Home Blog SAPR11: saiba tudo sobre as ações da Sanepar!

SAPR11: saiba tudo sobre as ações da Sanepar!

SAPR11

A Companhia de Saneamento do Paraná, ou simplesmente Sanepar (SAPR11) concentra suas atividades na prestação de serviços de saneamento básico, atuando por meio do tratamento de água e esgoto em diversas cidades. 

As ações da Sanepar (SAPR11) fazem parte da bolsa de valores brasileira ou B3 (Brasil, Bolsa e Balcão), podendo ser adquiridas por investidores que observam no setor de água e saneamento, oportunidades futuras de rentabilidade. 

O que é a Sanepar (SAPR11)?

A Sanepar (SAPR11) centraliza suas atividades na cidade do Paraná, sendo responsável por mais de 54 mil quilômetros de tubulações referentes a distribuição de água potável, além de gerir mais de 35 mil quilômetros de rede coletora de esgoto.

A companhia é nacional e pode ser considerada uma das maiores empresas em operação no Paraná. Suas ações são negociadas na B3 (Brasil, Bolsa e Balcão) através da utilização do ticker SAPR11.

Em síntese, a Sanepar age no setor de água e saneamento desde o ano de 1853, mediante a construção do bebedouro em Curitiba. A companhia possui mais de 1.511.205.519 milhões de ações, sendo 79,97% destas em Free Float

Além da Sanepar, outras empresas direcionam seus serviços para o setor de saneamento básico, como a Copasa (CSMG3) e a Sabesp (SBSP3).

  1. Copasa: a Companhia de Saneamento de Minas Gerais ou Copasa, atua como sociedade de economia mista brasileira, possuindo sede em Belo Horizonte. Além de ser responsável pela prestação de serviços relacionadas ao saneamento básico, em grande parte do estado mineiro. 
  2. Sabesp: a empresa atua na área de saneamento, sendo responsável pelo fornecimento de água, coleta e tratamento de esgotos. Além de atender mais de 27,9 milhões de pessoas com abastecimento.  

Diante da expressividade da Sanepar (SAPR11) para o mercado financeiro e sua participação na bolsa de valores brasileira, é relevante compreender sua trajetória e plano de negócio.

Sendo assim, permite que os investidores utilizem informações relevantes sobre a companhia para garantir que suas aplicações financeiras sejam realizadas de maneira segura e assertiva. 

História da Sanepar (SAPR11)

SAPR11 1

A história da Sanepar é iniciada em 1853, quando foi construído o bebedouro da Rua Fechada, que atualmente é conhecido como Largo da Ordem, localizado em Curitiba.

Alguns anos após, especificamente, em 1871 a companhia inaugurou o primeiro chafariz público da capital. Sendo assim, o encanamento ligava o olho d’água da Praça da Misericórdia.

De 1903 a 1904, ocorreu a assinatura do contrato, entre o Governo do Paraná e a Companhia de Melhoramentos de São Paulo, para que a realização de obras de saneamento em Curitiba fosse iniciada.

Dessa forma, no ano de 1908, foi inaugurado o primeiro sistema de abastecimento de água, associando a represa do Carvalho ao Reservatório do Alto São Francisco.  

Além disso, em 1908, o primeiro sistema de coleta e tratamento de esgotos entrou em operação, localizado na Rua Engenheiros Rebouças, onde atualmente está localizada a sede administrativa da Sanepar.  

Foi em 1917, mediante um decreto, que o Governo do Estado tornou os serviços de água e esgoto de Curitiba, como uma competência exclusiva do Estado, criando assim, a Secção de Água e Esgotos. 

Logo, em 1919, o Governo do Estado, realizou a contratação do engenheiro Francisco Saturnino Rodrigues de Britto, considerado por muitos o “Pai da Engenharia Sanitária do Brasil”, para elaborar o projeto referente a ampliação do sistema de abastecimento de água e de esgoto de Curitiba. 

Inaugurações da Sanepar

Sendo assim, no ano de 1928 foi inaugurado o Reservatório Batel, que está associado como parte do projeto de ampliação do sistema de água e esgotos de Curitiba. 

Além do mais, em 1928, foi criado o Departamento de Água e Esgotos (DAE), assim, o saneamento básico do Estado ganhou impulso através da instalação das secções de esgotos e água em Ponta Grossa, Jacarezinho, Cambará, Irati e Morretes. 

Dessa maneira, foi em 1945 que entraram em operação as duas primeiras Estações de Tratamento de Água do Paraná, sendo elas a ETA Tarumã e a ETA de Castro.

No ano de 1958, a Estação de Tratamento de Água do Tarumã deu início ao abastecimento público contendo adição de flúor, método utilizado para o controle e prevenção da cárie dentária. Lembrando que, a capital do Paraná foi a primeira no Brasil a integrar esse benefício. 

Conquistas da Sanepar

Em 1969, foi inaugurado o Sistema de Abastecimento de Água Iguaçu. De início a ETA tinha capacidade para realizar o tratamento de 1.000 litros de água por segundo.

Alguns anos após, em 1972, a Sanepar aderiu ao Plano Nacional de Saneamento (Planasa), dando início efetivamente as atividades de operação, manutenção e administração dos sistemas de abastecimento de água e sistemas de esgotos do Paraná. 

Foi no ano de 1991 que a companhia decidiu adotar as políticas de Meio Ambiente, Qualidade Total e Patrimônio Histórico e Tecnológico do Saneamento. Além disso, no mesmo ano foi instituída a Tarifa Social para famílias de baixa renda. 

Sendo assim, em 1997, a Sanepar foi a primeira empresa de saneamento da América Latina a obter a certificação NBR ISO 9002:1994 para um sistema produtor de água. 

No ano de 1998 foi inaugurada a Estação de Tratamento de Esgoto Atuba Sul, sendo a maior do Estado, possuindo capacidade para tratar 1.450 litros de esgoto por segundo, atendendo a uma população de 580 mil habitantes.

Desse modo, em 2002, a Sanepar atingiu a marca de 2.000.000 de ligações de água realizadas. Além do mais, no mesmo ano a empresa assumiu a gestão do Aterro Sanitário de Cianorte e iniciou as atividades na área de gestão de Resíduos Sólidos Urbanos. 

Inovações da Sanepar

Sendo assim, ainda no ano de 2002, a Sanepar começou a oferecer com pioneirismo a “água industrial” por meio da Estação de Tratamento de Água Industrial Araucária. Dado que, a água captada no rio Iguaçu possibilitava o reuso, mantendo a qualidade da água para o consumo humano. 

Foi no ano de 2006 que a empresa atingiu a marca de 1.000.000 de ligações de esgoto realizadas em todo o estado. 

No ano de 2008 ocorreu a inauguração do Sistema Miringuava, que garantia o abastecimento da região de Curitiba por mais de 20 anos. 

Após alguns anos, especificamente em 2010, a Sanepar assumiu a gestão do Aterro Sanitário de Apucarana.

Em 2012, a empresa começou a implementar novos canais de comunicação com os clientes, passando a atuar nas redes sociais. 

Dessa forma, em 2015, a Sanepar recebeu o prêmio Valor 1000 de melhor Companhia de Água e Saneamento do Brasil, oferecido pelo jornal Valor Econômico. 

Assim, foi em 2016, que o sistema piloto da Sanepar foi instalado na Estação de Tratamento de Água, podendo contribuir para ajudar a encontrar algumas respostas para o tratamento de água ou esgoto. No estudo que está sendo realizado foram incluídos profissionais da Sanepar, pesquisadores da University of North Texas, da University College London e da Universidade Estadual de Ponta Grossa. 

Logo após, em 2017, a Sanepar adere aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e adotou um programa de equidade de gênero.

Linha do Tempo da Sanepar (SAPR11)

  • 1853 – A história da Sanepar é iniciada; 
  • 1871 – É inaugurado o primeiro chafariz público da capital;
  • 1903 a 1904 – Assinatura do contrato, entre o Governo do Paraná e a Companhia de Melhoramentos de São Paulo, para início das obras de saneamento em Curitiba; 
  • 1908 – É inaugurado o primeiro sistema de abastecimento de água;
  • 1908 – O primeiro sistema de coleta e tratamento de esgotos entra em operação;
  • 1917 – Governo do Estado torna os serviços de água e esgoto de Curitiba, como uma competência exclusiva do Estado;
  • 1919 – O Governo do Estado, contrata o engenheiro Francisco Saturnino Rodrigues de Britto;
  • 1928 – É inaugurado o Reservatório Batel;
  • 1928 – O Departamento de Água e Esgotos (DAE) é criado;
  • 1945 – A ETA Tarumã e a ETA de Castro entram em operação;
  • 1958 – A Estação de Tratamento de Água do Tarumã dá início ao abastecimento público contendo adição de flúor;
  • 1969 – É inaugurado o Sistema de Abastecimento de Água Iguaçu;
  • 1972 – A Sanepar adere ao Plano Nacional de Saneamento (Planasa);
  • 1991 – Sanepar decide adotar políticas de Meio Ambiente, Qualidade Total e Patrimônio Histórico e Tecnológico do Saneamento;
  • 1991 – É instituída a Tarifa Social para famílias de baixa renda;
  • 1997 – Sanepar é a primeira empresa de saneamento da América Latina a obter a certificação NBR ISO 9002:1994;
  • 1998 – É inaugurada a Estação de Tratamento de Esgoto Atuba Sul;
  • 2002 – Sanepar atinge a marca de 2.000.000 de ligações de água  realizadas e assume a gestão do Aterro Sanitário de Cianorte;
  • 2002 – A companhia começa a oferecer com pioneirismo a “água industrial” por meio da Estação de Tratamento de Água Industrial Araucária;
  • 2006 – A empresa atinge a marca de 1.000.000 de ligações de esgoto realizadas;
  • 2008 – Ocorre a inauguração do Sistema Miringuava;
  • 2010 – Sanepar assume a gestão do Aterro Sanitário de Apucarana;
  • 2012 – A empresa começa a implementar novos canais de comunicação com os clientes;
  • 2015 – Sanepar recebe prêmio Valor 1000 de melhor Companhia de Água e Saneamento do Brasil;
  • 2016 – O sistema piloto da Sanepar foi instalado na Estação de Tratamento de Água;
  • 2017 – Sanepar adere aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e adota programa de equidade de gênero.

O que faz a Sanepar (SAPR11)?

A atividade principal da Sanepar está relacionada ao Saneamento básico, mediante o tratamento de água e esgoto. 

Dessa forma, a empresa atua em 3 unidades de negócio, dentre elas:

  1. Água: a Sanepar produz e realiza a distribuição de água tratada para 345 municípios no Paraná e um em Santa Catarina. A água fornecida pela Sanepar é tratada com cloro e flúor. 
  2. Esgoto: o esgotamento sanitário age como um meio de combate às doenças de veiculação hídrica. Por isso, a Sanepar investe na ampliação e modernização do sistema de coleta e tratamento de esgoto.
  3. Resíduos sólidos: a Sanepar atua na gestão de três sistemas referente ao tratamento de resíduos sólido urbanos, atendendo atualmente 7 municípios na região norte do Estado.

Em suma, observa-se que a empresa procura oferecer serviços variados, para sempre suprir a demanda de seus clientes.

Como atua a Sanepar (SAPR11)?

A Sanepar (SAPR11) é uma das maiores exploradoras de serviços e de sistemas privados de abastecimento de água. 

A companhia possui mais de 168 Estações de Tratamento de Água (ETAs) e mais de 249 Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs).

Além disso, a empresa possui uma rede de distribuição de mais de 55.359 km e 3 aterros sanitários como, Apucarana, Cianorte e Cornélio Procópio. 

Dessa forma, mais de 64 mil toneladas de resíduos tratados por ano, executando 100% de tratamento dos resíduos coletados. 

As ações da Sanepar (SAPR11): onde e como são negociadas?

O ticker da Sanepar (SAPR11) é negociado na bolsa de valores brasileira, a B3 (Brasil, Bolsa e Balcão).

As ações da companhia podem ser comercializadas através de sistemas digitais, buscando facilitar o processo de investimento para os acionistas, zelando também pela segurança de todos os investidores. 

A companhia é detentora de ações ordinárias (SAPR3 ON) que dão direito ao voto durante as assembleias empresariais, ações preferenciais (SAPR4 PN), que garantem prioridade no recebimento de dividendos e ações Unit (SAPR11 UNIT) que integram as ações ordinárias e preferenciais. 

Dessa forma, para realizar a aquisição de ações da Sanepar, é relevante que o investidor realize a abertura de uma conta numa corretora de valores.

Logo após, é necessário realizar uma transferência TED, com o capital desejado para realizar os aportes, posteriormente, será possível selecionar as ações da Sanepar, mencionada como SAPR3, SAPR4 e SAPR11. 

Características das ações da Sanepar (SAPR11)

As ações da Sanepar (SAPR11) podem ser negociadas na B3 (Brasil, Bolsa e Balcão) e possuem as seguintes características: 

A classificação setorial da Sanepar (SAPR11) através das informações divulgadas pela B3 é: Utilidade Pública / Água e Saneamento

Além disso, seu segmento de listagem na bolsa de valores é o Nível 2.

Suas ações oferecem Tag Along de 100% ON, 100% PN e 100% UN, além de free float de 79,97%.

Como ganhar dinheiro com as ações da Sanepar (SAPR11)?

SAPR11 2

De início, é importante ficar atento, dado que, existem maneiras diversas de obter múltiplos vantajosos com as ações da Sanepar (SAPR11) na B3.

Visto que, entre as maneiras que podem ser consideradas, pode-se incluir o ganho de dividendos. Dado que, a empresa apresenta em seu histórico um quadro recorrente de pagamento de proventos.

Além disso, é possível obter lucros mediante a comercialização de suas ações por um preço mais alto que o adquirido anteriormente.

Dessa forma, recomenda-se que o investidor tome alguns cuidados que poderão possibilitar que o acionista realize suas negociações de forma mais assertiva e segura. 

Dentre os cuidados que podem ser pontuados, é válido ressaltar a possibilidade de diversificar a carteira de investimentos, criando uma carteira que detenha renda fixa e renda variável.

Sendo assim é importante ficar atento a liquidez, rentabilidade e segurança de uma ação antes de realizar a aquisição. 

Além do mais, dependendo do perfil do investidor e seus objetivos obter uma boa rentabilidade poderá significar maiores oportunidade, em comparação, a busca por uma alta liquidez.

Lembrando que, priorizar rentabilidade ou liquidez irá depender dos objetivos do investidor, dado que, o acionista pode realizar investimentos de curto, médio e longo prazo.

Vale a pena investir na Sanepar (SAPR11)?

A Sanepar (SAPR11) é uma das maiores empresas em operação referente ao serviço de saneamento básico. 

A empresa possui um baixo endividamento, apresentando lucros constantes, quando comparada a suas concorrentes. Além de possuir uma das melhores margem líquida do setor. 

Soma-se a isso, a empresa está integrada a um modelo de negócio de baixo risco, dado que, oferece serviços essenciais e, que possuem demanda decorrente mesmo em momentos de crise. 

Entretanto, é importante ressaltar que a empresa é controlada pelo Estado do Paraná, nesse caso, mudanças de gestões podem impactar as operações da companhia.

Dessa forma, antes de realizar a aquisição de ações da Sanepar, é importante realizar uma análise fundamentalista.

Sendo assim, será possível acompanhar seus investimentos e verificar se eles estão sendo realizados de forma prudente, seja com a Sanepar (SAPR11) ou com outra companhia que integre a bolsa de valores.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *