Home Blog Título de capitalização é uma boa opção para investir?

Título de capitalização é uma boa opção para investir?

titulo de capitalizacao

O título de capitalização é uma alternativa utilizada para a economia de dinheiro de maneira segura.

Uma opção popular entre bancos e gerentes, o título de capitalização pode não ser a melhor alternativa de investimento em alguns casos.

Portanto, é fundamental que você entenda exatamente como o título de capitalização funciona e pode ser oferecido.

O que é título de capitalização?

O título de capitalização corresponde a um título de crédito regulamentado pela SUSEP (Superintendência de Seguros Privados).

Quando adquirido, dentro de um prazo determinado, ele tem a finalidade de guardar o dinheiro para a participação em sorteios de prêmios.

Ao longo dos anos, essa opção se tornou bastante popular dentro de agências bancárias, sendo amplamente oferecidas aos seus clientes.

Como funciona o título de capitalização?

titulo de capitalização

Quando um consumidor opta pela compra de um título de capitalização, existem 3 formas para que o pagamento seja efetuado:

  • Pagamento único (PU);
  • Pagamento Mensal (PM);
  • Pagamento Periódico (PP).

Dentro do valor cobrado, estão descontados o custeio do prêmio e as despesas administrativas da empresa emissora, que deve ser habilitada para a capitalização.

Essa quantia possui correção pela Taxa Referencial ou por um índice de inflação, algo definido no ato da compra do título.

Portanto, quando essas informações não são esclarecidas ao consumidor, a comercialização dos títulos de capitalização se torna indevida.

Rentabilidade do título

Como dito, mensalmente, o título tem seu valor atualizado pela TR ou por uma taxa de juros ou índice definido na compra.

Nesse caso, é possível escolher uma taxa variável, sendo de, no mínimo, 20% da taxa mensal aplicada à poupança.

No entanto, é importante esclarecer que apenas uma parcela do valor pago mensalmente é rentabilizada (servindo como cota de capitalização).

O restante desse dinheiro é dividido entre a cota de sorteio e um tipo de taxa administrativa, ou seja, nem todo o valor rende 0,5% mais a TR.

Prazo do título de capitalização

No momento da compra do título, existem três possíveis prazos envolvidos:

  • Prazo de pagamento: período em que o comprador se comprometeu a realizar o pagamento do valor obtido com o título;
  • Prazo de vigência: período de início e fim da aplicação, sendo igual ou maior que o prazo de pagamento;
  • Prazo de Carência: período mínimo em que o comprador precisa deixar o seu dinheiro aplicado para evitar uma multa que pode chegar até 10% do capital investido.

Sorteio do título

Para possuir uma boa rentabilidade, é preciso que o investidor seja sorteado até o prazo de vigência da aplicação.

Caso isso não ocorra, o rendimento não chega a superar nem o da poupança, que já é uma opção de investimento que rende abaixo da inflação, diminuindo o poder de compra do aplicador.

Quais os tipos de Títulos de Capitalização?

Com o objetivo de atender a demanda de diferentes perfis de consumidores, os títulos de capitalização são divididos em 4 grupos.

Conheça quais são eles:

Tradicional

Modalidade onde a restituição total do capital aplicado só ocorre para compradores sem déficit de pagamento.

Portanto, mais adequada para quem decide permanecer com o dinheiro guardado até o final do prazo de vencimento do título.

Popular

O objetivo desse tipo de título é a participação de sorteios onde são concorridos prêmios bastante atrativos.

Portanto, a cada semestre de validade do título, ocorre um novo sorteio, mesmo que não haja a devolução total do valor aplicado.

Compra Programada

Esse tipo de compra exige o preenchimento de uma ficha de cadastro onde deve-se indicar quanto você deseja receber no final do prazo de vigência.

Nele, os sorteados durante o prazo de pagamento são os que recebem o valor total do título, além do saldo já aplicado.

Incentivo

Envolve um evento promocional de incentivo, estabelecido por agências bancárias.

Bastante utilizado, serve como uma motivação para que os aplicadores mantenham o pagamento em dia para continuar a participar dos sorteios.

O pagamento das quatro opções pode ser feito de forma única, mensal ou periódica.

Como ocorre o resgate do título de capitalização?

É importante ressaltar que cada tipo de título possui diferentes condições de resgate.

Portanto, antes de comprá-lo, analise qual delas faz mais sentido para você.

No resgate antecipado, solicitado antes do prazo de vigência, o consumidor consegue resgatar somente parte do valor aplicado.

Com o resgate parcial, é possível receber apenas uma parcela do valor guardado.

No entanto, essa opção não costuma ser utilizada já que envolve algumas regras próprias relacionadas ao valor mínimo e máximo a ser resgatado.

Finalmente, existe também a possibilidade de resgate no final do prazo quando, após o prazo de vigência do título, o valor aplicado é retirado com a correção de juros.

Portanto, algumas outras opções de ativos mais rentáveis e com maior liquidez, como o Tesouro Selic, por exemplo, podem ser mais vantajosas para o investidor que possa ter emergências durante o prazo.

O título de capitalização vale a pena?

No mundo dos investimentos, os títulos de capitalização não são vistos como opções interessantes para o investidor que busca bons resultados financeiros.

Isso ocorre, pois, por envolver diversas condições e cobranças, esse ativo acaba beneficiando o banco e trazendo prejuízos ao investidor.

Além de não possuir liquidez, funciona como um jogo de sorte em que não há possibilidade de aprender sobre o comportamento e evitar riscos, como no caso das opções de renda variável.

Portanto, antes de optar por um título de capitalização, analise algumas outras opções de investimento como os CDBs, títulos do Tesouro, LCIs e LCAs!

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *