TUPY3: como lucrar com a Tupy?

tupy3

Na B3, há vários setores para investimentos, como é o caso do setor metalúrgico. Uma das empresas de destaque desse segmento é a Tupy S.A (TUPY3).

A Tupy (TUPY3) atua com a fabricação de componentes compostos de ferro. Sua classificação setorial é, portanto, bens industriais, material de transporte e material rodoviário.

Sabendo disso, vale a pena entender qual modelo de negócio e qual o impacto da empresa (TUPY3) para os investidores.

Modelo de negócio da Tupy (TUPY3)

Em primeiro lugar, as principais atividades executadas pela Tupy são o desenvolvimento e a fabricação de componentes em ferro fundido para setores como, por exemplo, o automotivo, o ferroviário e o de máquina e equipamentos.

Além disso, a empresa é responsável pela produção de conexão de ferro maleável para setores industriais e de perfis contínuos de ferro para setores industriais.

A empresa tem capacidade para produzir 848 mil toneladas anuais de peças em ferro fundido. Seus parques fabris se localizam em cidades como, por exemplo, Joinville (SC), Mauá (SP), Saltillo e Ramos Arizpe (Coahuilla – México)

A Tupy tem cerca de 11 mil funcionários e exporta mais de 80% de sua produção, para aproximadamente 40 países.

Por fim, a empresa tem um catálogo de clientes a marcas mundialmente reconhecidas. São elas, por exemplo, a Volkswagen, a Ford e a Audi.

Informações básicas sobre os papeis da Tupy (TUPY3)

tupy32

Algumas das informações importantes sobre os papéis da Tupy são disponibilizadas pela B3, da qual ela faz parte.

A empresa apresenta só um tipo de papel: as ações ordinárias (TUPY3 ON), que dão direito a voto nas assembleias.  Além disso, a Tupy conta com a participação de 35% da BNDES Participações S.A.

Outas características importantes sobre a companhia são, por exemplo:

  • Segmento de listagem: Novo Mercado. Esse tipo reúne as empresas com alta transparência e boa governança, sendo o mais alto nível da bolsa;
  • Ações em circulação: a Tupy tem 66 milhões de papéis;
  • Tamanho: é uma empresa Small Cap;
  • Tag Along: 100%;
  • Free Float: 41,14% nas ações ordinárias.

Dados importantes sobre a Tupy (TUPY3)

Antes de investir, é preciso fazer uma avaliação sobre a empresa, podendo ser feita a análise fundamentalista. É importante saber pontos como governança e dívida da empresa.

No caso da Tupy, portanto, ela apresenta uma boa governança e um baixo endividamento. Além disso, apresenta um histórico de pagamento de dividendos. 

Dividendos, por sua vez, são proventos que se divide entre os acionistas de uma empresa. Sendo assim, é uma forma de lucrar com uma empresa.

Pontos positivos sobre a Tupy (TUPY3)

  • Exposição a moedas fortes;
  • Atuação global;
  • Líder no setor de metalurgia.

Pontos negativos sobre a Tupy (TUPY3)

  • Risco de disrupcão em função da mudança do perfil de setor automobilístico;
  • Participação do Estado.

Conhecendo a história da Tupy

Primeiramente, vale dizer que Albano Schmidt, Hermann Metz e Arno Schwarz são os responsáveis por fundar a Tupy em 1938. No entanto, a história da Tupy se entrelaça com a industrialização do Brasil e da cidade de Joinville, em Santa Catarina.

Dez anos antes da fundação, Albano desafiou seus companheiros a descobrir a fórmula de ferro fundido maleável. Após várias tentativas, chegaram ao objetivo, 7 anos depois.

Em seguida a isso, usaram a mesma instalação para fabricar as primeiras conexões com a marca da empresa.

Com o crescimento da demanda no País, então, foi necessária a construção de uma nova sede migrada em 1954. Essa mudança teve um impacto tão grande que deu lugar a um novo bairro em torno da sede.

Após a morte de Albano, em 1958, a presidência foi transferida para seu filho, que criou a Escola Técnica Tupy. Essa instituição tinha o objetivo de criar mão de obra qualificada para suprir os novos desafios mercadológicos.

Com o crescimento do mercado automobilístico e o primeiro contrato fechado nesse setor, surgiu a segunda unidade de fundição em 1963. Sendo assim, ela tinha o único fim de produzir peças automotivas.

Logo após, em 1972, foi criado o primeiro Centro de Pesquisa da empresa. Além disso, nessa década, a empresa começou a exportar seus produtos para países sul americanos e europeus. Ainda nessa década, em 1976, a empresa começou a contar com escritórios nos Estados Unidos e Alemanha.

Quase 20 anos depois, em 1995, a empresa oficialmente deixou de ser um empreendimento familiar e seu controle passou a ser de um grupo de fundos de pensão e bancos.

Em função disso, portanto, a empresa passou a focar todo os seus esforços para a exportação, se consolidando no mercado global.

Século 21

tupy33

Em 2000, teve a implantação do Sistema de Gestão Ambiental (SGA). A empresa passou a dominar o processo de utilização do ferro fundido vermicular para produção em larga escala de blocos de motor.

Os controladores decidiram, três anos depois, em 2003, mudar a liderança da companhia. A nova administração passou a estabelecer como prioridades a reestruturação da dívida e a reorganização da estrutura.

Um ano depois, a empresa ganhou destaque com o Prêmio Finep de Inovação Tecnológica, pelo domínio do processo de fabricação de componentes em ferro fundido vermicular.

Com sua saúde financeira totalmente recuperada, em 2008, a empresa anunciou investimentos de R$ 420 milhões, destinados à modernização de suas unidades produtivas.

Em 2012, então, a empresa concluiu o processo de aquisição de duas fundições no México: Cifunsa Diesel e Technocast, ambas especializadas na fabricação de blocos e cabeçotes de motores e pertencentes ao Grupo Industrial Saltillo (GIS).

Concorrentes da Tupy (TUPY3)

Além de observar informações da própria empresa, é interessante conhecer a concorrência do setor. Há, por exemplo, companhias como a Recrusul S.A. (RCSL4) e a Marcopolo (POMO4).

A Recrosul (RCSL4) foca sua atuação provendo implementos rodoviários, tratores, manutenção de peças originais para implemento ou trator e suporte assistencial.

Já a Marcopolo (POMO4), que também atua no mercado rodoviário, possui como atividade principal a fabricação de ônibus, carrocerias e outros componentes.

A empresa opera com diversas fábricas espalhados por todo o mundo e seus produtos estão presentes em mais de 100 países. Além disso, a Marcopolo é a maior encarroçadora da América Latina.

Como investir na Tupy (TUPY3)?

Visto essas informações acima, em primeiro lugar, é preciso que o investidor conheça o caminho para investir em uma ação na bolsa de valores.

Sabendo disso, então, cabe a ele decidir se vale a pena ou não investir na Tupy, através do ticker TUPY3.

Qual são as concorretes da TUPY3?

Por exemplo, companhias como a Recrusul S.A. (RCSL4) e a Marcopolo (POMO4) concorrem com a Tupy.

A TUPY3 realiza o pagamento de dividendos?

A Tupy distribui dividendos consecutivamente desde 2000.

Qual o tamanho da TUPY3?

A Tupy se configura como uma small cap. Portanto, tem um valor de R$ 3,14 bilhões em 2020.

Acesso rápido

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos