TEND3: vale a pena investir em ações da Tenda?

TENDA3

A Construtora Tenda (TEND3) direciona suas atividades para os empreendimentos nas faixas 1,5 e 2 do programa Minha Casa Minha Vida, voltado às famílias de classe média baixa. Ela é considerada uma das principais construtoras e incorporadoras do Brasil. 

As ações da Tenda (TEND3) fazem parte da bolsa de valores brasileira, a B3 (Brasil, Bolsa e Balcão). Sendo assim, as ações da companhia podem ser negociadas por investidores que observam no setor de construção civil, oportunidades benéficas de investimentos. 

O que é a Tenda (TEND3)? 

A Tenda (TEND3) centraliza seus serviços no ramo da construção civil, sendo umas das principais construtoras em território nacional focada em empreendimentos econômicos.  

Além do mais, a empresa é brasileira e suas ações são comercializadas na B3, por meio do ticker TEND3

Sendo assim, a Tenda atua no setor da construção civil desde o ano de 1969, mediante a criação da empresa Tenda Engenharia e Comércio. A empresa possui mais de 104 milhões de ações gerenciadas, sendo 61,5% destas em free float

Além da Tenda, outras companhias fazem parte do setor de Construção Civil. Dentre elas está a Tecnisa (TCSA3) e a Trisul (TRIS3):

  1. Tecnisa: a empresa possui como foco o mercado brasileiro de incorporação imobiliária. Atuando no mercado residencial de maneira integrada, ela realiza a aquisição de terrenos, incorporação, vendas e construção.
  2. Trisul: a construtora atua principalmente no mercado de médio e alto padrão. Ela possui empreendimentos em São Paulo e no Distrito Federal e acumula cerca de 200 empreendimentos. 

Por isso, diante da importância da Construtora Tenda (TEND3) para o mercado imobiliário e financeiro, torna-se relevante compreender sua trajetória e seu modelo de atuação. 

Sendo assim, mediante as informações adquiridas, os investidores poderão realizar os aportes financeiros de maneira mais consciente e assertiva. 

O que faz a Tenda (TEND3)?

TEND3 1

A principal atividade da Tenda está associada a construção de empreendimentos econômicos, como o Minha Casa, Minha Vida. 

Dessa forma, o modelo de negócio da empresa possui pilares e características pré-definidas, dentre elas:

  1. Lançamento contratado: as vendas só são iniciadas quando o empreendimento está enquadrado e aprovado pelas instituições financeiras que atuam no programa Minha Casa, Minha Vida. 
  2. Venda Repassada: o intuito dessa etapa é reduzir o tempo entre a venda do imóvel e a aprovação do cliente no banco. 
  3. Método construtivo padronizado: os empreendimentos da Tenda são construídos em paredes de concreto e mediante a utilização de formas de alumínio, buscando um ciclo de produção mais ágil. 
  4. Venda em lojas próprias: grande parte das vendas da empresa são através de vendas próprias, buscando reforçar sempre a marca. 

Como atua a Tenda (TEND3)?

A Tenda (TEND3) é uma das maiores construtoras em território nacional. A empresa já entregou mais de 100 mil unidades habitacionais.

Além disso, a organização atua em mais de 8 regiões metropolitanas. Ainda, possui um conselho de Administração 100% independente. 

A companhia possui mais de 15 anos de experiência no setor de construção e, no ano de 2018, conseguiu atingir um lucro líquido de R$200 milhões. 

As ações da Tenda (TEND3): onde como são negociadas?

O ticker da Tenda (TEND3) é comercializado na bolsa de valores brasileira, ou simplesmente B3 (Brasil, Bolsa e Balcão).

Sendo assim, adquirem-se as ações da empresa por meio de sistemas digitais, que possuem o objetivo de simplificar os meios de aquisição. Além disso, ela proporciona uma maior segurança entre os investidores. 

Dessa forma, a empresa possui ações ordinárias (TEND3 ON) que ofertam direito ao voto durante as assembleias empresariais. 

Por isso, para executar a aquisição de ações da Tenda, é necessário realizar a abertura de um conta numa corretora de valores, que seja credenciada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Posteriormente, deve-se realizar uma transferência TED, com o valor direcionado para os aportes. Logo após, selecionam-se ações da Tenda, referidas como TEND3. 

Características das ações da Tenda (TEND3)

As ações da Construtora Tenda são negociadas na B3 e possuem as seguintes características: 

A classificação setorial da Tenda (TEND3), segundo as informações disponibilizadas na B3, é: Consumo Cíclico / Construção Civil / Incorporações.

Além do mais, seu segmento de listagem na bolsa de valores é o Novo Mercado.

Suas ações oferecem Tag Along de 100% ON, além de free float de 61,5%.

História da Tenda (TEND3)

Em 1969, a origem da Tenda se dá mediante a fundação da empresa Tenda Engenharia e Comércio, entretanto, hoje a empresa não possui qualquer vínculo com a Tenda. 

Foi em 1993 que se fundou a Tenda, na cidade de Belo Horizonte. Possuindo como denominação Construtora Tenda Ltda.

No ano de 1994, iniciam-se as primeiras atividades da empresa.

Durante o ano de 1999, a Tenda promoveu uma expansão para São Paulo e, em 2006, a companhia começou a atuar no Rio de Janeiro. 

Sendo assim, foi em 2007 que a Tenda efetuou sua instalação nas regiões metropolitanas de Porto Alegre, Salvador, Goiânia, Brasília e Vitória. 

Além disso, no mesmo ano a empresa realizou seu IPO. 

Em 2008, a Tenda incorporou a FIT Residencial Empreendimentos Imobiliários Ltda, que até então estava controlada pela Gafisa. 

No ano de 2009 se cria o programa Minha Casa Minha Vida

Dessa forma, foi em 2011 que a empresa passou por alguns desafios operacionais, levando ao prejuízo líquido de R$660 milhões. 

Em 2012, se realiza uma reestruturação e downsizing na empresa.

Entre os anos de 2013 e 2015 divulga-se os 4 pilares do novo modelo de negócio da empresa. 

Sendo assim, em 2016, inicia-se o processo de separação societária entre a Tenda e Gafisa.

Em 2017, conclui-se o processo de separação e anuncia-se um novo conselho de administração.

Além disso, a empresa expande seu negócio para Curitiba.

No ano posterior, a companhia também expande seus negócios para Goiânia e, em 2019, as ações da Tenda passam a ser um dos 100 ativos mais negociados da B3.

Linha do tempo da Tenda (TEND3)

  • 1969 – Criação da Tenda através da fundação da empresa Tenda Engenharia e Comércio;
  • 1993 – Funda-se a Tenda, na cidade de Belo Horizonte;
  • 1994 – Iniciam-se as primeiras atividades da empresa;
  • 1999 – A empresa promove uma expansão para São Paulo;
  • 2006 – A Tenda começa a atuar no Rio de Janeiro;
  • 2007 – Efetua-se a instalação da empresa nas regiões metropolitanas de Porto Alegre, Salvador, Goiânia, Brasília e Vitória;
  • 2007 – A empresa realizou seu IPO;
  • 2008 – Tenda incorpora a FIT Residencial Empreendimentos Imobiliários Ltda;
  • 2009 – Cria-se o programa Minha Casa Minha Vida;
  • 2011 – A companhia passa por alguns desafios operacionais;
  • 2012 – Realiza-se uma reestruturação e downsizing na empresa;
  • 2013 a 2015 – Divulgam-se os 4 pilares do novo modelo de negócio da empresa;
  • 2016 – Inicia-se o processo de separação societária entre a Tenda e Gafisa;
  • 2017 – Conclui-se o processo de separação e se anuncia um novo conselho de administração;
  • 2017 – A empresa expande seu negócio para Curitiba;
  • 2018 – A companhia também expande seus negócios para Goiânia;
  • 2019 – As ações da empresa passam a ser um dos 100 ativos mais negociados da B3.

Como ganhar dinheiro com as ações da Tenda (TEND3)? 

TEND3 2

De início, se compreende que existem várias maneiras de conseguir lucros com as ações da Tenda na B3

Por isso, inclui-se o recebimento de dividendos, visto que a empresa possui em seu histórico de atuação um pagamento recorrente de proventos.

Além do mais, o acionista também pode adquirir dinheiro através da comercialização de suas ações por um valor mais alto que o adquirido anteriormente.

Desse modo, é importante que o investidor fique atento a algumas questões que influenciam na realização de investimentos com segurança e consciência. 

Sendo assim, dentre as questões, o investidor pode considerar a busca pela diversificação da sua carteira de ativos, realizando aportes em renda fixa e renda variável

Por isso, recomenda-se que o acionista análise a segurança, liquidez e rentabilidade das ações que integram a bolsa, antes de efetuar a aquisição das mesmas.

Além disso, antes de efetuar os investimentos é importante que o perfil investidor e seus objetivos já estejam definidos. 

Dessa forma, priorizar alta liquidez ou rentabilidade dependerá dos objetivos que já foram definidos, dado que o investidor poderá adquirir ações para o curto, médio ou longo prazo de tempo.

Vale a pena investir na Tenda (TEND3)?

A Tenda (TEND3) é uma das principais construtoras do país, focando nos empreendimentos econômicos. 

Sendo assim, a empresa busca trabalhar reduzindo custos de construção e tornando-se uma das empresas com o menor preço no segmento em que atua. Desse modo, ela proporciona uma melhora na velocidade das vendas, enquanto mantém suas margens altas.

Entretanto, como o principal produto da empresa refere-se a construção de unidades do programa Minha Casa, Minha Vida, um aumento do desemprego pode pressionar a demanda por imóveis e, consequentemente, diminuir a velocidade de vendas da empresa.

Dessa modo, antes de definir qual será a ação que você irá investir seu dinheiro, vale realizar uma análise fundamentalista.

Logo, será possível verificar se seus investimentos estão sendo realizados de forma assertiva, seja com a Tenda (TEND3) ou com outra companhia que faça parte da bolsa de valores.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos