Quebra de acordo: o que acontece ao não pagar uma dívida renegociada?

quebra de acordo 1

Apesar de ser uma prática não recomendada, o atraso do pagamento de dívida renegociada e a quebra de acordo é algo mais comum do que se imagina. No entanto, essa ação pode trazer consequências tão prejudiciais quanto estar endividado.

Uma quebra de acordo vai exigir um esforço dobrado do devedor para cumprir com o que foi renegociado. Por isso, para evitar esse tipo de problema, existem algumas atitudes que as pessoas inadimplentes precisam tomar.

O que é a quebra de acordo de dívida?


Quebrar um acordo de dívida renegociada faz com que o devedor perca as vantagens da renegociação, podendo se tornar ainda mais complicado efetuar o pagamento do débito em aberto.

Fazer a liquidação da dívida sem entrar em uma quebra de acordo é possível. Mas quando não é feita e ocorre o descumprimento de acordo, o credor pode retomar os termos do contrato anterior ao da renegociação.

Além disso, a quebra de acordo pode acarretar os seguintes problemas:

  • O devedor pode ter o nome reinserido no cadastro de inadimplentes;
  • O devedor pode perder a negociação com abatimento de juros e multas;
  • O devedor pode enfrentar dificuldades para conseguir outra renegociação com melhores condições.

Ou seja, não pagar dívida com acordo de pagamento pode trazer problemas por devedor, porque o credor pode o levar à inadimplência para as próximas negociações.

Além disso, pelo fato de ter ocorrido a quebra de acordo de dívida, existe a crença de que a nova renegociação também não seja cumprida.

6 dicas para pagar dívidas em dia

quebra-de-acordo

Para evitar quebra de acordo e ter que enfrentar maiores problemas de renegociação do débito, o devedor pode tomar algumas atitudes. Algumas delas são:

1. Planejamento financeiro

Ao assumir o pagamento de uma dívida em atraso, é preciso ter planejamento. A partir da data estipulada no novo contrato será necessário desembolsar um valor referente a quitação do débito.

Ou seja, é preciso que haja organização financeira para que o devedor seja capaz de assumir aquela dívida sem ficar em uma situação em que o bem estar econômico é prejudicado.

2. Negociar a dívida

A proposta de negociação de dívida não é exclusiva ao credor. O devedor também pode sugerir uma renegociação para efetuar o pagamento do débito em aberto. No entanto, é preciso ter cautela para assumir só o que pode pagar.

3. Parcelas que cabem no orçamento

Antes de renegociar a dívida, o devedor precisa fazer um mapeamento dos seus gastos para saber se as parcelas oferecidas cabem no orçamento. Dessa forma, o devedor pode assumir o pagamento do débito com tranquilidade.

4. Empréstimo com juros menores

Em alguns casos que não há uma renegociação sem os juros e multas, pode ser mais viável para o devedor adquirir um empréstimo que possua juros menores. Dessa forma, o valor total pago será menor do que a dívida inicial.

Mas é preciso estar atento antes de aderir a um empréstimo, as parcelas e a data de pagamento também precisam estar dentro do orçamento e passíveis de quitação. Caso contrário, se torna apenas uma inadimplência  a mais.

5. Não esquecer das datas de vencimento

O credor pode entender o atraso da data de vencimento como quebra de contrato. Por isso, o devedor precisa estar atento às datas limite para o pagamento da dívida. Caso contrário, pode enfrentar novos termos para a quitação do débito.

6. Não contrair novas dívidas

Para não enfrentar uma nova quebra de acordo no presente ou no futuro antes, durante e depois do processo de quitação de dívida, o ideal é não contrair novos débitos. Isso evita que sequer o problema tenha algum motivo para existir, além de ser muito melhor para a educação financeira das pessoas.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

135 respostas

  1. Sabe dizer se é legal esse lance de que quando se quebra o acordo, a dívida volta ao saldo original? isso é legal? não deveria amortizar num novo acordo?

    Por exemplo imagina um cara negocia 24X de 1.000 reais. 12 meses depois ele não consegue mais pagar e quebra o acordo. Os 12.000 reais que ele já pagou simplesmente se perdem? é legal isso? o banco pode voltar a cobrar os 24.000 novamente? e simplesmente ficar com os 12.000 já pagos?

    Grato!

    1. Quando você deixa de pagar o que foi combinado na renegociação, você volta a ficar inadimplente, agora em relação ao contrato mais recente.

      Por isso, as multas, juros e outros encargos voltam a incidir sobre o valor que você devia. Porém, não deveria retornar ao valor original da dívida, mas sim, o valor que estava em aberto ainda, você inclusive pode tentar uma renegociação de dívida, basta entrar em contato com o banco!

