Pivotar: saiba se chegou a hora de mudar os rumos do seu negócio

pivotar

Ao enxergar dificuldades de desenvolvimento no modelo de negócio corrente e identificar oportunidades que o mercado ainda não vem ofertando com eficiência, pivotar pode acabar sendo a decisão mais inteligente e estratégica no empreendedorismo.

Mesmo que você não seja familiarizado com o termo “pivotar”, muitos negócios de sucesso utilizaram dessa estratégia. Por isso, entender essa tática e como ela vem sendo aplicada nos negócios é importantíssimo.

O que é pivotar?

Pivotar é um ter famoso no mundo dos negócios, especialmente entre as empresas que estão em estágios iniciais, que representa uma mudança na atividade principal e no modelo do negócio.

Portanto pivotar significa mudar de ramo do negócio, e isso pode acontecer por diversas razões.

Entretanto, é necessário entender primeiramente que não necessariamente pivotar negócio representa uma ação de desespero.

Pode significar, na verdade, uma boa análise da situação e projeção da empresa, e a partir disso, a identificação de uma oportunidade de mudança no modelo do negócio.

Quando pivotar faz sentido?

Empresas em desenvolvimento e principalmente startups estão sempre mudando suas estratégias em relação a diversas áreas do negócio.

Mas para pivotar startup, por exemplo, é necessário que ocorram mudanças sobre o modelo do negócio.

Pode-se dizer que é até comum que isto ocorra, já que com um maior conhecimento do mercado, público alvo, canais, entre outros setores relevantes, é possível que oportunidades de negócios melhores sejam achadas.

Pivotar pode ser uma boa ideia caso a gestão perceba alguns dos seguintes sintomas:

  • “Público qualificado” não precisa do produto;
  • Clientes com baixo entusiasmo em relação ao produto;
  • CAC constantemente elevado;
  • Negócio estacionar em estágio precoce.

Caso essas coisas ocorram, redirecionar o negócio pode ser uma ótima ideia, aproveitando todo o trabalho, informações e inteligência desenvolvida previamente pela empresa.

Além de entender quando pivotar, é necessário entender que nem todas situações negativas no negócio indicam uma necessidade de pivotagem.

Exemplos de negócios que tiveram sucesso ao pivotar

Fazer o pivot, como visto anteriormente, nada mais é do que mudar posicionamento da empresa de forma estratégica, para alcançar resultados melhores.

É possível arriscar que, a maioria das grandes empresas, em certo ponto do seu processo de desenvolvimento, passaram por um processo de redirecionamento do negócio.

Por isso, é interessante conhecer algumas das maiores empresas que souberam decidir o momento de pivotar e obtiveram muito sucesso.

Instagram

O Instagram, antes de ser como funciona nos dias de hoje, era chamado de “Burbn” e funcionava como uma plataforma onde você podia postar fotos, colocar filtros, check-in, criar planos para o fim de semana, mas tudo de uma maneira complicada.

Após algum tempo, os CEO’S da Burbn decidiram pivotar a empresa, e mudaram o nome para Instagram, versão limpa e de fácil utilização.

Starbucks

A Starbucks inicialmente vendia máquinas de café e sementes de café para seus clientes nas suas lojas.

Quando o CEO estava viajando pela europa, enxergou a possibilidade de transformar a Starbucks em uma cafeteria nos moldes europeus.

Após isso, a Starbucks passou a vender seus cafés na própria loja, criando uma ambiente agradável e que estimula o consumidor a ficar no estabelecimento por um bom tempo.

Portanto, é possível entender que pivotar seu negócio não necessariamente é um ato de desespero, mas sim uma identificação de melhores oportunidades, que podem tornar a empresa mais rentável.

Acesso rápido

Compartilhe:

Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimos artigos