Home Blog Tipos de empreendedorismo: conheça os mais comuns!

Tipos de empreendedorismo: conheça os mais comuns!

tipos de empreendedorismo 3

Você já se perguntou quais são os tipos de empreendedorismo existentes no mercado?

No Brasil, existem diversos tipos de empreendedorismo. Cada um deles pode ser desenvolvido por pessoas em busca de evolução profissional, social e/ou financeira.

Em alguns desses tipos de empreendedorismo, nem sempre o lucro é o objetivo final dos empreendedores.

O que é empreendedorismo?

tipos-de-empreendedorismo

O empreendedorismo é visto como a capacidade de identificar problemas e, a partir deles, encontrar oportunidades para desenvolver soluções.

Com isso, são criados produtos e serviços que oferecem benefícios para o público-alvo, que pode incluir toda a sociedade.

Um empreendimento pode ter diferentes formatos, como:

Dessa forma, ser empreendedor significa começar algo novo, saindo da zona de conforto e tendo atitudes inovadoras dentro do mercado.

São essas pessoas que influenciam a população a encontrar oportunidades em meio a cenários complicados.

Quais são os tipos de empreendedorismo?

É bastante importante para os empreendedores o conhecimento sobre as formas de empreendedorismo existentes no mercado.

Dessa forma, fica mais fácil saber quais são as que mais se identificam com sua personalidade e condições financeiras.

1. Empreendedorismo informal

Com certeza você já foi abordado por comerciantes vendendo produtos como água, alimentos e os mais variados itens. Isso porque o empreendedorismo informal é um dos mais populares no Brasil.

São exemplos de empreendedorismo informal:

  • Barracas de rua;
  • Vendas em carroças;
  • Trabalhadores ambulantes.

Esse comércio é considerado informal por ser praticado sem um CNPJ ou emissão de nota fiscal.

No entanto, é bastante utilizado por pessoas com dificuldades financeiras ou que estão iniciando a abertura do próprio negócio.

Os empreendedores informais, geralmente, acabam não pensando a longo prazo. Por conta disso, a renda gerada é utilizada no dia a dia para suprir suas necessidades.

2. Empreendedorismo individual

Existem dois tipos disponíveis de empreendedorismo individual para quem deseja trabalhar nesse formato:

  1. Microempreendedor individual (MEI)
  2. Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI)

Nesses dois formatos, o empreendedor continua trabalhando “sozinho”.

Esse trabalhador é aquele que se formalizou através da criação de um CNPJ e que deseja garantir alguns direitos, como:

  • Auxílios;
  • Pensão por morte;
  • Aposentadoria.

Para isso, existe a obrigação de contribuição com o Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS). Ele representa a junção de três impostos: INSS, ISS, E ICMS.

Seus custos variam de acordo com cada setor do comércio.

3. Empreendedorismo cooperativo

O empreendedorismo cooperativo é resultado da união de diversos empreendedores individuais.

Dessa forma, eles conseguem mais força e recursos para suas ações. A atuação desses trabalhadores está ligada à formação de cooperativas, mas com o intuito de crescimento individual.

4. Empreendedorismo por franquias

O formato de empreendedorismo por franquias é bastante utilizado para a abertura de um negócio sem a necessidade de posicionamento.

Isso porque as marcas franqueadas já possuem uma estrutura bem organizada e uma boa presença de mercado.

Alguns tipos de franquias mais comuns são:

  • Restaurantes de fast-food;
  • Açaiterias;
  • Cursos de idiomas.

O ato de comandar um negócio franqueado, apesar do que se pensa, não é tão simples. Mesmo com um modelo pronto, os desafios da gestão de negócios continuam como para qualquer proprietário.

5. Empreendedorismo digital

O empreendedorismo digital se desenvolveu a partir das alterações na forma de consumo da população.

Hoje em dia, por conta das facilidades oferecidas, milhões de pessoas podem fazer compras dos mais variados produtos.

São exemplos de empreendimentos digitais:

  • E-commerces;
  • Infoprodutos;
  • Serviços de delivery.

A maior vantagem dos negócios digitais é que não é preciso possuir uma sede física para a empresa. Isso ajuda a reduzir os custos e contribui para a acessibilidade dessa forma de comércio.

6. Empreendedorismo Corporativo

O empreendedorismo corporativo é ligado ao trabalhador que, dentro de uma empresa, cria projetos alternativos a partir de novas oportunidades.

Esse tipo de atitude é altamente valorizado no mercado de trabalho, contribuindo para o crescimento profissional.

7. Empreendedorismo Público

Esse formato é uma variação entre o empreendedorismo corporativo e o setor governamental.

Esses profissionais são os que, dentro do serviço público, criam e desenvolvem projetos para melhorar os serviços oferecidos para a sociedade.

Assim, além do formato existente, eles percebem oportunidades para melhorar a vida da população.

8. Empreendedorismo social

Por último, temos o empreendedorismo social, que não tem como objetivo o lucro. No lugar disso, o propósito básico desses negócios é beneficiar pessoas criando projetos de apoio.

Temos como exemplo de empreendedorismo social a Enactus.

Essa organização internacional, composta por universitários, cria projetos de desenvolvimento comunitário. Eles são feitos para dar autonomia para as pessoas em fragilidade financeira.

Por conta disso, eles são implementados dentro de comunidades, continuando a funcionar mesmo após a passagem da organização.

Entre os diversos tipos de empreendedorismo, é o social que está mais ligado a criar soluções para problemas não atendidos pela área pública. Para mais conteúdos acompanhe a nossa carta do fundador, com insights valiosos todos os dias!

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

2 Respostas para “Tipos de empreendedorismo: conheça os mais comuns!”

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *