Como utilizar a persuasão em vendas?

persuasao 1

Aumentar o volume de vendas não está relacionado apenas ao conhecimento geral que determinado público tem sobre um produto ou serviço. Além disso, as habilidades de comunicação são etapas essenciais para potencializar o crescimento de ganhos, uma dessas capacidades é a persuasão.

persuasão pode ser utilizada tanto na apresentação de algo que se deseja inserir na experiência pública, quanto na finalização de uma transação.

Por isso, essa é uma técnica que merece importância por parte de quem deseja empreender e ter maiores lucros nas finanças.

Qual é o significado de persuasão?

A persuasão é uma das incontáveis habilidades de comunicação que podem ser inseridas em qualquer tipo de relação em que se deseja estabelecer uma conexão forte.

Imagine alguém que está concorrendo a uma vaga de emprego e precisa, de alguma forma, se destacar no meio de outras pessoas que também estão concorrendo a vaga e que possuem habilidades distintas para ocuparem aquele cargo.

É normal que nessa situação, muitas das pessoas se sintam inibidas e até se vejam “incapazes” frente a tantos outros concorrentes de qualidade.

Levando a uma reação em cadeira que, para a empresa que está em busca do profissional, sejam visíveis. Por exemplo:

  • Insegurança;
  • Ansiedade;
  • Timidez em excesso;
  • Falta de interação no processo seletivo (em caso de atividades em grupo).

Essas posturas, mesmo que causadas apenas naquele momento, podem acabar com as chances daquele profissional conseguir o cargo.

Em alguns casos, levando o recrutador a pensar que aquela pessoa fechada não tem tanta certeza se quer ocupar aquele espaço.

Ter uma boa oratória, com persuasão, é um ponto crucial para lidar com o medo de se comunicar com outras pessoas. Já que influencia não apenas na postura da fala, mas também na física e agilidade comunitária.

Nessa situação, por exemplo, poderia significar o ganho de uma vaga de emprego.

Para que serve a persuasão?

persuasão e influência pode ser aplicada em toda situação em que se deseje convencer alguém de algo. Não utilizando de recursos desonestos, como, mentir sobre a qualidade de um produto ou serviço.

Mas, utilizando da própria capacidade de vender a importância do fator em questão.

Por exemplo, um empreendedor precisa apresentar o seu serviço e convencer os potenciais compradores de que, mesmo diante de diversas outras opções no mercado, a prestabilidade que ele oferece é a melhor opção.

Dessa forma, além da qualidade do serviço, o empreendedor poderia destacar:

  • Melhor custo/benefício;
  • Assistência para utilização da ferramenta;
  • Flexibilidade de utilização.

No entanto, se mesmo destacando os pontos positivos do serviço, não existisse uma oratória persuasiva, o empreendedor poderia ser visto como alguém desesperado e despreparado para vender.

Inclusive, causando a descrença de que aquele serviço seria realmente válido de aquisição. Ou seja, a situação se tornaria o oposto do que se deseja, simplesmente por despreparo.

Dicas de persuasão para vender mais

Pequenas atitudes no dia a dia podem mudar consideravelmente o resultado das vendas em uma empresa. Algumas delas são:

  1. Começar a comunicação de maneira amistosa;
  2. Se dispor verdadeiramente a ouvir a dor do cliente e compreender como pode ajudá-lo;
  3. Estabelecer a regra da reciprocidade – primeiro “presenteie”, para depois ser “presenteado”;
  4. Utilizar de gatilhos da escassez – faça o consumidor entender que aquela oportunidade é única e deve ser aproveitada imediatamente;
  5. Ser flexível – apresente ideias, mas esteja aberto para negociações.

persuasão deve ser utilizada com consistência. Buscar novos recursos para uma boa comunicação é uma atitude essencial para alcançar potencialidades no próprio negócio. Assine a newsletter e receba conteúdos sobre empreendedorismo, investimentos e educação financeira!

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos