Comunicação Integrada: saiba como aplicá-la no seu negócio!

comunicacao integrada 2

Uma grande estratégia para a coerência de mensagens enviadas por uma empresa é a Comunicação Integrada.

É com a utilização de uma comunicação integrada que todas as formas de contato e interação com clientes conseguem ser alinhadas e isso, reverbera na aceitação da marca e posteriormente, no aumento das vendas.

Mas o que seria uma Comunicação Integrada?

comunicacao-integrada

A Comunicação Integrada pode ser definida como o processo em que todos os tipos de comunicação feitos por uma empresa tem um único objetivo.

No entanto, para que isso aconteça, é preciso ajustar todas as atividades de comunicação do negócio.

Assim, todas as mensagens enviadas ao público terão o mesmo sentido, seguindo um único objetivo. Por exemplo:

  • Uma empresa de vestuário deseja passar a mensagem de que promove uma consciência ambiental, sendo “ecofriendly”.
  • No entanto, o seu setor industrial acaba sendo denunciado por despejar resíduos de produção irregularmente nos rios.

Para todo o público, a imagem da empresa se torna a mais negativa possível.

Isso acontece, pois as ações e comunicações não foram alinhadas em um único sentido.

Ou seja, a construção de credibilidade de um negócio depende da união de esforços nas comunicações e ações. Ela deve ser baseada de acordo com a perspectiva de quem a recebe: o cliente.

Para construir essa estratégia de comunicação, é preciso seguir alguns passos bastante importantes, como:

  • Definir os objetivos da empresa;
  • Identificar o público-alvo;
  • Selecionar de canais de comunicação a serem utilizados;
  • Escolher de que forma a mensagem será transmitida (informal ou formal).

Dessa forma, a empresa consegue iniciar sua construção de identidade a partir de uma boa e coerente comunicação com o seu público.

Qual a importância de utilizar a Comunicação Integrada de Marketing?

A Comunicação Integrada vai muito além de uma estratégia de competitividade promovida pelo marketing.

Ela representa uma solução para evitar problemas com a credibilidade da empresa, evitando despesas e desgastes desnecessários.

Além disso, para a equipe, a construção de uma identidade fixa agiliza o processo de criação de novos conteúdos, por exemplo.

Isso ocorre, pois não é preciso criar o tempo todo uma uma identidade visual diferente.

Quais os objetivos de uma Comunicação Integrada?

Existem diversos objetivos relacionados à construção de uma comunicação alinhada.

Na maioria das empresas, essa estratégia é utilizada para a identificação da marca em meio à concorrência.

A exemplo disso, temos a Netflix, responsável por uma comunicação bastante específica e inovadora com seus clientes em suas redes sociais.

No entanto, fora delas, seus anúncios e publicações ainda mantém o tom de humor que virou uma característica da marca.

Se observarmos esse mix de comunicação, percebemos que ele contribui para a condução do cliente pelo funil de vendas. Nesse caso, cada uma das etapas exige uma mensagem unificada.

Na primeira fase, com a atração de leads, a comunicação corresponde à publicação de conteúdos gratuitos, como:

  • Postagens;
  • Vídeos;
  • Gráficos;
  • Podcast.

Nesse momento, o cliente é influenciado a se cadastrar com e-mail ou telefone para continuar recebendo mais conteúdos, muitas vezes exclusivos.

Mas imagine se, após isso, o contato para a venda de um produto seguir um tom completamente diferente do que conquistou o cliente?

Com certeza, esse conflito iria acabar afastando esse consumidor, o que prejudicaria a consistência da imagem da marca.

Ou seja, com a unificação das mensagens transmitidas, é possível impactar melhor o consumidor, conseguindo sua fidelização.

Como funciona a Comunicação Integrada?

A comunicação integrada aborda as mais diversas áreas dentro de uma empresa, como:

  • Produção;
  • Administração;
  • Finanças;
  • Distribuição.

Isso ocorre, pois cada um desses departamentos está ligado de alguma forma às estratégias de marketing do negócio.

Mas, para que elas funcionem, é preciso que os conteúdos estejam alinhados ao objetivo principal da empresa. Assim, a proposta base de todo o empreendimento será respeitada.

Comunicação interna

É imprescindível que, dentro da empresa,  toda a equipe esteja completamente informada sobre alterações e novos lançamentos.

Isso faz com que as abordagens e interações com o público estejam sempre seguindo o desenvolvimento do negócio.

Além disso, que as ideias desenvolvidas estejam norteadas pela missão da empresa.

Comunicação externa

No caso de empresas que terceirizam a produção de conteúdos, como alguns e-books e artigos, a atenção deve ser redobrada.

Isso porque, caso os conteúdos estejam incoerentes entre si, a personalidade da marca pode ser comprometida.

Por isso, é fundamental que as características de comunicação da empresa estejam bem determinadas.

Como aplicar a estratégia de Comunicação Integrada?

Após compreender a importância da Comunicação Integrada para qualquer negócio, é preciso aprender a sua forma de aplicação.

Formação de personalidade

O planejamento de comunicação da empresa é a etapa inicial para a formação de sua identidade.

Ele serve para garantir que todos os contatos com o público estejam devidamente alinhados e coerentes para com a empresa.

Nesse momento, deve-se definir o formato de interação utilizada pela organização, que deverá transmitir sua mensagem central.

Ela deve ser formada a partir do planejamento de marketing específico da empresa.

Um exemplo de formação de personalidade é a criação de uma identidade visual para a empresa.

A partir dela, são escolhidas cores, logomarcas e peças de design específicas para manterem a coerência entre todos os canais utilizados.

Assim, a marca conseguirá se fixar na cabeça de todo o público consumidor que entrar em contato com seus conteúdos.

Unificação da equipe

Após o desenvolvimento de uma estratégia de marketing e comunicação, é hora de deixar todos os membros da equipe cientes da novidade.

Com a integração da equipe, todas as campanhas estarão expressando a mesma filosofia a partir de uma só forma de linguagem.

Isso porque serão essas pessoas que estarão responsáveis pela veiculação das mensagens da empresa.

Para que tudo ocorra corretamente, é recomendado que haja um treinamento com a equipe, esclarecendo o branding da empresa.

Ele pode ser feito a partir de reuniões de brainstorming, onde todos compartilham suas ideias e pensamentos sobre a marca.

Com isso, todo o time estará preparado para criar novas oportunidades que respeitem a personalidade da empresa.

Unificação dos canais

Não adianta de nada utilizar inúmeros canais de comunicação se eles não interagem entre si.

Por isso, após a construção de objetivos e alinhamento da equipe, é preciso focar na unificação dos canais de comunicação.

Com isso, mesmo quando interagir em diferentes meios, o cliente ainda conseguirá identificar a mesma essência a partir da marca.

Essa área é altamente relacionada com a integração da equipe dentro da empresa, responsável pelos diferentes setores de comunicação.

Portanto, vale a pena reforçar a necessidade de um alinhamento de objetivos e estratégias.

Quais os benefícios da Comunicação Integrada?

Existem diversos benefícios relacionados ao uso da Comunicação Integrada, como:

  • Manutenção de uma imagem positiva para a marca;
  • Ampliação de alcance e interesse do público geral;
  • Solução para problemas de credibilidade.

Para o marketing, ela é uma estratégia altamente eficaz para a promoção da marca, dando mais visibilidade para a empresa em meio à concorrência.

Além disso, para o público, o uso da comunicação alinhada promove o fortalecimento da imagem do negócio. Assim, tornando-o cada vez melhor relacionado com o público.

Ao final, são percebidos grandes benefícios nos resultados da empresa, proporcionando um rápido e constante crescimento financeiro.

Portanto, vale a pena implementar a estratégia de Comunicação Integrada dentro de seu negócio. Acompanhe a nossa carta do fundador com conteúdos diários e gratuitos!

Acesso rápido

Compartilhe:

Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimos artigos