Home Blog Você sabe o que é VPL? Confira como funciona este indicador

Você sabe o que é VPL? Confira como funciona este indicador

VPL 1

Quando uma empresa realiza o orçamento para um projeto, os custos atuais podem ser contabilizados de modo rápido e prático. Mas, caso a mesma empresa decida vender este projeto para receber o valor apenas no futuro, o cálculo da VPL terá que ser feito.

O que compramos atualmente, amanhã pode não valer a mesma coisa. Tudo aumenta devido a fatores econômicos. Então, o VPL é o indicador que dirá quanto custará o ‘valor presente’ deste investimento, no futuro, para que o empreendedor não tenha prejuízo.

O que é VPL?

Em suma, o Valor presente líquido (VPL) também chamado de Valor atual líquido (VAL) é um indicador utilizado para determinar o valor presente (VP) numa determinada data de pagamentos futuros.

Ou seja, através de um cálculo, essa taxa indica quanto futuramente custará um projeto que está sendo construído nos dias atuais (data zero). Pois, a análise dos fluxos de caixa e tempo do investimento serão determinantes para saber se um projeto pode ser considerado viável ou não.

Então, existem dois critérios de seleção que são determinantes para uma empresa decidir se o investimento é, de fato, viável.

  • VPL > (maior que) Zero : o investimento pode ser rentável no futuro;
  • VPL < (menor que) Zero: o investimento será rejeitado, pois, pode gerar prejuízo.

Assim, para igualar o valor do investimento a zero, a taxa interna de retorno (TIR) deve ser levada em consideração. Por que ela é o indicador que iguala o valo líquido atual do projeto a zero.

No entanto, este método não é capaz de prevê o valor atual dos custos que um projeto pode requerer. Ele apenas é responsável por calcular o valor que o empreendimento custará futuramente. Pois, devido à oscilação econômica, a moeda de um país pode sofrer ajustes em seu real valor.

Além disso, junto ao cálculo das receitas líquidas futuras, a taxa mínima de atratividade (TMA) deve ser estipulada. Essa taxa se refere a porcentagem dos juros que serão cobrados para que futuramente o empreendimento obtenha o mínimo de lucro esperado.

Portanto, é como se o VPL fosse um indicador de valorização do capital no decorrer do tempo.

Ademais, o VPL pode ser aplicado a contabilidade e finanças.

  • Finanças: dentro das finanças a VPL é utilizada para analisar orçamento de capitais de Investimentos a longo prazo. Assim, um projeto deve ter andamento caso o valor presente de todas as entradas de caixa, menos o valor atual de todas as saídas, for igual a zero.
  • Contabilidade: deve ser usado na conversão de balanços e Patrimônio de Marcas.

Como calcular o valor presente líquido?

O cálculo do VPL é feito a partir do somatório das receitas líquidas futuras junto a TMA.

Fórmula do valor presente líquido

VPL 2

Logo:

  • VPL = Valor Presente Líquido;
  • FC = Fluxo de Caixa;
  • i = TMA (Taxa Mínima de Atratividade) ou Taxa de Desconto;
  • n = Período de tempo;
  • j = Equivalente a 1.

Porém, caso você não prefira calcular o VPL manualmente, através do programa Excel é possível realizar o processo. Basta introduzir a fórmula =VPL(), o valor do percentual da TMA deve ser incluído no primeiro parâmetro e no segundo parâmetro o intervalo dos fluxos de caixa a partir do período 1.

Vantagens e desvantagens da VPL

Apesar de ser um indicador para prevê o valor real de um empreendimento futuramente, o valor presente líquido possui limitações, por isso seu cálculo é realizado em conjunto com outros indicadores.

Vantagens da VPL

  • Sua aplicação pode ser feita tanto em fluxos de caixa convencionais (quando seu caixa se iguala a zero) e não convencionais (quando os valores não apresentem zero como fluxo de caixa) ;
  • Leva em consideração o fluxo de capital que a empresa possui no momento. Ou seja, quanto dinheiro ela possui disponível para se iniciar novos projetos.

Desvantagens

  • Não ter o conhecimento exato de todos os fluxos de caixa;
  • Devido ao valor, projetos maiores podem parecer mais lucrativos que projetos menores. Porém, isso só acontece devido ao valor estipulado;
  • A comparação entre dois projetos pode se tornar mais complexa. Por exemplo, o gestor assumirá o risco de optar pelo projeto no qual acredita ser mais vantajoso e recusar outro, incorrendo assim no risco de oportunidade.

Sendo assim, é preciso obter um amplo conhecimento para aplicar a VPL, porque esse indicador é de fundamental importância para quem gerencia empreendimentos e projetos que serão vendidos futuramente.

Escrito por

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Compartilhe conosco suas experiências

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *