EVP: entenda o que é o Employee Value Proposition!

employee value proposition

Você já parou para pensar nos motivos pelos quais um candidato escolhe trabalhar em sua empresa dentre várias no mercado? É aí que entra o employee value proposition.

Com um bom employee value proposition, as organizações conseguem motivar melhor suas equipes e alcançar cada vez mais objetivos.

Mas o que é employee value proposition?

Employer Value Proposition

O employee value proposition é um conjunto de programas oferecido pela empresa para reter talentos e fortalecer a marca. Essa forma de gestão é bastante eficaz para que os colaboradores das empresas estejam cada vez mais satisfeitos.

Ao investir na qualificação e reconhecimento dos profissionais, as organizações percebem uma grande evolução na produtividade.

Em resumo, a proposta de valor ao empregado dá as seguintes informações:

  • O que a empresa oferece ao profissional;
  • Qual a sua vantagem em meio às concorrentes;
  • Porque ela é um bom local para se trabalhar.

Definir sua proposta de valor é fundamental para o bom funcionamento de toda a empresa. Assim, ela deixa de ser apenas um trabalho e passa a ser uma atividade atrativa para todos os colaboradores.

Qual a importância da employee value proposition?

O EVP é altamente importante para a maneira com que as pessoas observam as empresas.

O que antes se limitava apenas aos trabalhadores, a reputação da empresa se tornou cada vez mais pública com a popularização da internet.

E isso, ao contrário do que alguns empreendedores pensam, é altamente benéfico para qualquer bom negócio.

A medida em que colaboradores compartilham boas experiências profissionais, o público começa a observar a empresa como uma lovemark.

Ou seja, agrega valor à marca, que mostra realmente se importar com sua atuação interna e externa.

Além disso, na equipe, o EVP ajuda nas novas relações de trabalho no mercado.

Enquanto anteriormente os funcionários exerciam atividades motivados por ordens, hoje, é interessante que sua motivação seja interna.

Ou seja, que ele não faça seu trabalho apenas pelo dinheiro, mas porque realmente acredita na importância do seu serviço e de toda a empresa.

Por fim, ao mostrar que, além de cobrar, a empresa oferece valor aos funcionários, ela se torna uma ótima fonte de prazer e desenvolvimento.

Qual a diferença entre employer branding e employee value proposition?

O employer branding é construção da imagem da marca para todo o público, mostrando que ela é um bom local para se trabalhar.

Entre seus diversos benefícios, estão:

  • Aprimoração do recrutamento e seleção de talentos;
  • Diminuição da rotatividade de funcionários (turnover);
  • Aumento no nível de produção e engajamento dos empregados;
  • Melhoria de relação com o consumidor.

Já o employee value proposition é, literalmente, a proposta de valor ao colaborador. Ou seja, os diferenciais que o fazem querer trabalhar naquele local, e não em outras organizações.

Apesar de semelhantes, o branding é uma construção de valor mais geral, sendo consequência direta do value proposition.

Como melhorar o employee value proposition dentro de uma empresa?

O EVP funciona dentro das empresas em 5 categorias diferentes, que são:

  1. Recompensas:  remuneração, plano de saúde, férias, aposentadoria etc;
  2. Oportunidades: plano de carreira, estruturação de meritocracia etc;
  3. Organização: responsabilidade social  e estruturação da empresa;
  4. Pessoas: construção de um ambiente descontraído, com um bom nível de networking;
  5. Trabalho: reconhecimento de conquistas, viagens corporativas e premiações.

Cada uma dessas áreas precisa ser desenvolvida para que a empresa consiga oferecer uma boa condição de trabalho a seus funcionários.

Para isso, identifique primeiro a opinião dos seus colaboradores sobre a realidade da empresa. Isso inclui informações sobre a percepção da equipe sobre:

  • Condições de trabalho;
  • Qualidade do serviço prestado;
  • Relevância da empresa.

Além disso, fazer questionários com perguntas sobre o que pode ser melhorado pode ajudar o gestor a entender os desejos de seu time.

Com esses dados em mão, comece a criar uma proposta de valor que acompanhe as expectativas e necessidades percebidas. Sempre lembrando, é claro, de criar metas que possam ser aplicadas na empresa e também um plano de ação.

No momento da implementação, é preciso assegurar seu alcance em todos os setores da empresa. Assim, fazendo com que todos sejam beneficiados pelas inovações na organização.

Vale a pena divulgar para o público as mudanças positivas aplicadas dentro da empresa. Por isso, incentive o compartilhamento dessas informações com os amigos dos colaboradores etc.

Lembre-se que a proposta de valor precisa ser única e alinhada às metas da instituição, sendo assim, sustentável. Para isso, é preciso que todos estejam engajados e acreditem na real motivação da empresa no benefício dos seus colaboradores.

Isso só será possível se o employer value proposition estiver oferecendo aos colaboradores benefícios reais, que vão muito além do salário. Assim, garantindo o sucesso da empresa e de toda sua equipe ao longo do tempo. Acompanhe a nossa carta do fundador, com conteúdos diários e gratuitos!

Acesso rápido

Compartilhe:

Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimos artigos