    2. Fiz uma acordo em 15 parcelas.
      Paguei 13 em dia.
      Na 14º esqueci, na 15º que e hoje.
      Iria pagar as duas. O acordo foi cancelado. Faltando apenas duas.
      O que posso fazer?

    1. Tudo certo, Joseb?
      O pagamento após o vencimento pode ser entendido como quebra de contrato, recomendo que você entre em contato com o credor para verificar como ficou a situação e evitar enfrentar novamente o processo para a quitação do débito.

  2. Olá, a empresa pode quebrar o acordo com parcela paga com atraso? Porque renegocie com a Casas Bahia via Serasa. Era um negociação acessível para minha situação financeira, 12x 65 reais, contudo paguei a primeira parcela com atraso de 3 dias. Fiquei consultando no site do Serasa e só constava que estava aberta, mas não me preocupei. Quando foi para pagar a segunda, a mesma não estava disponível ainda.
    Enviei e-mail pro Serasa e a resposta foi que a Casas Bahia tirou o meu cadastro do Banco de dados do Serasa e que preciso entrar em contato com Casas Bahia pra saber da parcela paga e fazer outro renegociação.

    1. Tudo certo, Angélica?
      Sim, quando o pagamento é realizado após o vencimento, a instituição pode tratar como uma quebra de contrato. Recomendo que você verifique como ficou a situação com a empresa.

    1. Tudo certo, Mariana? Então, se o acordo pressupõe a manutenção do cartão e está sendo pago corretamente, não haveria razão para não efetuar a compra. A menos que o acordo pressuponha extinção do crédito.

  3. Fiz um acordo com a natura de debitos existentes desde abril de 2020 devido a pandemia.
    No total 3 boletos de 291,00 isentos de juros e multas, paguei a primeira parcela 07/08 no valor de 291,77 a segunda parcela que deveria ser paga ontem no dia 08/09 so posso paga hoje 09/09, só que para minha surpresa a natura esta me cobrando em um boleto de 291,00 o valor de 384,00 informando que o juros não conta um dia de atraso, mais sim os dias desde abril. Se eu fiz um novo acordo, meu atraso não conta apartir deste boleto novo? E isso não me foi passado quando aceitei o acordo, posso ir a justiça?

    1. Tudo certo, Brenda?
      O acordo pressuposto pela instituição deve ser seguido à risca para que possa evitar juros e multa, especialmente em relação ao dia de pagamento da fatura renegociada. No entanto, você pode alegar juros abusivos, visto que só houve um dia de atraso e solicitar contato com a empresa para que possa ser cobrado juros de forma correta. Neste caso, vale a pena tentar negociar e argumentar junto ao financeiro da empresa, solicitando um boleto ajustado, antes de levar à questões judiciais.

  4. Olá, eu tinha uma dívida com o Itaú, mas foi vendida pra recovery,fiz uma renegociação e quebrei o contrato por desemprego.
    A recovery voltou a colocar meu nome na Serasa mas com nova data,sendo que o contrato original prescreveu.isso está certo?

    1. Então, Reginaldo! A dívida prescrever não pressupõe que ela deixa de existir. Apenas mudam as providências tomadas. Seu cadastro permanece negativo para os próximos créditos. Quanto ao Serasa, é possível que ao repassar a dívida, tenha sido postergada a data de prescrição. Vale verificar junto às instituições responsáveis.

  5. Boa noite! No meu caso, foi muito parecido, tinha uma dívida com o Itau, de 08/2015, só que tentaram fazer acordos comigo e não foi possível pela situação que passava no momento, hoje dia 24/09 fui consultar e consta lá que a dívida é de 2019. O que fazer? Pq era pra prescrever em 07/2020. Grato

    1. Eduardo, verifique junto ao banco se não houve nenhum acordo firmado como um reescalonamento. Visto que a data que deve constar é a data da dívida original que prescreve em 5 anos, mas não deixa de existir, podendo ser cobrada de forma extrajudicial. Verifique ainda se não houve uma substituição dessa dívida por um novo contrato criado em 2019.

  6. Olá, tinha uma dívida no meu nome da credsystem no valor de 56 reais que atrasou Devido a pandemia em junho ligaram para minha mãe para fazer um acordo com o vencimento no dia 10 no entanto ela esqueceu e no dia 11 eles retornaram informando que podia ser pago no dia 11 que só teria o juros de atraso que era 2 reais ela pagou porém ainda existe uma dívida no meu nome

    1. Tudo certo, Wesley?
      Se o acordo foi quitado, não deveria constar nada em seu nome. A menos que seja cobrança relativa a uma outra dívida. Sugiro que você verifique junto ao banco para evitar juros.

  7. Me tira uma dúvida por favor. Se eu fizer um acordo de uma dívida que está no Serasa faz 3 anos, e eu quebrar esse acordo, a dívida volta para o Serasa certo, mas ela volta com a mesma data original da dívida, data de 3 anos ou ela renova a data e recomeça a contagem do tempo da dívida do zero.

  8. Boa tarde eu sofri um acidente de trânsito e fiz um acordo extrajudicial com o rapaz que me atropelou e ele marcou a data para afetar o pagamento na minha conta todos os meses até quinta a dívida mais se ele atrasou o dia o que eu posso fazer ele quebrou o acordo?

  9. Acordei c B brasil 48 parcelas , paguei 46 e as duas últimas com a greve dos Correios Nao chegou o boleto e acabei não pagando. Agora banco diz q houve quebra de contrato . Como posso proceder.

    1. Tudo certo, José?
      Sim, quando a efetuação do pagamento é realizado após o vencimento, a instituição pode tratar como uma quebra de contrato. Recomendo que você busque verificar como ficou a situação com banco.

  10. Fiz um contrato com a Ipanema, de 5 parcelas, paguei as 4 antes da data de vencimento, sempre bem certo, no entanto ao pagar a última que ainda não venceu, apareceu “acordo quebrado por atraso, mas como disse EU NUNCA ATRASEI. Já entrei em contato tanto com o SERASA quanto com a Ipanema e ambas dizem que devo entrar em contato uma com a outra e não resolvem. O que faço?

    1. Ilana, recomendo que você entre em contato com o PROCON, com todos os comprovantes de pagamento. Além de procurar um advogado para cuidar do seu caso.

  11. A Multa de 10% por quebra de acordo é valida? ?
    Eu fiz um acordo no final de 2018 c a faculdade (suprimido por fins jurídicos), para retornar os estudos no início de 2019, paguei a matrícula e eles não me matricularam.
    Quebrei o acordo por conta disso, e agora eles querem me cobrar uma multa de 10% por conta da quebra do acordo.
    A multa não deveria entrar como encargos?
    Pq além de juros e multas que na tera, estão me cobrando em um boleto avulso essa multa.
    Que não foi informada no ato da negociação.

    1. Caroline, tudo certo?
      Então, quando é assinado um contrato, geralmente adiciona-se uma cláusula penal. Assim, são declaradas as punições que devem ser aplicadas caso o contrato seja violado. Por isso, se existir uma cláusula de multa no contrato, poderá ser aplicada. Lembrando que a multa não pode ser superior a 10% do valor que foi contratado.

  12. Tinha uma dívida de cartão na Caixa (2012) que foi repassada pra Ativos, segundo eles, desde 2015. Recebi a proposta de parcelar a dívida original pela Ativos e, ontem, me ligaram cobrando também uma renegociação (quebrei o contrato por não conseguir pagar anos atrás) que vem desta dívida do cartão que faltam 02 parcelas pra terminar de pagar. Afinal, se estou pagando a dívida do cartão tenho que pagar a renegociação também? Me ajudem por favor!

    1. Tatiana, recomendo que você entre em contato com o banco para entender o acordo. Mas, é possível que solicitem o pagamento do valor que estava em aberto ainda.

  13. Fiz um acordo com o Itaú de um cartão de credito . 20 x 2,900 +-. Na 7 parcela que venceu 09/10 efetuei o pagamento dia 14/10 e ao chegar a parcela do mês 11 veio o valor de 36,900 ( ou seja deu quebra de acordo). não tenho condições de pagar esse valor e nem negociar e pagar mais juros . O que eu faço?

    1. Gisele, quando o combinado na renegociação não é pago, você retorna para a inadimplência, em relação ao contrato mais recente. Dessa forma, os juros, multas e encargos incidem sobre o valor que você devia. Entretanto, não deve retornar ao valor original da dívida.
      Recomendo que você entre em contato com o banco e tente renegociar a dívida.

  14. Boa tarde
    Minha dívida é de 2015
    Em 2018 fiz um acordo o qual não consegui quitar
    Pergunta:
    Para “caducar” o Serasa e SPC consideram qual data
    De 2015 ou 2018 ?

    Ou seja 5 anos era pra ter caducado
    Agora se for pelo acordo de 2018 ainda não . Qual resposta a isso por gentileza ?

    1. Maria, geralmente, quando você não paga o que foi combinado na renegociação, você fica inadimplente quanto ao contrato mais recente.

