Como investir em ouro! Entenda de vez!

como investir em ouro

Se você se pergunta “como investir em ouro”, provavelmente deve saber que ele é um dos ativos financeiros mais seguros existentes.

Entender como investir em ouro pode significar a capacidade de obter um ativo físico que também lastreia a reserva monetária de inúmeros países.

Portanto, se você busca como investir em ouro, é preciso estar atento as vantagens e desvantagens desse tipo de aplicação.

Dá pra investir em ouro?

como investir em ouro 1

Existem diversas formas de investir em ouro, considerado um dos ativos financeiros mais seguros da economia mundial.

Ele é considerado uma reserva de valor e um ativo seguro em tempos de crise e instabilidade financeira.

Mesmo se os mercados acionários e os títulos de dívida de um governo passarem por problemas, o ouro continua sendo uma proteção contra a desvalorização.

Assim, sendo uma reserva de valor de última instância, para casos como a crise americana de 2008, em que esse ativo registrou uma forte valorização.

Em agosto de 2019, por exemplo, o medo de recessão global e a queda de juros elevaram a demanda do metal precioso, sua rentabilidade foi quase o triplo da do Ibovespa.

O mercado de ouro

O mercado de ouro, assim como o mercado de ações, constitui os chamados mercados de risco. Isso porque suas cotações variam segundo a lei da oferta e da procura.

No mercado internacional, os principais centros de comercialização são Londres e Zurique, onde o ouro é negociado no mercado de balcão.

Além deles, existem também a Bolsa de Mercadorias de Nova York (COMEX), onde só se opera em mercado futuro.

Por que investir em ouro?

O ouro, historicamente, foi a aplicação financeira que mais se destacou em momentos de abalo econômico, como guerras e recessões.

Isso ocorre por diversos fatores, como:

  • Sua reserva de valor durável;
  • Ser um ativo financeiro aceito internacionalmente;
  • Sua liquidez imediata.

Com a instabilidade das Bolsas, o ouro ganha um maior volume de procura de investidores.

O investimento nesse metal precioso é indicado para investidores conservadores e/ou que pretendem diversificar e proteger seu patrimônio (hedge).

Como investir em ouro?

Existem diversas alternativas para investir em ouro no Brasil, algumas mais diretas e outras indiretas.

Confira quais são elas e como funcionam:

Contratos futuros

Quem investe em contratos futuros está, na verdade, investindo no direito de compra sobre as oscilações de valor sobre um determinado ativo financeiro.

Isso porque o seu espaço de negociação é o mercado futuro, um ambiente para a negociação de contratos de compra e venda de ativos em uma data futura.

Podem ser negociados minicontratos de 0,225 g até 10 g, ou os contratos cheios, de 250 g.

Por este sistema, além de obter maior liquidez para compra e venda, o investidor só paga a taxa de corretagem pela negociação, já que a custódia fica por conta da corretora e o IR é isento para aplicações menores que R$20 mil.

Ouro físico (barras de ouro)

Comprar ouro em barras é um processo um pouco mais complicado, já que é necessário buscar uma instituição financeira que o comercialize.

Além disso, é preciso fazer um cadastro e comprovar renda nas compras acima de R$10 mil.

Outro passo necessário é a busca de um banco custodiante que guarde o ouro, a partir da cobrança de uma taxa de custódia mensal sobre o volume financeiro mantido, que varia de 0,07% a 0,15%.

É possível também negociar diretamente com uma distribuidora do metal, como a OM DTVM e a Marsam DTVM e custodiá-los em casa.

Nessa modalidade, o risco de perda do ativo é maior, já que não existe nenhuma garantia de segurança como a proporcionada por instituições financeiras.

Outro fator negativo é a menor liquidez, já que é mais difícil encontrar compradores de barras de ouro pelo preço de mercado.

Fundos de investimento em ouro

Uma opção mais acessível e prática para quem deseja saber como investir em ouro é a escolha de um fundo de investimentos.

Com um Fundo, o investidor terceiriza a gestão do ativo a um profissional financeiro que pode atuar de maneira passiva, apenas comprando o ouro e deixando-o a sofrer variações, ou de maneira ativa, comprando e vendendo o metal de acordo com o momento do mercado.

Essa segunda estratégia contribui para a obtenção de uma maior rentabilidade.

Quais os riscos de investir em ouro?

Apesar de ser um ativo seguro e ideal em momentos de crise, existe bastante risco em investir em ouro de maneira especulativa.

Isso, na verdade, não é sinônimo de rentabilidade nem de segurança, já que o valor do ouro muda a cada minuto e é extremamente volátil, devido a fatores como:

  • Política monetária dos países;
  • Fatores de extração do ouro;
  • Oferta e demanda de investidores;
  • Fluxos de importação e exportação entre países;
  • Períodos de sazonalidade durante o ano.

Por conta disso, se você busca fazer investimentos de curto prazo, é necessário o acompanhamento diário do mercado e das cotações do ativo.

Assim, evitando grandes prejuízos com as oscilações do ouro.

Para isso, é necessário um certo nível de conhecimento sobre o mercado financeiro.

Já para investimentos de longo prazo, o ouro pode servir como proteção para o seu capital contra flutuações bruscas da economia.

Nesse caso, é recomendado comprá-lo em momentos de estabilidade econômica, quando a demanda é menor e, consequentemente, o preço do ouro também.

Essa é uma boa alternativa para quem busca saber como investir em ouro. Porém, vale lembrar que cada investidor deve definir suas estratégias com base na rua realidade econômica e nos seus objetivos financeiros.

Acesso rápido

Compartilhe:

Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimos artigos