Home Blog Primeiro carro: 5 dicas para escolher o ideal!

Primeiro carro: 5 dicas para escolher o ideal!

primeiro carro 2

Ter o primeiro carro é o desejo da maioria das pessoas, mas deve ser adquirido com prudência e baseado em uma boa educação financeira. É fato, com as péssimas condições do transporte público no Brasil, o automóvel consegue oferecer maior conforto e praticidade.

Entretanto, quem quer possuir seu primeiro carro deve entender os custos atrelados a ele, manutenção, consumo e outros. A escolha incorreta pode ocasionar gastos altos e inesperados.

Comprar o primeiro carro é um processo bastante delicado. Como o comprador ainda não possui experiência com outros veículos, ele precisa saber o que analisar para escolher corretamente.

Ao ouvir a pergunta “como comprar meu primeiro carro?” logo pensamos em economizar. Por isso, deve-se saber equilibrar o orçamento com um veículo que seja barato e econômico.

Como escolher o primeiro carro?

Primeiramente, é preciso se planejar financeiramente. Para isso, você deve decidir:

  1. Valor máximo do carro;
  2. Modelo do veículo;
  3. Forma de pagamento;
  4. Valor de entrada.

Essa decisão deve ser feita realisticamente. Não adianta comprar o carro dos sonhos e ultrapassar seu limite financeiro. Esse tipo de decisão baseada no emocional é bastante responsável pelo superendividamento.

Além disso, quanto maior o parcelamento, maior o valor final do carro. Ou seja, no final do pagamento você pode pagar dois carros e usar um que estará valendo metade do preço inicial.

Outra informação importante para a compra do primeiro carro é saber os custos de um automóvel.

IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores)

Essa taxa é cobrada anualmente aos donos de automóveis. A verba é destinada para despesas com saúde e educação. O valor desse imposto varia de 1% a 4% do valor do bem determinado pelo Poder Público. O não pagamento pode ocasionar em multa e até perda do licenciamento.

Estacionamento

Quem vai sair de carro precisará de um local pra estacionar, é claro. Entretanto, essa obrigação acaba aumentando as despesas, já que existem alguns locais que cobram até R$10/hora.

Licenciamento

Pagamento anual para a circulação do automóvel nas ruas. Essa taxa chega em até R$100.

Combustível

Os gastos com combustível variam em torno de R$200. Dependendo do trajeto para o trabalho, consumo do veículo e saídas no final de semana, esse valor pode até aumentar.

Seguro do carro

Uma garantia para o motorista, o preço do seguro varia de acordo com o modelo do automóvel e local de residência do dono.

DPVAT (Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de via Terrestre)

É um seguro obrigatório que deve ser pago junto ao IPVA. O custo é de R$105,65. Ele pode ser resgatado, por exemplo, após uma pessoa sofrer um atropelamento.

Revisão

Não importa se é novo ou usado, a revisão é fundamental para economizar. Ao fazer a revisão de forma correta, é possível prevenir problemas e defeitos inesperados que podem custar caro.

Como escolher o modelo do primeiro carro?

Se você procura dicas para o primeiro carro, deve entender que o carro ideal é aquele que cabe no orçamento. Lembre-se que parcelar o valor pode trazer altos juros para o preço final.

Uma boa base é saber que as dívidas não devem ultrapassar 40% do orçamento. Entre elas, estão o aluguel, mensalidades e, é claro, a parcela do carro.

Para escolher o modelo de carro econômico, analise:

  • O consumo de combustível;
  • Valor do seguro do modelo;
  • Preço médio da manutenção e das peças;
  • Tempo de garantia (se novo);
  • Histórico do veículo.

Caso escolha um seminovo, não esqueça de conferir se a documentação está correta e se o carro não possui multas.

Assim, ao comprar seu primeiro carro, você conseguirá fazer uma escolha racional, baseada nas suas reais necessidades. Esse tipo de atitude te proporcionará maior conforto sem que isso prejudique sua vida financeira. Deseja mais conteúdo? Acompanhe a carta do fundador com insights diários!

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *