Home Blog PIB: Como o crescimento do PIB afeta seus investimentos?

PIB: Como o crescimento do PIB afeta seus investimentos?

pib2

Quando estamos falando sobre a economia de um país, um dos principais indicadores utilizados é o PIB.

PIB são as iniciais de Produto Interno Bruto, que é um dos principais indicadores econômicos de um país ou região.

O que é o PIB?

O PIB representa a soma em valores monetários de todos os serviços e produtos finais produzidos em determinada região.

Para a definição do PIB, é necessário que seja definido um período a ser utilizado como referência.

Basicamente, através do Produto Interno Bruto, é possível mensurar a atividade econômica de determinada região ou país.

Ao contrário do que muitos pensam, o PIB de um país não mede o seu estoque de riqueza.

Na verdade, este indicador serve para mensurar o fluxo de produção de um país durante um período.

Por isso, o PIB varia periodicamente, já que o fluxo de atividade econômica está sempre mudando.

Quando o Produto Interno Bruto do país cresce em relação a um período anterior, dizemos que houve um crescimento econômico.

O crescimento econômico também pode ser chamado de expansão econômica.

Por outro lado, quando a produção de um país diminui em relação ao período anterior, afirmamos que houve uma recessão econômica ou uma retração do PIB. 

Cálculo do Produto Interno Bruto

pib

Para falar sobre o cálculo do PIB, primeiramente, é importante ressaltar o fato de que só são levados em consideração os serviços e produtos finais.

Imagine uma empresa que fatura R$1 mil com a venda de bolos. Para fazer o bolo, são produzidos R$200 de farinha, R$300 de ovos e R$300 de leite.

Neste exemplo, só os R$1 mil do bolo estariam contribuindo para o PIB do país, já que a farinha, ovos e leite são produtos intermediários para a produção final do bolo.

Existem diferentes formas de calcular o PIB, tanto sobre a ótica da oferta quanto pela da demanda.

Entretanto, o cálculo do PIB mais usado é o da ótica da despesas:

Y = C + I + G + (X-M)

Y = Produto Interno Bruto            

C= Consumo

I= Investimentos

G= Gastos do governo

X= Exportações

M= Importações

(X-M) = Exportações líquidas

Para o cálculo do PIB do Brasil, são usados como base dados de alguns institutos de pesquisa, como o IBGE, FGV e da Receita federal.

Quais análises podem ser feitas a partir do PIB?

Como você deve ter entendido, o PIB é um dos mais importantes da macroeconomia.

Entretanto, você pode ainda ter dúvidas quanto a sua aplicação e capacidade de fornecer informações para uma análise econômica.

Bom, existem algumas análises e implicações que podem ser obtidas através do estudo do produto interno bruto.

Entre as principais formas de estudar o PIB nacional, estão:

  • Acompanhar desempenho ano a ano;
  • Olhar sobre a ótica per capita;
  • Comparar o indicador com outras economias.

Acompanhar desempenho ano a ano

Quando vemos nos noticiários que existe uma expectativa de crescimento econômico, é importante entender que estão se referindo a um aumento no Produto Interno bruto .

A melhor forma de analisar como está evoluindo a atividade econômica de um país é analisando o seu PIB periodicamente.

Isto é muito importante, porque assim é possível estimar que medidas e acontecimentos vêm estimulando o crescimento econômico do país.

O crescimento econômico e, por consequência, a evolução do PIB devem ser o objetivo de qualquer governo.

Existem várias razões para isso:

  • O crescimento econômico é um dos únicos fatores com correlação real ao aumento do padrão de vida da população;
  • Normalmente, a diminuição do desemprego está associada a um crescimento no PIB;
  • Aumento da confiança internacional na economia do país.

Analisar o PIB per capita

O PIB per capita é a mensuração do Produto Interno Bruto em relação ao número de habitantes da região ou país.

Produto Interno Bruto per capita = Produto Interno Bruto / População 

Esse indicador macroeconômico é muito importante para mensurar a riqueza de um país.

Entretanto, é importante destacar que o renda nacional per capita não pode ser utilizado como critério para medir nível de renda média familiar.

Até porque, muitos países apresentam um PIB per capita elevadíssimo, mas a riqueza está altamente concentrada em uma pequena parte da população.

O Brasil, por exemplo, no ano de 2019, possuía um PIB per capita de aproximadamente 9,8 mil dólares, enquanto a renda média domiciliar é aproximadamente R$1,3 mil, de acordo como IBGE.

Comparar com outros países

Um papel fundamental do PIB per capita é possibilitar a comparação do produto nacional entre diferentes países.

Seria minimamente injusto comparar, por exemplo, o PIB do Brasil com o da Argentina, afinal nossa população e extensão territorial são muito maiores do que na Argentina.

Trazendo os valores do produto interno bruto para termos per capita, essa comparação ocorre de forma muito mais proporcional.

É importante destacar que o Produto Interno Bruto, apesar de trazer várias importantes implicações econômicas, não tem correlação com o IDH (índice de desenvolvimento humano).

Por exemplo, a Islândia é um dos países com maior IDH do mundo, e possui um PIB pequeno.

Como o PIB pode impactar seus investimentos?

Como todo bom indicador macroeconômico, o Produto Interno Bruto tem uma série de implicação no mundo dos investimentos.

As expectativas relacionadas ao crescimento do PIB impactam diretamente os resultados dos investimentos, sobretudo os de renda variável.

Imagine que um candidato a presidente que o mercado encara como o melhor para economia sobe nas pesquisas eleitorais.

Você já deve imaginar que a bolsa de valores responde com otimismo a isso.

Por que isso acontece? Normalmente, o candidato preferido do mercado é aquele que vai ajustar as contas públicas, aumentar a eficiência do estado na gestão e, por consequência, aumentar a taxa de crescimento da renda nacional.

Você consegue perceber como uma simples expectativa de crescimento econômico pode impactar seus investimentos?

Agora imagine que esse candidato do mercado foi eleito e conseguiu de fato aumentar a taxa de crescimento do PIB.

Quando o PIB aumenta aceleradamente, as empresas do país estão, no geral, crescendo de forma conjunta.

Logo, inúmeras empresas listadas na bolsa estarão acompanhando a aceleração na taxa de crescimento econômico do país.

E, se você for acionista (sócio) de algumas dessas empresas, também poderá ver seu investimento crescendo junto com a renda nacional.

Portanto, fica claro que crescimentos econômicos são fatores importantíssimos para o investidor, já que esse crescimento pode ser até mesmo justificado pelo aumento de eficiência das empresas nacionais.

Bom, e como você já sabe, o PIB é o principal indicador de crescimento econômico. Logo, para acompanhar e tomar decisões de investimentos, é muito importante está ligado no produto interno bruto e nas expectativas de mercado relacionadas a ele.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *