Pagamento à vista é a melhor opção?

pagamento a vista

Fazer um pagamento à vista é sempre indicado quando se fala em economia pessoal e controle financeiro. Entretanto, nem sempre ficam claras as vantagens de pagar em dinheiro.

O pagamento à vista pode ser feito de quatro formas diferentes. Entre todas elas, algumas são mais eficientes para quem busca a organização financeira.

Fazer um pagamento à vista é, em resumo, quitar o valor total de um débito na hora da compra, seja ela presencial ou online.

Para quem deseja buscar uma tranquilidade financeira, inclusive,

Formas de pagamento

Quem escolhe pagar à vista geralmente está procurando fugir das dívidas e seus juros. Cada forma de pagamento possui suas características.

A dinheiro

Pagar à vista com dinheiro é a forma de pagamento mais tradicional e favorita dos lojistas. Geralmente a chance de se conseguir desconto pagando à vista em dinheiro é maior.

Por ajudar no fluxo de caixa e não envolver taxas de maquinetas, os comerciantes incentivam esse tipo de pagamento. Entre as medidas de desconto à vista, estão as promoções e os descontos exclusivos para pagamento em dinheiro.

Em cheque

O cheque também conhecido como uma ordem de pagamento à vista. Assim, serve como um tipo de contrato que atesta ao favorecido o direito de recebimento da quantia nele indicada.

Mesmo possibilitando o pagamento a prazo, é possível fazer um pagamento à vista com o cheque. Dessa forma, ao fazer uma compra, o emissor entrega o cheque no valor total do débito.

Quem recebe o cheque pode depositá-lo em sua conta ou sacar o dinheiro na agência de quem o emitiu.

Cartão de débito

Existem duas maneiras de pagar à vista com o cartão. Com o cartão de débito em conta não existe a possibilidade de dividir o valor em parcelas. Além disso, o valor passado sai diretamente da conta corrente do comprador.

Por isso, no pagamento à vista com cartão de débito o valor é automaticamente retirado da conta corrente do comprador. Ao mesmo tempo, essa quantia é enviada para a loja ou pessoa física.

Cartão de crédito

Outra maneira de pagar com o cartão, mas não muito indicada, é o pagamento à vista com o cartão de crédito. Mas, é importante lembrar das tarifas de cartão, pois, elas podem impactar o seu orçamento de forma inesperada.

Nela, existe o intermédio das operadoras de cartão entre o cliente e o vendedor. Entretanto, esse intermédio inclui taxas que muitas vezes são repassadas ao cliente de forma ilegal.

Não é difícil achar lojas que pratiquem o valor diferenciado, ou melhor, aumentado, para compras com o cartão de crédito. Seja à vista ou a prazo, esse repasse não deve ocorrer.

Por já existir a taxa de anuidade do cartão de crédito, não deve ser responsabilidade do cliente cobrir as taxas da operadora.

Ao pagar à vista com o cartão de crédito, o valor total é direcionado tanto para a fatura do cartão, quanto para a conta do vendedor. Entretanto, o pagamento só é realizado pelo comprador na data de pagamento do cartão.

Pagamento à vista ou a prazo?

Para quem não pode desembolsar o valor total de um produto, mas precisa dele com urgência, o pagamento parcelado pode ser uma boa opção. No entanto, é preciso planejar o valor das parcelas futuras para que elas caibam (de verdade) no seu orçamento.

Ao comprar um produto à vista, a preocupação com seu pagamento não existe posteriormente.

Portanto, cabe a cada um entender suas (reais) necessidades de compra e se planejar para qualquer forma de pagamento.

Vantagens do pagamento à vista

Para quem decide fazer um pagamento à vista, existem diversas vantagens de curto e longo prazo:

  • Controle financeiro;
  • Obtenção de descontos;
  • Controle de impulsividade;
  • Limite de gastos diário.

Desvantagens do pagamento à vista

Pagar à vista pode nem sempre ser a melhor opção se antes de compra você perceber que não irá sobrar nenhum dinheiro na conta. Caso não exista a possibilidade de sobra de dinheiro para custos diários, talvez seja melhor repensar na forma de pagamento.

  • Guardar dinheiro por muito tempo até alcançar o valor do produto;
  • Possível uso de grande parte do orçamento mensal;
  • Quando os juros estão embutidos no preço;
  • Impossibilidade de acumular milhas.

Vale a pena pagar à vista?

Para saber se vale a pena fazer um pagamento à vista, é preciso entender sua condição financeira naquele momento. Com isso, é possível achar a forma mais adequada e saudável financeiramente falando.

Para quem sabe seus objetivos de curto ou longo prazo, fica mais fácil fazer essa decisão na hora da compra.

Por isso, antes de fazer um pagamento à vista ou a prazo, analise seus desejos e prioridades, e assim, opte pelo mais adequado.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos