Home Blog Associação de proteção veicular: vale a pena entrar em uma?

Associação de proteção veicular: vale a pena entrar em uma?

protecao veicular 2

Se envolver em um acidente, sofrer furtos ou ter peças quebradas, são problemas comuns que podem pesar na sua renda. Por isso, a prática de assegurar veículos é muito comum. Inclusive se você não tem muita renda disponível, existe a proteção veicular ou cooperativa de seguro.   

proteção veicular funciona através de uma empresa que atua como uma associação de pessoas em prol da proteção de seus veículos. Diferente de um seguro, quando algo acontece com seu carro, o custo não é coberto pela seguradora, mas sim, pelos membros da associação. 

Mas o que é a proteção veicular?

A proteção veicular é uma forma de proteger o seu veículo por custo menores que um seguro comum. 

Ela é formado uma associação de pessoas com o propósito de cuidar dos seus veículos e repartir os valores das dívidas caso aconteça algum acidente ou eventualidade.  

Entenda como funciona a proteção veicular

Para entender como funciona a proteção veicular, tenha em mente que ela atua justamente como uma associação de proteção veicular.

Ou seja, pessoas unidas com a intenção de proteger seus veículos contra furtos, danos e afins.  

Em alguns casos a nomenclatura varia, mas no geral, as empresas que prestam esse serviço de conexão entre pessoas e proteção ao veículo são chamadas de: 

  • Cooperativas de proteção veicular; 
  • Associações de seguros;
  • Cooperativas de seguros;
  • Associação de proteção veicular.

Apesar de conter “seguros” no nome, esse tipo de empresa não vende apólices e seguros propriamente ditos. Por lei, eles são proibidos de vender qualquer tipo de seguro oficial.  

Nesse caso, apenas uma seguradora oficial com autorização da Superintendência de Seguros Privados (Suseppode comercializar seguros.  

A proteção veicular funciona como um fundo coletivo que é administrado por uma empresa. 

Nesse caso, geralmente é cobrada  uma taxa de adesão e uma de administração. Na ocorrência de um sinistro (acidente ou eventualidade), as pessoas associadas dividem entre si os custos.  

Compreenda a diferença entre proteção veicular e seguro

principal diferença entre proteção veicular e seguro para além de preço e asseguração, é a sua composição 

O nível organizacional de uma seguradora tende a ser mais complexo, com mais agentes.

Consequentemente, ela tende a ser mais caro e mais burocrático. Em contrapartida, apresenta um nível de segurança maior 

Já em uma associação de proteção veicular, existe menos burocracia na medida em que são necessários menos processos para conseguir o reparo ou compensação.   

Contudonas cooperativas de seguros, também são apresentados alguns riscos a depender de como se organiza e se constitui o conjunto. 

Entretanto, para além dessas questões, a proteção veicular tende a apresentar quase os mesmos tipos de cobertura que um seguro comum.  

Então, a princípio, essa diferença no seu bolso pode ser mais ou menos vantajosa de acordo com seu caso 

As vantagens da proteção veicular

Entre as vantagens da proteção veicular, podemos citar:  

  • Apresenta menores custos e preços mais acessíveis: ideal para você que tem limitações na renda ou apenas não tem condições de despender muito gasto para assegurar seu veículo; 
  • Cobre as mesmas funções que uma seguradora ou um seguro normal: ela pode ser o suficiente para proteger o seu veículo;
  • Mais facilidade e menos burocracia para contratar o serviço de proteção veicular.

No entanto, não deixe de buscar a transparência dessa cooperativa e analisar se a sua base de associados é sólida  

As desvantagens da proteção veicular

Agora em se falando das desvantagens da proteção veicular, temos o seguinte: 

Cooperativas de proteção veicular geralmente não apresentam apólices de seguro para si mesmas, ou seja, elas sobrevivem das mensalidades.

Em caso de falência, você pode sair prejudicado. Por isso, busque associações mais sólidas 

Em caso de acidentes de grande magnitude, algo que afete mais de uma pessoa dentro da associação.

Existe a possibilidade de um prejuízo generalizado, ou seja, uma alta demanda de cobranças para os membros devido aos reparos e compensações. 

Uma associação de proteção veicular pode representar responsabilidades maiores, uma vez que o associado não é um simples cliente. 

Portanto, ele está conectado com os outros participantes e é responsável por eles também, assim como eles também são de você. 

Os cuidados ao buscar a proteção veicular

Na hora de contratar uma proteção veicular, é importante tomar alguns cuidados, entre eles: 

  • Leia atentamente ao contrato antes de assiná-lo: essa dica é muito importante, pois evita surpresas desagradáveis futuramente. Fique atento a todas as cláusulas do contrato e questione caso não entenda ou não concorde com algo. 
  • Cheque a reputação da cooperativa: utilize ferramentas como o Reclame Aqui, o Procon e a Proteste para consultar se há reclamações e se os cooperados estão satisfeitos ou não com os serviços. Se possível converse com algum cooperado e tire todas as dúvidas que tiver. 
  • História da cooperativa: é válido também verificar há quanto tempo a cooperativa existe e entender como surgiu. Isso ajuda a entender o histórico da associação e a saber quantas pessoas são cooperadas. 
  • Procure saber a quantidade de sócios: saber quantos cooperados acumulam as responsabilidades dos veículos é importante para calcular quanto a cooperativa terá em caixa mensalmente. O ideal é que tenham pelo menos 500, já que a regularidade do pagamento dos cooperados serve para a reserva de recursos das associações.
  • Identifique os procedimentos: é essencial identificar o procedimento para quando você precisar utilizar os serviços da cooperativa, ou seja, em casos de sinistro. Você pode descobrir isso conversando com o responsável na cooperativa ou com quem já teve que passar por essa situação. 

Para decidir como assegurar seus bens em geral, é necessário ter educação financeira e estudar todas as possibilidades.

Por fim, vale lembrar que os itens assegurados variam ou são distintos de cooperativa para cooperativa de proteção veicular. Então, quando estiver buscando uma forma de assegurar seu carro, escolha de acordo com seu perfil e necessidade. Mais conteúdos? Inscreva-se no nosso Whatsapp

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *