Home Blog Taxa Referencial: entenda como funciona o cálculo

Taxa Referencial: entenda como funciona o cálculo

Você sabe o que é Taxa Referencial? Certamente muitas pessoas já ouviram esse termo bastante utilizado no universo dos investimentos como: poupança, FGTS, financiamentos imobiliários e Títulos Públicos.

No entanto, poucos são os que de fato compreendem a importância da Taxa Referencial.

O que é a Taxa Referencial?

A Taxa referencial de Juros foi criada no início da década de 90 no governo do então presidente, Fernando Collor. A TR, como é conhecida, era uma medida contingencial utilizada para controlar a inflação da época.  Entretanto, com o tempo ela se tornou um indexador econômico Brasileiro.

Essa Taxa Referencial pode ser:

  • Diária;
  • Anual;
  • Mensal.

Assim, serve de referência para diversas situações no mercado financeiro. Com ela, é possível corrigir o valor de indicadores de remunerações ou investimentos como a poupança.

Seu cálculo é baseado na média dos CDBs (certificados de depósitos bancários) prefixados no mercado através da Taxa Básica Financeira (TBF).

Contudo, mesmo não sendo diretamente ligada à taxa Selic, a TR acompanha seu valor. Caso a Selic baixe, automaticamente as taxas pré-fixadas irão reduzir.

Como calcular a Taxa Referencial de Juros?

O calculo da Taxa Referencial de Juros se dá através da calculadora do cidadão, que pode ser encontrada dentro do site do Banco Central do Brasil (Bacen). Esta por sua vez, possibilita ao usuário fazer a simulação para juros em suas operações.

Porém, o cálculo deve ser utilizado apenas como referência para situações reais e não como valores oficiais, de acordo com informações do site do Banco Central.

Calculadora do Cidadão

O resultado da taxa referencial pode ser obtido através da calculadora do cidadão e é dado através de taxa fixa tanto para cálculos mensais quanto diários.

  • Taxa Referencial Mensal: o tipo de cálculo nessa variação é feito de acordo com o tempo em que a aplicação permaneceu investida, levando em consideração 23 dias de um mês. A soma da TR diária resulta no valor da taxa mensal.
  • Taxa Referencial Diária: também divulgada pelo Banco Central ela corresponde a uma porcentagem diária do valor mensal. Então, quando o investidor decide resgatar um investimento antes do período acordado, o reajuste no valor dos juros que correu será realizado com base na data a ser retirado.

Então, dessa forma, a calculadora do cidadão utiliza dados diários das taxas de juros usadas cobradas nos CDBs das 30 maiores instituições financeiras do país.

Logo, a partir da TBF, uma equação é liberada para saber o valor correspondente aos juros compostos.

O cálculo pode ser feito manualmente a partir da equação: TR = 100 x [ ((1 + TBF)/R) – 1].

Mas para quem não souber realizar a conta, o Bacen disponibiliza a calculadora onde ao inserir os dados necessários para realizar o cálculo e, assim, o usuário pode saber qual o valor diário dos juros a cobrar.

TR na Poupança: como acontece a aplicação dos juros?

A caderneta de poupança é uma das mais famosas formas que a população utilizada para investir seu dinheiro e fazer com que ele renda.

Para saber a rentabilidade que esse dinheiro trará em médio, longo ou curto prazo é necessário ter a taxa Selic como base mais a Taxa Referencial, pois em 2012 o governo reformulou o cálculo.

Portanto, caso a taxa Selic estiver acima de 8,5% ao ano, o rendimento na poupança será de 0,5 ao mês mais o valor da Taxa Referencial. No entanto, se a Selic se encontrar abaixo de 8,5% ao ano, a rentabilidade será de 70% da Selic.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *