pagar o valor integral da dívida;
  • Parcelar toda a dívida com alguma linha de crédito com juros mais baixos do que os do cartão.

O que muda agora?

Com a nova lei do cartão de crédito, as instituições terão maior liberdade para definir o valor do pagamento mínimo. Ou seja, ele poderá variar para cada cliente.

Os clientes inadimplentes, portanto, serão cobrados de multa de atraso, de 2%, cobrada apenas uma vez, e juros de mora, de 1%/mês.

O que continua?

Os clientes continuam com a limitação de um mês para o pagamento mínimo de juros do cartão de crédito. No mês seguinte, são obrigados a pagar o valor total da fatura.

Os clientes que não conseguirem pagar a fatura de nenhuma forma deverão receber a opção de parcelamento do valor. Essa linha de crédito deve ter juros mais baixos que os do cartão.

Cuidados com as regras do cartão de crédito

As mudanças atuais favorecem o direito do consumidor e evitam que eles entrem em uma recorrência de dívidas. Ou seja, entrem na famosa “bola de neve”.

Entretanto, mesmo com os juros reduzidos, os valores existentes continuam altos. Além disso, a situação de inadimplência prejudica a viabilização de:

  • Cheque especial;
  • Cartão de crédito;
  • Crédito pré-aprovado;
  • Financiamentos e empréstimos.

Por isso, faça um planejamento financeiro para conseguir entender o seu padrão de vida. Com ele, é possível adequar suas compras ao seu real orçamento e evitar o pagamento de juros, mesmo que reduzidos.

Assim, as novas regras do cartão de crédito lhe favorecerão apenas em situações de grande emergência. Acompanhe a nossa carta do fundador com conteúdos diários e gratuitos!

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *