Home Blog O que é um profissional liberal? Vale a pena?

O que é um profissional liberal? Vale a pena?

profissional liberal

Muita gente fica em dúvida quando se fala no termo profissional liberal. Aliás, é comum a confundi-lo com o profissional autônomo, que presta serviços por conta própria.

Entre as características de um profissional liberal de sucesso, estão a busca pela excelência técnica e ter conhecimentos de gestão.

O que é um profissional liberal?

profissional-liberal-2

Segundo o conceito de profissional liberal, ele é o profissional que, obrigatoriamente, possui formação técnica ou universitária em sua área de atuação. Além disso, ele tem liberdade para exercer sua função para uma empresa ou por conta própria, como autônomo.

O trabalho de um profissional liberal autônomo necessita de fortes características empreendedoras, já que ele é completamente responsável pelo serviço ou produto que entrega.

É comum, nesse caso, disponibilidade para trabalho home office e outras práticas flexíveis.

Qual a diferença entre profissional liberal e autônomo?

Existem diversas formas de empreender e trabalhar por conta própria. Entretanto, algumas características diferenciam essas categorias e podem se adequar a vários tipos de pessoas.

Profissional autônomo

Não possui vínculo com alguma empresa. Além disso, desempenha suas atividades sem nenhum tipo de qualificação profissional ou formação.

Profissional liberal

Mesmo possuindo a liberdade de trabalhar ou não para alguma empresa, precisa de alguma formação técnica ou universitária na área em que atua.

Tipos de profissionais liberais

Existem diversas áreas de atuação consideradas liberais. Alguns exemplos de profissionais liberais que possuem a liberdade de atuar por conta própria são:

  • Jornalistas;
  • Advogados;
  • Músicos;
  • Psicólogos;
  • Nutricionistas;
  • Médicos.

Os desafios para ser um profissional liberal

O profissional pode prestar serviços a uma empresa, e ainda assim, possuir liberdade de trabalhar como autônomo. Todavia, trabalhar por conta própria envolve estar responsável diariamente pelo seu sucesso.

Dessa forma, esse tipo de profissional precisa ter habilidades de gestão para lidar com a grande instabilidade de renda, além de estar sempre buscando qualificação do seu serviço.

Assim, ele pode desenvolver a capacidade de aumentar seus lucros e obter ainda mais renda do que se estivesse limitado a uma remuneração fixa.

Uma forma não tradicional usada pelos profissionais liberais para divulgarem seus trabalhos é o uso de sites e das redes sociais. Com isso, conseguem visibilidade para alcançar novos clientes e aumentar sua renda.

Entre as vantagens de ser um profissional liberal, estão:

  • Liberdade criativa;
  • Flexibilidade de horários;
  • Trabalhar de onde quiser;
  • Atuar na área de preferência.

Entre as desvantagens de ser um profissional liberal, estão:

  • Ganhos variáveis;
  • Ser completamente responsável pelo serviço;
  • Trabalhar ao mesmo tempo nas vendas e no administrativo;
  • Impostos não divididos.

Tributação do profissional autônomo

O trabalho vinculado a uma empresa possui a vantagem de os tributos serem divididos entre o contratante e o funcionário. Já para quem trabalha por conta própria, é necessário arcar com os custos sozinho.

Existem diversas dúvidas acerca do trabalho do profissional liberal:

O profissional liberal possui CNPJ?

Sim. Enquanto o autônomo, necessita apenas do registro municipal e inscrição na previdência social, já o trabalhador liberal, pode se tornar empresa.

Entretanto, agora emitindo nota fiscal com CNPJ, os impostos pagos acabam sendo maiores. Dessa forma, é necessário bastante organização e planejamento para que seus rendimentos sejam maiores que os pagamentos de funcionários e impostos.

O profissional liberal paga INSS?

Obrigatoriamente. Todo profissional que exerce atividade remunerada, mesmo sem registro na Carteira de Trabalho (CTPS) precisa contribuir para a Previdência, assim garantindo os benefícios e serviços do órgão nacional.

O valor da contribuição é efetuado pelo próprio profissional quando ele exerce alguma atividade para uma pessoa física. Já quando fornece serviços à empresas, a contribuição é retirada e recolhida pela própria empresa com alíquota de 11%.

Vale a pena trabalhar como profissional autônomo?

Existem diversas formas de trabalhar sem vínculo empregatício. Entretanto, com a liberdade, vêm as responsabilidades.

Portanto, cabe a cada um analisar as condições e necessidades de serviços na sua área de especialidade e perceber se possui as competências necessárias para atuar por conta própria.

Características empreendedoras são determinantes quando se trabalha como um profissional liberal. Por isso, é importante estar atento às necessidades do mercado e oportunidades. Acompanhe a nossa carta do fundador com conteúdos diários e insights!

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *