OKR: entenda o que é e como aplicar essa metodologia de gestão!

okr 3

O OKR tem como objetivo a definição dos resultados buscados por uma equipe dentro de uma empresa.

No entanto, o OKR pode ser desenvolvido de diferentes formas dentro de cada área do negócio.

Mas afinal, o que é OKR?

O OKR, ou Objectives and Key Results, é uma metodologia de gestão utilizada por diversas empresas para a definição de metas e objetivos.

Essa descoberta dos objetivos e resultados chave é extremamente necessária para nortear toda a equipe de funcionários do negócio.

Ou seja, com ela, o time é alinhado a partir das tarefas mais importantes para a empresa. Assim, são evitados desequilíbrios em atividades e funções.

Esse método foi adotado por diversas empresas do Vale do Silício, como:

  • Google;
  • Twitter;
  • Linkedin;
  • Spotify;
  • Airbnb.

Em resumo, o OKR propõe uma ação baseada em um objetivo mútuo existente dentro de uma empresa.

Qual a importância do método OKR?

okr

Quanto maior a empresa, maiores são os desafios enfrentados, seja pela equipe ou, principalmente, pelo gestor.

No entanto, um dos problemas mais silenciosos e perigosos dentro de um grande time é o desalinhamento da equipe. Ele ocorre quando os funcionários não percebem a importância de suas ações para o resultado final da empresa.

Por isso, é preciso que cada colaborador esteja ciente do que é preciso ser feito na busca pelos objetivos principais da empresa.

E é justamente para isso que o OKR serve.

Ele consiste em definir para toda a equipe quais são os objetivos existentes e o que é preciso para que eles sejam alcançados.

Como funciona a metodologia OKR?

O OKR é uma metodologia de gestão que, diferente das tradicionais, não possui um modelo engessado e inflexível.

Isso significa que não existem práticas específicas definidas de aplicação pelo seu criador, o Andrew S. Grove.

No entanto, existe um conceito norteador, como um tipo de fórmula:

  • Por querer X (objetivo)  tenho que cumprir Y (resultado-chave)

O objetivo (X) é a divulgação de um desejo da empresa. Ele precisa ser bem descrito para demonstrar ao time a sua devida importância.

Já os resultados-chave (Y) representam as metas que irão impactar diretamente no atingimento do objetivo.

Para cada um dos alvos principais devem existir mais de duas metas definidas, facilitando a sua resolução e distribuição entre a equipe.

Os key-results possibilitam o alinhamento da equipe direcionando os seus esforços. Além disso, eles devem ser de curto período, permitindo uma possível correção de problemas.

Ou seja, o OKR consiste em mais do que possuir desejos. Ele demonstra que é preciso definir exatamente o caminho necessário para algo, representado pelas metas.

Como o OKR é implementado dentro das empresas?

A implementação das metas OKR dentro das empresas é bastante simples. Ela é responsável pela organização de negócios em constante crescimento.

É possível que os setores existentes na empresa estejam com diferentes metas a serem desenvolvidas. No entanto, todas elas precisam ser desenvolvidas para um único fim.

Por exemplo:

Uma loja virtual possui o objetivo de satisfazer os clientes.

No entanto, para saber se eles estão ou não satisfeitos com seus produtos, ela analisa os indicadores existentes, como:

  • Índice de reincidência;
  • Engajamento (no site ou nas redes sociais);
  • Feedbacks (solicitados ou não).

Ao detectar um problema com o engajamento, por exemplo, ela deve criar metas para resolver esse problema, que podem ser:

  1. Aumentar a frequência de 4 para 10 postagens em redes sociais por semana;
  2. Criar publicações e promoções que incentivam a interação do cliente;
  3. Aumentar o índice de engajamento de 2% para 10%.

Nesse caso, o time de design criará mais postagens, sendo elas desenvolvidas pelo time de marketing.

Essas definições precisam ser bastante claras e simples, fazendo que toda a equipe consiga entender o que deve ser feito.

É preciso também que elas sejam checadas semanalmente, possibilitando a correção de erros sem grandes prejuízos.

Quais os benefícios do OKR?

O uso do OKR dentro de um negócio já possui benefícios comprovados, como vemos em grandes empresas como a Google.

Ele evita que as atividades estejam voltadas a fins diferentes, prejudicando a produtividade do negócio. Tudo isso, envolvendo e motivando toda a equipe a cumprir suas metas.

Além disso, por ser bastante simples, o OKR pode ser rapidamente absorvido por todos os colaboradores. Dessa forma, a obtenção de resultados antes impensados fica cada vez mais possível. Acompanhe a nossa carta do fundador com conteúdos diários e gratuitos!

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos