Home Blog Trader: a famosa profissão do mercado financeiro

Trader: a famosa profissão do mercado financeiro

trader

No mercado financeiro atual, um profissional vem ganhando certo destaque: o trader.

O trader sempre busca maximizar seus retornos, comprando e vendendo ativos financeiros em um curto prazo.

A estratégia utilizada pelo trader é complexa e se não for bem aplicada, pode ter consequências negativas para o investidor, já que possuí um caráter de especulação.

O que é um trader?

Como o mercado, sobretudo de ações, é extremamente volátil, vários profissionais do investimento buscam aproveitar para obter ganhos de curto prazo.

Basicamente, o trabalho do trader consiste em buscar oportunidades de ativos que tem grande chance de valorização em um breve período.

Uma das maiores importâncias do trader para o mercado financeiro é que, como ele negocia um alto volume de ativos constantemente, o trader traz mais liquidez para o mercado.

Para ser um trader, não é preciso ter nenhuma formação específica.

No entanto, é indicado que esse profissional conheça bem conceitos básicos econômicos, para entender como os preços dos ativos são afetados.

Qual estratégia é utilizada pelo trader?

trader

Saber quando e quanto os ativos valorizarão é uma tarefa muito difícil.

Na verdade, é impossível descobrir como um ativo valoriza exatamente. Contudo, é possível fazer estimativas com alguma relevância estatística.

É através dessas expectativas que os profissionais do trade tomam as suas decisões de investimentos.

A principal estratégia do trader é a utilização de uma ferramenta chamada análise técnica.

Análise técnica

A análise técnica é um método utilizado no mercado financeiro que tem como intuito descobrir quais são as tendências das ações.

No entanto, uma característica comum quanto à resistência desse tipo de análise é de que, as ações, não seguem uma linha contínua de valorização ou desvalorização.

Ou seja, não se deve basear em performances passadas para saber se determinada ação subirá ou cairá. Além disso, esse tipo de análise não é tão voltada para longo prazo.

É preciso ter muito cuidado ao aprender a análise técnica. Para ter uma maior margem de segurança, é importante estudar métodos estatisticamente bem fundamentados.

Tipos mais populares de trade

É importante falar dos tipos de trade que vêm sendo mais difundidas no mercado financeiro.

Entre elas estão:

Day trade

O day trade é uma operação de curtíssimo prazo (1 dia). Neste caso, o objetivo do investidor é comprar e vender o ativo no mesmo dia.

Esse tipo de aplicação tende a apresentar um risco ainda maior, já que o prazo é extremamente curto, o que torna o investimento ainda mais especulativo.

Um lado que pode ser considerado positivo é que, durante apenas um dia, a volatilidade do ativo não é  tão alta, se comparada com a volatilidade de um mês.

Swing trade

De forma muito similar ao day trade,  swing trade também visa a compra e venda de ativos para um curto prazo.

No entanto, a ideia do swing trade é segurar o ativo por um tempo maior.

Para analisar esse tipo de investimento, além de utilizar a análise técnica, é possível que o trader aproveite um pouco da análise fundamentalista.

Criptomoedas

A popularização das criptomoedas, mais especificamente o Bitcoin, chamou muita atenção dos trader, trazendo possibilidades de ganhos maiores que a Bolsa de Valores.

Isto porque esses ativos são altamente voláteis, sendo negociados o tempo todo em todos os lugares do mundo.

No entanto, quando comparado as ações da bolsa, esse tipo de aplicação possuí um caráter ainda mais especulativo.

Vale a pena tentar lucrar com trade?

Como dito anteriormente, o trade é uma operação utilizada por profissionais do mercado financeiro.

Muitas vezes, é possível conseguir retornos muito acima da média com esse tipo de operação.

Por outro lado, também é possível perder dinheiro investindo dessa forma.

Por isso, caso você não seja um investidor profissional e esteja começando a investir, sem dúvidas, essa não é a estratégia mais indicada.

Para investidores comuns, os investimentos devem ser encarados como uma forma de proteger seus recursos ao longo do tempo, conseguindo rentabilidades maiores que a inflação.

E a forma mais segura de alcançar esse objetivo é aportando constantemente e analisando bem os ativos que você pretende ter na sua carteira de investimentos.

E, até para quem deseja se profissionalizar como trader, é preciso muita atenção.

Uma pesquisa da FGV apontou que 90% das pessoas que tentam viver de day trade têm prejuízo de longo prazo.

Isto acontece porque a maioria das pessoas que arriscam essa profissão não tem a base estatística e econômica para trazer mais eficiência para esse tipo de operação.

Por isso, é muito importante entender o que é investimento ou especulação, para que seu dinheiro não seja aplicado de forma arriscada.

Por fim, caso você queira ser trader, busque qualificações, estude o máximo possível sobre estatística e economia, mantenha um nível de segurança e não aplique todos os seus recursos, é também imprescindível ter disciplina para assim, alcançar bons resultados.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *