Home Blog Portabilidade de Crédito: como transferir uma dívida para outro banco?

Portabilidade de Crédito: como transferir uma dívida para outro banco?

portabilidade de credito

A portabilidade de crédito é um tipo de serviço que a maioria dos bancos e instituições financeiras oferecem. Ele pode ser negado em um novo banco, mas o banco de origem nunca pode te negar essa portabilidade, sendo ele o que você já é afiliado.   

portabilidade de crédito funciona como uma espécie de novo empréstimo, que nesse caso será concedido pelo novo banco escolhido. Dessa forma, você está isento de impostos caso o empréstimo seja para quitar apenas a dívida com o banco de origem. 

Mas o que é a portabilidade de crédito?

A portabilidade de crédito é uma forma de transferir o seu contrato de dívidas de um banco para o outro. Esse processo apresenta algumas vantagens, como decréscimo de taxas de juros e isenções de encargos (taxa de manutenção de conta e afins)  

Entenda como funciona a portabilidade de crédito e suas vantagens 

Para entender como funciona a portabilidade de crédito, antes, é preciso descobrir para que ela serve e quais suas vantagens.

Como dito anteriormente, essa modalidade de portabilidade te permite transferir dívidas de um banco ou instituição financeira para outra.  

Com isso, você pode conseguir algumas vantagens, entre elas: 

  • Melhor condição financeira, com taxas de juros mais baixas e atrativas;
  • Diminuição da distância entre o banco e o local que você mora;
  • Mudança na qualidade de atendimento e prestação de serviços. 

Como funciona a portabilidade?

Bom, ela consiste em migrar sua dívida de um lugar para outro, então, você tem que ter em mente o banco novo para o qual você deseja mudar.  

Por conseguinte, é crucial que você veja a disponibilidade desse novo banco em relação ao seu caso, isso porque a instituição escolhida pode te recusar.  

Entretanto, uma vez escolhido e aceito, o banco ao qual você já é afiliado não poderá impedir a migração, sendo obrigado a  auxiliar o cliente em relação à documentação e tramite.  

Contudo, o novo banco deve enviar a proposta para o banco no qual você era cliente. Dessa forma, esse banco de origem pode apresentar uma contraproposta e te fazer uma oferta melhor, então, fique atento(a). 

No caso de o banco de origem não apresentar nenhuma contraproposta, o crédito vai automaticamente para o novo banco 

Os tipos de portabilidade de crédito 

Existe alguns tipos de portabilidade bancária, mas quando o assunto é portabilidade de crédito, algumas modalidades entram em jogo, sendo elas: 

A portabilidade de crédito consignado  

Esse tipo de portabilidade é relacionado à transferência de um crédito em consignação de um banco para o outro.  

O crédito consignado em si, é aquele em que suas parcelas serão debitadas diretamente do seu salário. Logo, os bancos mantém uma taxa de juros mais baixa, uma vez que o retorno desse dinheiro emprestado está assegurado.  

A portabilidade de financiamento  

Esse tipo de portabilidade de financiamento está atrelado a um crédito que o banco te concedeu para compra de bens, sejam eles, imóveis, veículos ou eletrodomésticos.  

Então, essa portabilidade consiste em transferir esse crédito financiado do banco de origem para novo banco.   

Dessa forma, você consegue melhores ofertas e até mesmo isenção de algumas taxas que você pagaria se fosse no banco ao qual você era afiliado.   

portabilidade de dívidas  

Esse tipo de portabilidade de dívidas consiste em quitar suas dívidas com o banco atual e fazer um tipo de novo empréstimo nesse banco para qual você irá migrar.

No entanto, diferente do banco anterior, você terá taxas de juros menores nas parcelas de sua dívida e outros benefícios  

Como fazer a portabilidade de crédito e quais dívidas podem ser transferidas 

O primeiro passo para transferir dívida para outro banco é ter em mãos informações sobre o contrato já firmado com seu banco ou credor atual, seja ele um contrato de empréstimode crédito consignado ou de financiamento 

Entre as informações que você terá que solicitar para migrar de banco estão: 

  • O número do contrato em questão;
  • O seu saldo devedor atualizado; 
  • Um demonstrativo de sua evolução desse saldo demonstrativo da evolução do saldo devedor; 
  • A modalidade de portabilidade de crédito escolhida; 
  • Consequentemente a forma de pagamento utilizada; 
  • Todas as taxas de juros presentes no contrato de forma descriminada;
  • Valor total e a soma dele aos encargos (destaque para o valor dos encargos, pois, você poderá negociá-los), acompanha também, nesse quesito, o valor de cada prestação; 
  • Informe também a data de vencimento da última parcela da operação. 

Vale lembrar que esses requisitos variam de acordo com cada instituição financeira ou banco. Entretanto, com esses documentos, você já irá cobrar uma parcela ou até mesmo todos documentos requisitados. 

Por fim, você deve buscar a portabilidade de crédito sempre que estiver se sentindo lesado em relação às taxas cobradas pelo seu banco. Isso se você não tem condições de quitar suas dívidas ou quer mais comodidade em relação a localização. 

Portanto, utilize a portabilidade crédito a seu favor com educação financeira, pesquise em mais de uma instituição antes de escolher qual irá migrar e sempre negocie melhores condições. Mais conteúdos como esse? Inscreva-se no nosso Whatsapp

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

4 Respostas para “Portabilidade de Crédito: como transferir uma dívida para outro banco?”

  1. Tiago tadeu

    Estou querendo mudar do banco do brasil para a caixa tenho um financiamento imobiliario estou devendo duas parcelas, não gostei do modo que eles trataram durante a pandemia e minha agencia fica em outra cidade, sou autonomo, sera se consigo resolver por telefone sem precisar ir la pedindo eles para me enviarem por email. Me ajuda por favor.

    • Arthur Dantas Lemos

      Fala Tiago, não sei se é possível fazer o processo todo por telefone. Simulações podem até fazer, mas assinar o contrato pode ser difícil em bancos grandes de varejo. Contudo, pode ser possível nos bancos digitais. Vale a tentativa!

        • Arthur Dantas Lemos

          Sim Marcelo, pode fazer portabilidade para bancos digitais que ofereçam essa possibilidade. Precisa verificar se a operação envolve um seguro que proteja você nessa operação. Geralmente o seguro está embutido.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *