Home Blog NTN-D: como funciona esse título do Tesouro Nacional?

NTN-D: como funciona esse título do Tesouro Nacional?

ntn d 2

NTN-D é uma opção de investimento pouco conhecida entre as disponíveis no Tesouro Direto.

A modalidade NTN-D possui uma variedade de títulos à disposição do investidor, como as LTN Letras do Tesouro Nacional.

Ao comprar NTN-D, você está investindo em renda fixa, uma categoria com menos riscos e rendimentos do que a renda variável.

O que é NTN-D?

ntn d

A NTN-D é uma categoria da Nota do Tesouro Nacional de série D, um dos títulos de dívida emitidos pela União e oferecidos ao mercado financeiro.

Esse tipo de investimento não é utilizado por pessoas físicas, sendo mais escolhido por fundos de investimento, como o cambial.

Sua remuneração ocorre através da variação da cotação do Dólar no mercado de câmbio de taxas livres, divulgada pelo Banco Central.

Portanto, ela é um título cambial de rentabilidade híbrida, com juros estabelecidos no momento da compra.

Atualmente, o Governo Federal não está emitindo essa série de títulos. Portanto,  apenas instituições conseguem ter acesso a esse ativo, no mercado secundário de títulos.

Com essa restrição, só é possível fazer esse tipo de investimento quando o Tesouro Nacional realiza algum leilão.

Para que serve a NTN-D?

O objetivo da emissão da NTN-D é o fornecimento dos recursos necessários para a cobertura do déficit público no orçamento da União.

Essas notas também permitiram a realização de operações de crédito através da antecipação de receita.

Além disso, seguindo a Lei 8.696 de agosto de 1993, os recursos captados podem ser direcionados para programas e projetos nas áreas da ciência e tecnologia, saúde, defesa nacional, segurança pública e meio ambiente.

Taxas do NTN-D

As taxas praticadas na NTN-D podem variar de acordo com a emissão do Tesouro Nacional e o mercado financeiro em si.

Quem se interessa por esse título pode adquiri-lo em múltiplos de R$1 mil.

A amortização ocorre no vencimento por meio de um pagamento único.

Como funciona a NTN-D?

Se comparada a outros investimentos do Tesouro Direto, a NTN-D possui um funcionamento diferenciado.

Uma de suas principais características é a não possibilidade de liquidez diária.

Isso faz com que o investidor precise vender esse título no mercado secundário de investimentos se não quiser permanecer com ele até o vencimento.

Outro ponto importante da NTN-D é o pagamento de juros semestrais, que ocorre em prazos pré-definidos com o investidor.

Como o título é restrito a pessoas físicas, é preciso investir através de fundos de investimento que mantenham posição nele.

Inclusive, alguns fundos cambiais acabam mantendo posições em títulos como a NTN-D, conseguindo reproduzir as oscilações da moeda norte-americana.

Funções da NTN-D

A função principal do NTN-D é replicar a volatilidade do Dólar, além de receber uma taxa de juros acima disso.

Ela é uma alternativa para os investidores estrangeiros ou que estão no Brasil, que desejam aplicar seus recursos em um ativo seguro e de boa rentabilidade, podendo gerar bons rendimentos a fundos do exterior.

Com uma boa taxa de juros, ela oferece uma boa rentabilidade para quem aplica seu dinheiro.

A NTN-D possui garantia do Tesouro Nacional, sendo a maior proteção existente no mercado financeiro brasileiro.

Outras características da NTN-D são:

  • Possui incidência de Imposto de Renda;
  • É um título nominativo;
  • Possui risco quase nulo.

Cálculo do valor nominal da NTN-D

O valor nominal da NTN-D é calculado a cada seis meses, de acordo com a equação seguinte:

VNA = US$A x 1.000 / US$B

Em que:

  • VNA:  valor nominal atualizado;
  • US$A: valor da cotação de venda do dólar comercial dos EUA baseada na ptax (ptax800) do dia útil anterior à data de atualização, pagamento ou vencimento;
  • US$B: valor da cotação de venda do dólar comercial dos EUA baseada na ptax (ptax800) do dia útil anterior à data-base ou de emissão.
  • Ptax é a taxa de câmbio entre a média ponderada das cotações do dólar e do volume de operações envolvendo cada uma destas taxas a que foi negociado ao longo de um dia.

Como os juros são pagos semestralmente, o valor da aplicação é pago momento na data de vencimento.

Outras Notas do Tesouro Nacional

As Notas do Tesouro Nacional representam títulos emitidos em diversas séries, cada uma delas com um índice de atualização próprio.

Entre elas, estão:

Portanto, existem diversas formar de investir em ativos como a NTN-D, emitidos pelo Tesouro Nacional para a captação de recursos.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *