Home Blog Primeiro emprego: como ser contratado mesmo sem ter experiência?

Primeiro emprego: como ser contratado mesmo sem ter experiência?

primeiro emprego

O primeiro emprego é uma ótima oportunidade de ganhar experiência e maturidade profissional. Além de colocar em prática a educação financeira.

Entretanto, muitos jovens desejam ingressar no mercado conseguindo seu primeiro emprego, mas não fazem ideia de como ser contratados.

6 dicas de como conseguir o primeiro emprego

primeiro-emprego-2

O primeiro emprego, muitas vezes, é na verdade a primeira experiência profissional. Esse é um momento determinante na vida da pessoa, já que ela agora passa a receber uma renda de um terceiro por seu trabalho.

Entretanto, até consegui-lo, é necessário a busca por desenvolvimento e, claro, estar atento a algumas dicas que podem ajudar a conseguir o primeiro trabalho.

Determinar área de atuação

É normal que na busca pelo primeiro emprego você ainda não esteja certo de qual caminho exato seguir.

Entretanto, de acordo com sua formação e com as coisas que você gosta, você pode definir que tipo de trabalhos você teria curiosidade de tentar, e quais você não quer de forma nenhuma.

Assim, você consegue reduzir o número de opções, e ficar mais próximo de algo que seja sua cara.

Distribuir currículos

Esteja atento às oportunidades que estão aparecendo. Portanto, acompanhe páginas de divulgação de emprego, procure nas notícias, jornais e esteja presente no LinkedIn.

Dessa forma, você vai conseguir ver quais empresas das áreas que escolheu estão buscando pessoas novas. E, assim, distribuir currículo para o máximo de empresas possíveis.

Isso vai aumentar a chance de selecionarem seu currículo e chamá-lo para uma próxima fase da contratação.

Além disso, é importante uma nutrição e melhora do LinkedIn, que é uma rede social que pode te conectar com as pessoas que já trabalham nas empresas que você gosta.

Fazer um bom currículo

Cada empresa tem sua necessidade e cultura, então, é recomendado que você pense nos pontos que a empresa mais valoriza, e destaque-os no seu currículo.

Todavia, se você não tem experiências profissionais prévias, pode parecer difícil de fazer um currículo consistente.

Experiências profissionais não são o único ponto que pode chamar atenção no currículo. Existem outros que você pode colocar, e deixar o seu currículo muito bom.

  • Ferramentas que você domina.  Por exemplo: Photoshop, Pacote Office, Excel, etc;
  • Idiomas que você sabe falar. Descrever o grau de familiaridade com a língua;
  • Trabalhos voluntários;
  • Fazer um currículo objetivo;
  • Formações acadêmicas e cursos relevantes;
  • Experiências internacionais.

Buscar qualificação profissional

Inevitavelmente, quem tiver mais qualificações profissionais, sempre vai ser mais valorizado.

Portanto, além da graduação, procurar pós-graduação, mestrado, especialização e doutorado, pode valorizar seu poder profissional e facilitar conseguir seu primeiro emprego.

Além disso, estudar em níveis de educação mais altos, pode te fazer conhecer pessoas com bom nível de qualificação profissional, e isso sempre é muito válido.

Se portar adequadamente na entrevista de emprego

Na hora da entrevista, a maneira que você se comporta é determinante. Com certeza, mesmo sem experiências profissionais prévias, se você estiver atento a alguns pontos, irá se destacar na seleção de emprego.

  • Estude a empresa e a vaga que você está se candidatando;
  • Treine como contar sua história de uma maneira objetiva;
  • Mantenha o foco total na hora da entrevista;
  • Se posicione quando requisitado, e pergunte quando necessário;
  • Cuidado com o que você vai estar demonstrando a partir da sua linguagem corporal.

Procurar estágios e programas de trainee

Se você ainda está estudando ou é recém formado, e já tem certa preocupação quanto ao seu primeiro emprego, procurar estágio e programa de trainee pode ser uma ótima solução.

Os estágios são essenciais para quem quer desde cedo se inserir no mercado de trabalho. E, para os estudantes, eles apresentam vantagens, já que na maioria das vezes a carga horária é reduzida.

Para os recém formados e alguns estudantes, os programas de trainee são um ótimo negócio. Empresas grandes disponibilizam essa modalidade de contratação em busca de jovens talentos, que possam se desenvolver dentro da empresa e ocupar cargos relevantes.

Além dessas duas opções, ainda existe o jovem aprendiz. Algumas grandes empresas oferecem programas de aprendizagem, em que a pessoa aprende teoricamente fazendo cursos preparatórios e, dentro da empresa, aprende na prática.

Esse programa é assegurado pela lei do jovem aprendiz, que tem por objetivo facilitar o ingresso dos jovens ao mercado de trabalho.

Portanto, existem vários meios para que o primeiro emprego seja conquistado. Cabe ao jovem buscar qual caminho faz mais sentido para ele, e assim, dedicar-se a chegar onde almeja.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *