OKR: entenda o que é e como aplicar essa metodologia de gestão!

okr 3

O OKR tem como objetivo a definição dos resultados buscados por uma equipe dentro de uma empresa.

No entanto, o OKR pode ser desenvolvido de diferentes formas dentro de cada área do negócio.

Mas afinal, o que é OKR?

O OKR, ou Objectives and Key Results, é uma metodologia de gestão utilizada por diversas empresas para a definição de metas e objetivos.

Essa descoberta dos objetivos e resultados chave é extremamente necessária para nortear toda a equipe de funcionários do negócio.

Ou seja, com ela, o time é alinhado a partir das tarefas mais importantes para a empresa. Assim, são evitados desequilíbrios em atividades e funções.

Esse método foi adotado por diversas empresas do Vale do Silício, como:

  • Google;
  • Twitter;
  • Linkedin;
  • Spotify;
  • Airbnb.

Em resumo, o OKR propõe uma ação baseada em um objetivo mútuo existente dentro de uma empresa.

Qual a importância do método OKR?

okr

Quanto maior a empresa, maiores são os desafios enfrentados, seja pela equipe ou, principalmente, pelo gestor.

No entanto, um dos problemas mais silenciosos e perigosos dentro de um grande time é o desalinhamento da equipe. Ele ocorre quando os funcionários não percebem a importância de suas ações para o resultado final da empresa.

Por isso, é preciso que cada colaborador esteja ciente do que é preciso ser feito na busca pelos objetivos principais da empresa.

E é justamente para isso que o OKR serve.

Ele consiste em definir para toda a equipe quais são os objetivos existentes e o que é preciso para que eles sejam alcançados.

Como funciona a metodologia OKR?

O OKR é uma metodologia de gestão que, diferente das tradicionais, não possui um modelo engessado e inflexível.

Isso significa que não existem práticas específicas definidas de aplicação pelo seu criador, o Andrew S. Grove.

No entanto, existe um conceito norteador, como um tipo de fórmula:

  • Por querer X (objetivo)  tenho que cumprir Y (resultado-chave)

O objetivo (X) é a divulgação de um desejo da empresa. Ele precisa ser bem descrito para demonstrar ao time a sua devida importância.

Já os resultados-chave (Y) representam as metas que irão impactar diretamente no atingimento do objetivo.

Para cada um dos alvos principais devem existir mais de duas metas definidas, facilitando a sua resolução e distribuição entre a equipe.

Os key-results possibilitam o alinhamento da equipe direcionando os seus esforços. Além disso, eles devem ser de curto período, permitindo uma possível correção de problemas.

Ou seja, o OKR consiste em mais do que possuir desejos. Ele demonstra que é preciso definir exatamente o caminho necessário para algo, representado pelas metas.

Como o OKR é implementado dentro das empresas?

A implementação das metas OKR dentro das empresas é bastante simples. Ela é responsável pela organização de negócios em constante crescimento.

É possível que os setores existentes na empresa estejam com diferentes metas a serem desenvolvidas. No entanto, todas elas precisam ser desenvolvidas para um único fim.

Por exemplo:

Uma loja virtual possui o objetivo de satisfazer os clientes.

No entanto, para saber se eles estão ou não satisfeitos com seus produtos, ela analisa os indicadores existentes, como:

  • Índice de reincidência;
  • Engajamento (no site ou nas redes sociais);
  • Feedbacks (solicitados ou não).

Ao detectar um problema com o engajamento, por exemplo, ela deve criar metas para resolver esse problema, que podem ser:

  1. Aumentar a frequência de 4 para 10 postagens em redes sociais por semana;
  2. Criar publicações e promoções que incentivam a interação do cliente;
  3. Aumentar o índice de engajamento de 2% para 10%.

Nesse caso, o time de design criará mais postagens, sendo elas desenvolvidas pelo time de marketing.

Essas definições precisam ser bastante claras e simples, fazendo que toda a equipe consiga entender o que deve ser feito.

É preciso também que elas sejam checadas semanalmente, possibilitando a correção de erros sem grandes prejuízos.

Quais os benefícios do OKR?

O uso do OKR dentro de um negócio já possui benefícios comprovados, como vemos em grandes empresas como a Google.

Ele evita que as atividades estejam voltadas a fins diferentes, prejudicando a produtividade do negócio. Tudo isso, envolvendo e motivando toda a equipe a cumprir suas metas.

Além disso, por ser bastante simples, o OKR pode ser rapidamente absorvido por todos os colaboradores. Dessa forma, a obtenção de resultados antes impensados fica cada vez mais possível. Acompanhe a nossa carta do fundador com conteúdos diários e gratuitos!

Acesso rápido

Compartilhe:

Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimos artigos