  15. Entrei em contato com varias empresas financeiras,na tentativa de conseguir um empréstimo..A qual todas elas me pediam documentos,após me enviarem um contrato para assinar falaram que logo o dinheiro seria depositado..Porém nao foi o combinado,me pediram uma certa quantia alegando que era pra pagar algo pra aumentarem meu score,(ja que sou negativada)eque o banco tinha retido o valor a qual eu estaria precisando. E que após o pagamento ai sim o dinheiro seria liberado..
    Porém me neguei pagar,até porque já cai em vários golpes.Mas me ameaçaram dizendo que eu teria que pagar uma multa por quebra de contrato.Eles podem realmente fazer isso?até onde sei É ilegal cobrar qualquer valor que seja pra conseguir um emprestimo ainda mais on line!! Por favor me dê uma resposta!! Grata

    1. Tamires, verifique o contrato com cautela para se certificar de que essa cláusula é existente. Não é uma prática confiável depositar algo antes que o valor seja liberado. Evite buscar crédito em instituições que não sejam conhecidas ou credenciadas.

      O trabalho para ampliar o Score bancário pode ser feito antes da tomada de crédito e de algumas outras formas como através da quitação correta de parcelas. Muita cautela para que não caia em golpes. Na dúvida, é melhor renegociar algo em aberto, que antecipar pagamento com riscos de golpes.

  16. Bom dia, fiz um acordo com o Bradesco , o valor da parcela é de 1.200 reais , que vence 30 de novembro , e está vinculado no débito automático , não terei condições de pagar , posso estar cancelando esse desconto, se descontar ficarei sem ter como pagar aluguel e as necessidades de casa, poderei cancelar esse desconto?

    1. Gilson, como é uma situação bem delicada, recomendo que você entre em contato com a instituição para entender como fica sua situação.

    1. Tudo certo, Gilvan?
      Então, apesar do seu nome ter sido “limpado”, a dívida não deixou de existir. Por isso, mesmo após o prazo de cinco anos, você permanece obrigado a cumprir com o pagamento da dívida. Sendo assim, pode vim a acontecer.

  17. Fiz um acordo de renegociação de divida, quando veio a proposta estava divergente, na proposta dizia que efetivação e aceitação do acordo só após o pagamento da primeira parcela, não paguei a primeira, o acordo toma-se sem efeito.

    1. Então Antonio, como é uma questão de divergência de acordo, recomendo que você entre em contato com o banco para entender o que aconteceu.

  18. Fiz um acordo de uma divida que já estava prescrita , se eu não pagar a dívida pode “sujar” meu nome novamente e a empresa responsável pela cobrança pode protestar esse acordo em cartório?

    1. Janaina, quando uma dívida é prescrita ela não deixa de existir. Só são modificadas as providências que serão tomadas, mas seu cadastro permanece negativo. Por isso, recomendo que você verifique junto as instituições responsáveis.

  19. Possou uma dívida que esta em aberto, mas não negativada nós órgãos de proteção ao crédito e que foi adquerida pela empresa ATIVOS S.A onde fui procurado pela mesma e formalizei um acordo em 13 vezes.
    Porém, paguei umas 7 parcelas e depois que iniciou-se a pandemia do coronavirus acabei parando de pagar.
    Por fim, a ATIVOS S.A negativou meu nome no Serasa.
    Gostaria de saber se isso é correto?
    Aguardo e muito obrigado!!

    1. Sim, existe uma dívida é um acordo não quitado. No momento que descumpre o acordo, abre espaço para negativação por parte da empresa.

  20. Quebrar acordo de uma dívida que já presqueveu no Serasa, pode ser colocada novamente ao órgão do Serasa com nova data ?

    1. Fernando, quando é prescrita uma dívida não significa que ela deixa de existir. Seu cadastro mantém-se negativo e apenas mudam as providências a serem tomadas. Portanto, sim! A dívida pode ser cobrada de forma extrajudicial.

  21. Fiz um acordo mas não cumpri com a negociação….
    Eu queria mais opções de pagamento….
    Não paguei nada….
    Meu nome vai pro SPC Serasa?????

    1. Sim, Cleusa! Quando você não paga o que foi combinado, você volta a ficar inadimplente. Entretanto, em relação ao contrato mais recente.

  22. Tenho telefone fixo e internet pela OI, mas quero cancelar esses serviços. Se eu simplesmente deixar de pagar a última fatura ao invés de pedir o cancelamento, o que pode acontecer? Poderá haver uma complicação no meu CPF?

    1. Egon, se você estiver utilizando um serviço de assinatura eles podem continuar cobrando e, nesse caso, você ficara com uma dívida acumulada. Recomendo que você entre em contato com a empresa e solicite o cancelamento.

  23. Boa noite poderia me ajudar ? Fiz um acordo e no boleto diz , após a data de vencimento cobrar juros e multa , eu atrasei dois dias do pagamento eu perco o acordo?

    1. Então, Erika, o pagamento após o vencimento pode ser entendido como quebra de contrato. Por isso, recomendo que você entre em contato com o credor para verificar como ficou a situação.

  24. Eu entrei no feirão Serasa e fiz os acordos, mas deu um problema e não posso pagar. Meu nome volta a ficar sujo? Mas consultas poderá ser visto meu nome?

  25. Olá bom dia! Eu tinha uma dívida no serasa que prescreveu há 13 anos e constava no meu histórico no serasa, inclusive me oferendo um acordo (grupo Ativos). Aceitei o acordo e estava pagando mas por causa da pandemia minha situação complicou e eu estou com 2 prestações atrasadas. A pergunta é: Se eu não pagar o meu nome volta a ficar negativado no serasa? Grata!

  26. Tenho contrato em mãos de uma dívida alta no valor de uma casa com meu ex marido venceu desde agosto ele n cumpriu o acordo n me deu a casa o q tenho q fazer pra receber? E posso mudar o valor cobrando juro?

    1. Rosiani, o acordo que foi pressuposto deveria ter sido seguido à risca. Entretanto, como não foi e ocorreu quebra de acordo, você pode solicitar que sejam aplicados juros e até multas sobre o valor da dívida.

  27. óla

    fiz um acordo com a oi pelo serasa, só que quando liguei ela falou que tinha que pagar dia 21/12, só que quando veio o boleto por e-mail venho para data do dia 17/01/2021, só que irei pagar dia 05/12/2021, só que a oi me ligou e informei que irei pagar dia 05/01, só que a menina disse que foi quebra de acordo ? o que faço realizo o pagamento, pois vence só dia 17/01?

    1. Ellen, só figura uma quebra de contrato quando o pagamento é realizado após o vencimento. Por isso, recomendo que você verifique novamente como ficou a situação do acordo com a empresa.

  28. As pessoas esquecem que a dívida vai continuar, mesmo após a prescrição. Por isso, realmente o melhor a se fazer é renegociar.

  29. Fiz um acordo com uma empresa
    Só que imprimir e paguei o valor pelo Serasa
    Agora a empresa tá querendo que eu pago o boleto se não vou ta com nome sujo de novo e vai ter juros por dia

    Eles podem fazer isso ???

    1. Scarlath, tudo certo?
      Então, se o acordo foi quitado, não deveria constar nada em seu nome e a empresa não deveria fazer isso. No caso, busque se informar se existe alguma cobrança referente a outra dívida. Além do mais, recomendo que você procure um advogado para cuidar do seu caso.

  30. Boa tarde, fiz uma acordo com cartão de credito sendo que pagaria a entrada mais 24 parcelas 162,93 porem na primeira fatura mandaram a fatura com valor a mais eu liguei reclamei e depois de 8 atendentes a ultima deligou na minha cara, como o vencimento e todo o dia 22 e naquele mês foi domingo eu paguei na segunda feira, agora na segunda parcela que paguei no dia 21 ele alegam que eu quebrei o contrato como assim se domingo não e dia útil e nunca soube em nenhum momento que sábado e domingo e dia útil ? me ajude por favor.

    1. Tudo bem, Patricia? Nesse caso, como o acordo não está sendo cumprido, você precisa buscar um advogado especializado na área.

  31. Olá meu nome é Joyce! Eu tenho uma pendência com o Savegnago agora em fevereiro de 2021 a dívida completa 5 anos! Eu negociei em novembro de 2020 já paguei 2 parcelas . Minha dúvida é se eu parar de pagar após fevereiro quando caducar minha dívida meu nome fica restrito novamente ou não! E se ficar fica com a data de quando parei o acordo ou quando sujou a 5 anos atrás!

    1. Joyce, mesmo quando passam os 5 anos e seu nome seja considerado “limpo”, a dívida não deixa de existir. Por isso, a empresa ainda pode realizar cobranças. Quanto a dívida, ela fica relacionada ao acordo mais recente.

  32. Olá boa tarde ,tenho uma dívida com a editora (suprimido por fins jurídicos) ,negociei ,mais não consegui pagar na data ,o que acontece se houver quebra de contrato mais de uma vez ?

    1. De fato, Jaqueline, isso se configura como quebra de contrato. Nessa situação, você vai precisar enfrentar novos termos para a quitação do débito. É importante a participação de um advogado especialista.

  33. Entendi. Então se eu para de pagar daqui 2 mês a dívida prescreve mais continuar como dívida ativa da data que parei de pagar o acordo?

  34. Olá…
    Me tira uma dúvida, por favor eu tenho um contrato do dentista de 1pp reais que venceu e eu não pude pagar, oque vai acontecer se eu não conseguir pagar..
    Será que eu consigo fazer acordo?

  35. Fiz uma renegociação para pagar uma dívida gerada a sete anos à trás , foi gerado um primeiro boleto, mas não pude pagar o valor que nós acordamos ,posso ser processado judicialmente?

    1. Então, Valdeir, quebrar um acordo de dívida renegociada faz com que o devedor perca as vantagens da renegociação, podendo se tornar ainda mais complicado efetuar o pagamento do débito em aberto. De toda forma, você precisa entrar em contato com a instituição em questão para rever a dívida.

    1. Nesse caso, Kate, você terá que entrar em contato com a instituição. É possível que eles entendam a situação, mas, do ponto de vista oficial, o acordo foi quebrado e precisaria ser renegociado.

  36. Boa noite eu comprei uma geladeira e uma máquina de lavar roupa com minha dificuldade paguei a máquina e um pouco da geladeira mas meu esposo começou a ficar doente e tive que fazer vários exames e idas vindas de hospital, moro na roça zona rural eles queriam levar minha geladeira aí fiz um acordo de pagar a as prestações mas o caso do meu marido foi se agravando não pode honra meu comprisso mas não neguei de pagar só pedi um tempo pra eu me erguer então veio a obto minha mãe e em seguida meu marido eu também fui para no hospital várias vezes.agora recebi uma carta do advogado da loja querendo receber as dívida da geladeira mas os honorário dele o que devo fazer nessa situação

    1. Conceição, caso você não tenha chegado em um acordo novo com a empresa e não tenha pago no tempo certo, se configura como quebra de acordo. Você precisa realizar um novo acordo com a empresa.

  37. Boa noite. Negocia uma divida que já estava perto de completar 5 anos (menos de 1 ano), se após completar 5 anos da dívida eu parar de pagar, meu nome vai sair do serasa? Ou só daqui mais 5 anos do novo contrato?

    1. Murilo, mesmo que os 5 anos passem e seu nome fique “limpo”, a dívida não vai deixar de existir. Por isso, se você deixa de pagar o que foi combinado na renegociação, você voltará a ficar inadimplente, só que agora em relação ao contrato mais recente.

  38. Bom noite, fiz um acordo no Serasa um débito do banco Santander a dívida foi parcelada em 12 vezes paguei 9 parcelas em Dezembro pagaria a 10 décima mais fui assaltada e tive complicações tais que não me permitiram prosseguir com o pagamento das 3 últimas parcelas.
    Entrei no site para ver minha situação pois iria gerar um boleto para pagar as parcelas atrasadas e lá constava Encerrado.
    O que faço agora?

    1. Ana Paula, como tinha algumas parcelas pendentes, recomendo que você entre em contato com o credor e explique o que aconteceu buscando verificar como ficou o acordo.

  39. Preciso tirar uma dúvida…
    Estou com uma dívida no Itaú, no valor de 6.000 fiz um acordo e fiz em 6x 1000 paguei 3 parcelas e ficaram faltando 3 parcelas, porém depois de 6 meses depois minha vida que estava em 3.000 foi para 23.000
    Já tinha quebrado o acordo, entrou um valor de 5000 na minha conta e o banco pegou o valor todo e costa como o empréstimo, mais não ouvi nenhum abatimento no valor da minha dívida, tenho como recuperar esse dinheiro, sendo que é o salário do meu marido e eu não tenho outro dinheiro para pagar as contas. Estou desesperada o que eu devo fazer?!

    1. Thaís, quando você deixa de pagar o que estava combinado na renegociação, você volta a ficar inadimplente, agora em relação ao contrato mais recente.
      Dessa forma, multas, juros e outros encargos voltam a incidir sobre o valor que você devia.

      Entretanto, nesse caso, você pode alegar juros abusivos e solicitar contato com a empresa para que possam ser cobrados juros da forma correta.

  40. Bom dia, vendi minha empresa com dívida de capital de giro que o comprador assumiu, mas com essa pandemia atrasaram os pgtos, fizeram renegociação e tb atrasaram as parcelas, agora o bco está me cobrando dizendo que a responsabilidade tb é minha, procede? Pois foi feita a alteração contratual tirando meu CPF e qdo fizeram renegociação digital usaram o CPF do novo sócio. O que fazer?

    1. Veliane, como é uma situação bem específica, recomendo que você procure um advogado para te orientar da melhor forma!

  41. Olá sou Marcos
    Queria saber quando a empresa não de positar seus dias trabalhados e não cumpriu com a parte do acordo eu tinha que receber não primeira parcela do acordo e eles não cumpriu eles tinha que depositar pra 1.334 e 5 vezes mais eles não pagou daí e botei no pal quantos eu pegaria por não receber meus benefícios

    1. Dayse, quando o contrato é assinado, geralmente adiciona-se uma cláusula penal. Assim, são declaradas as punições que devem ser aplicadas caso o acordo seja violado. Por isso, se existir uma cláusula de multa no contrato, poderá ser aplicada.

  42. Eu fiz uma renegiciao com meu cartão de crédito não está conseguindo pagar o valor das faturas porém o limite total de pagamento era de 8 mil quando fiz o acordo com as parcelas que cabiam no meu bolso ficou o valor de 17 mil a ser pago fiz o pagamento da primeira e gostaria de saber se posso cancelar e voltar ao que era ou não tem jeito mais tenho que pagar esse valor mesmo não teria como fazer uma outra renegociação??

    1. Cleonice, é possível que você enfrente dificuldades para conseguir outra renegociação com melhores condições. E isso se dá pelo fato de ter ocorrido a quebra de acordo de dívida, dado que, existe a crença de que a nova renegociação também não seja cumprida.

  43. Olá! É correto o um banco dobrar a dívida original se eu quebrar um acordo ou reescalonamento?
    Eu tinha uma dívida de 30 mil no branco do Brasil. Por conta de uma taxa adicional na conta, no dia não foi paga uma parcela. Eu só percebi duas semanas depois, pois estava viajando, de férias. Eu entrei no app e fiz uma negociação e a dívida simplesmente pulou pra 60 mil. Isso foi em 2017, o empréstimo eu havia feito em 2014. Estou terminando de pagar. Fui ao banco e disseram que não iam me dar me dar extrato ou algum documento que me desse o aval de ir na justiça. Disseram que eu deveria ter recorrido no início e não agora, depois da dívida quase paga. No período que houve esse problema eu estava retomando meu casamento e estava ainda tudo confuso. Eu estava meio depressiva…e não me ative à quantidade de parcelas, só ao valor delas.

    1. Ana, você deveria ter ficado inadimplente referente ao acordo mais recente. Recomendo que você verifique com um advogado o que pode ter acontecido.

  44. Bom dia fiz um acordo paguei uma entrada de 300,00 e mais 2 de 274 ai a última parcela eu fiquei doente não deu pra pagar no dia agora estão me cobrando mais 2x de 208 isso ta certo?

    1. Francelina, quando você não paga o que estava combinado na negociação, você volta a ficar inadimplente. Por isso, podem reincidir multas e juros sobre o valor que você devia.

  45. Bom dia, fiz um empréstimo em uma instituição financeira com o nome de Soluções Empréstimo LTDA, mas não prossegui porque me pediram um adiantamento para a liberação do valor solicitado, agora estão me cobrando uma multa de 20℅ por quebra de contrato, o que devo fazer?

    1. Javier, geralmente, existe uma cláusula penal aplicada quando o contrato é violado. Entretanto, a multa não pode ser superior a 10% do valor que foi contratado. Como você não prosseguiu com a negociação e está sendo cobrado, recomendo que entre em contato com um advogado especializado na área que possa te orientar.

  46. Paguei quase 2 anos de um acordo que fiz com banco por motivo da pandemia eu atrasei uns meses me ligaram cobrando pois poderia te quebra de contrato. Foi feito o devido pagamento e verifiquei que eles retornaram ao valor total do acordo… e certo isso?

    1. Edton, quando ocorre a quebra de contrato, você retorna para a inadimplência, em relação ao contrato mais recente.

  47. Eu peguei empréstimo através do meu cartão de crédito Carrefour, só que nao tenho dinheiro pra pagar, quais são as consequencias? Posso ser processado?

    1. Tudo certo, André?
      A instituição pode recorrer a implantação de multas, proibição de obter um empréstimo no futuro ou solicitar um julgamento com a prisão e venda de bens.

    1. João, caso você tenha clicado em algo assumindo o acordo e, após isso, não conseguir pagar, o credor irá entender como quebra de contrato!

  48. Olá. Tenho 3 dividas com o msm banco. Pagava as 3 em débito automático. Uma dessas dívidas era do limite do banco. Eu renegociei para quitar e TIRAR O LIMITE. Perdi o emprego agora. 2 das 3 dividas tem seguro. Porem elas cairam na conta e como ñ tinha dinheiro lá o saldo ficou negativo. Em contato com o gerente eles disseram que iriam cobrar juros de limite do valor negativado na minha conta. Ñ sei o que faço

    1. Lamento muito pela sua situação, Vinicius! Quando você não paga o que foi combinado na renegociação, você fica inadimplente quanto ao contrato mais recente. Por isso, recomendo que você busque uma nova renegociação com a empresa credora.

  49. tenho uma divida com uma faculdade, fiz um acordo no ano passado, era 10x de 400 paguei 5 parcelas e não consegui pagar o restante, agora eles estão cobrando as 5 parcelas atrasadas, mais a multa mais 6.500 que diz ser o desconto que ganhei quando fiz o acordo. eles podem cobra o desconto que ganhei quando fiz o acordo?

  50. Olá, gostaria de saber se eu fizer um acordo de uma dívida caduca e não pagar meu nome volta a ficar negativado? Sendo que ele já tinha saído do SPC e Serasa???

  51. Fiz um emprestimo de 5 mil reais, pagueo a primeira e a segunda teve um atraso, caiu um dinheio na minha conta e o banco descontou, fui ao banco novamente pq estavam me cobrando,chegando la eles me falaram que houve quebra de contrato, mas como houve quebra se foi descontado o valor da conta? Agora fiz uma nova renegociação, o dinheio que eu ja tinha pago eu consigo receber? A mocw do Banco me diss3 ainda qie o valor que eubpaguri entrou como mera amortozacao

    1. Camila, é preciso realmente entender junto ao Banco a origem de cada valor pago e cada valor devido. Se perceber qualquer cobrança indevida, você poderá fazer uma reclamação formal até mesmo nas ouvidorias da própria Instituição Financeira ou do Banco Central. A compreensão do contrato favorece o consumidor e evita quaisquer problemas e débitos indevidos.

  52. Boa noite .
    Meu padrasto, está com um débito da riachuello , pagou três parcelas de 475,00 ,mas faltando duas não pode quitar o acordo ,porém fez um novo acordo que na final das crianças contas está saindo por 4000,24 ou seja o valor só aumentar oque faze nessa situação?

  53. Boa tarde!
    Tinha uma dívida de 7 mil, dei uma entrada e ficou 6×948 efetuei o pagamento de 3 infelizmente tive um mês péssimo e ñ consegui efetuar o pagamento da quarta parcela e o acordo foi cancelado, gostaria de saber se a divida volta para o valor dos 7 mil ouse vou poder pagar o que ficou restado, que seria 2,844?

    1. Edinalva, quando o valor que foi combinado na renegociação não for pago, você retornará para a inadimplência, em relação ao contrato mais recente. Por isso, pode incidir juros, multas e encargos sobre o valor que estava devendo. Porém, não deve retornar ao valor original da dívida.

  54. Poderia me dizer se quando eu faço uma quebra de contato eu sou obrigada a pagar os boletos que ta em aberto???????

    1. Não, Emilin. Porém, quando você deixa de pagar o que foi acertado na renegociação, você volta a inadimplência, agora em relação ao contrato mais recente.

  55. boa tarde!
    Estava pagando certinho um acordo feito com uma empresa de renegociação de dívida. Neste mês não consegui ter acesso ao boleto 9/12. Entrei em contato com a empresa e me disseram que não trabalham mais com o credor. Gostaria de saber como fica minha situação. Essa dívida volta o valor integral em meu nome? Meu nome volta a ficar sujo? ou a divida foi quitada? … Poderia me ajudar a esclarecer?
    aguardo retorno

    1. Jessica, quando você deixa de pagar o que foi combinado na renegociação, você volta a ficar inadimplente, porém em relação ao contrato mais recente. Por isso, recomendo que você entre em contato com o credor buscando verificar como ficará o acordo.

  56. Bom dia amigão, tira uma dúvida pfv fiz um acordo no Serasa consumidor com o Santander em 24x e faltando 6 parcela acabei esquecendo de paga simplesmente quebraram o acordo e ainda por cima tiraram um valor da minha conta 45% maior q as 6 parcelas juntas isso pode ?

    1. Bruno, quando você deixa de pagar o que foi combinado na renegociação, você volta a ficar inadimplente, agora em relação ao contrato mais recente. Recomendo que você entre em contato com um advogado, ele vai te ajudar a resolver da melhor forma.

  57. Olá, tinha um último boleto de renegociação com o Serasa, o vencimento era no dia 28, mas caiu num domingo. Paguei dia 27, o banco só compensou dia 30. Como fica? O contrato é cancelado? O que posso fazer?

  58. Pode tirar uma duvida pra mim fiz um acordo mas a parcela do acordo vence bem no feriado e nao tem como eu pagar o que posso fazer

    1. Alex, por lei, contas que vencem em feriados ou aos finais de semana podem ser pagas sem multas no primeiro dia útil subsequente ao vencimento.

  59. Olá boa tarde! Vende um carro para um rapaz ele não quis me paga daí fui na defensoria pública chegou promotor entrou em acordo com rapaz para ele me paga com 20 dias esse 20 dias já passou posso cobra juro ou querer receber o que ele tava me devendo?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos