Onboarding: descubra a importância dele para o seu negócio!

onboarding

A implementação do onboarding faz com que sejam retiradas possíveis barreiras do caminho do cliente no uso de um produto.

O objetivo do onboarding é fazer o consumidor ter a melhor experiência possível após a compra e evitar o seu cancelamento.

Mas o que significa onboarding?

onboarding

O onboarding representa uma orientação de um novo cliente para o uso de um produto ou serviço de uma empresa.

Com ele, é garantida a melhor experiência possível de uso, para que o cliente não se arrependa da compra e solicite o cancelamento.

Existem alguns termos relacionados ao onboarding que são fundamentais para quem deseja aplicar essa estratégia. São eles:

User onboarding: Se direciona às interações entre o cliente e o bem adquirido. Nesse processo, são desenvolvidas ações para aumentar a percepção de valor de um usuário.

Assim, já no primeiro contato com o produto ele consegue entender mais sobre ele.

Customer onboarding: O relacionamento da empresa prestadora de serviço com o cliente. Ele pode ser efetuado através de feedbacks online, ligações, envio de mensagens etc.

Ongoing: Serve para conhecer o fluxo de trabalho e a relação entre o cliente e a agência.

Customer experience: o conjunto de ações tomadas para melhorar as interações entre consumidores e empresas em todo o processo de:

Ou seja, relação inclui o primeiro diálogo com o consumidor até o momento após o fechamento do negócio.

Por que utilizar o onboarding?

Mesmo após conseguir vender um produto ou serviço, a empresa ainda precisa se preocupar com o cliente.

Isso porque o objetivo maior deve ser a fidelização desse consumidor, tornando-o um defensor da marca e comprador recorrente.

No entanto, isso só ocorre quando ele não enfrenta dificuldades logo no início do uso e perde o interesse pelo produto.

Por isso, principalmente para os negócios em formato de assinatura, esse treinamento orientado é fundamental.

Ele consegue garantir a recorrência de receita por meio da satisfação dos clientes.

Qual a vantagem de utilizar o onboarding?

Existem diversos benefícios em implementar a orientação de uso para os clientes. Ela pode ser utilizada em diversos produtos ou serviços, como:

  • Assinaturas;
  • Eletrônicos;
  • Softwares;
  • Cursos.

Ao utilizar o onboarding, a empresa investe na fidelização de clientes no pós-venda.

Esse acompanhamento costuma ser feito por um setor específico,  chamado de “sucesso do cliente” ou “suporte do cliente”.

Ele representa uma área de contato direto com o cliente, fazendo-o se sentir mais próximo da empresa.

Isso é fundamental para diferenciar o negócio, já que a maioria das empresas só foca em agradar o cliente antes de fechar uma venda.

Como aplicar o onboarding de clientes da forma correta?

A aplicação do onboarding garante benefícios tanto para os clientes quanto para o comerciante. Por isso, vale a pena buscar entender mais sobre a forma correta de sua implementação.

Confira algumas dicas para aplicar o onboarding corretamente:

1. Forme uma área específica para o sucesso do cliente

A área comumente chamada de customer success ou sucesso do cliente é responsável por aplicar todas as estratégias do onboarding.

Fazendo isso, o negócio consegue satisfazer melhor os clientes, os tornando mais próximos à marca.

Além disso, os resultados no rendimento da empresa são percebidos pela retenção de clientes. Assim, evitando o desperdício de todo o esforço prévio investido naquele consumidor.

2. Receba feedbacks e aprenda com eles

Para indicar aos clientes a melhor maneira de utilizar um produto, é preciso ouvir aqueles que obtiveram sucesso no uso do bem adquirido.

Por isso, valorizar todos os tipos de feedback é fundamental. Ao analisar como atuam aqueles clientes sem dificuldades, fica mais fácil desenvolver um manual  com as melhores práticas.

Dessa forma, as indicações serão baseadas na perspectiva do cliente, o que facilita as suas compreensões.

3. Observe a atuação dos clientes e surpreenda-os!

Existem várias empresas que utilizam softwares e outras ferramentas para monitorar o uso dos seus produtos pelos clientes.

Essa estratégia oferece alguns dados bastante importantes para a percepção da satisfação do cliente, como no caso da frequência de uso.

Com isso, a empresa tem a possibilidade de abordar clientes antes mesmo da expressão de uma dificuldade.

Assim, podendo reforçar seu apoio e desenvolver uma melhor aquisição de valor pela marca através do onboarding. Acompanhe a nossa carta do fundador, com conteúdos diários e gratuitos!

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos