Pré vendas: veja por que essa fase é tão importante para um negócio

pre vendas

O processo de venda de produtos e prestação de serviços em uma empresa acontece por diversos fatores. A pré-vendas é um deles. Essa prática faz com que o negócio conquiste mais clientes e, por consequência, aumente a margem de lucratividade.

O pré vendas, por mais que seja importante, nem sempre é utilizado pelas empresas. Essa negligência possibilita a perda considerável do potencial de consumidores da marca. Por isso, é preciso realizar a aplicação da preparação de venda.

De forma geral, o pré-vendas é uma função que gerencia e movimenta os leads. Ou seja, é o primeiro contato da empresa com o cliente. Nesse sentido, uma boa comunicação facilita o percurso que irá direcionar para o objetivo do pré-vendas.

Como funciona a fase de pré-venda?

pre-vendas-2

Fazer pré-vendas é um processo comercial que filtra os clientes e faz com que a efetivação da venda seja mais dinâmica, já que são enviados para o vendedor final apenas os melhores leads.

Através do processo de pré-vendas alguns fatores são beneficiados:

  • Diminuição do tempo de negociação;
  • Maior probabilidade de efetivação da venda;
  • Crescimento no faturamento.

As funções comerciais e técnicas precisam estar bem definidas. As técnicas se responsabilizam pela elaboração de soluções e as comerciais se responsabilizam pela qualificação dos leads e as ofertas das soluções desenvolvidas.

O pré-vendas é quase como uma modalidade para educar o cliente. Dessa forma, o consumidor é melhor direcionado para a compra da solução, sem ter grandes objeções.

Algumas qualidades necessárias para um bom processo de pré-vendas:

Quais são as etapas para a realização da venda?

pre-vendas-3

1. Prospecção

A prospecção serve para que haja definição de quem é o público-alvo. Ou seja, a criação das personas que tratam as características e informações necessárias dos clientes.

2. Pré-venda

A pré-venda ajuda a identificar quais serão os futuros consumidores do produto e otimiza as outras etapas de venda.

3. Abordagem

A abordagem é o primeiro contato com o cliente e precisa ser feito de forma sustentável. Ou seja, não causando sobrecarga no processo de vendas.

4. Negociação

A negociação é um processo que exige mais cuidado em sua execução. Já que nesse tempo os clientes e os vendedores já terão feito o primeiro contato. A negociação de valores, prazos e outros detalhes serão ajustados para a efetivação da compra.

5. Fechamento

O fechamento pode sofrer objeções. Por isso, é preciso entrar em acordo e repassar todas as informações da efetivação da venda.

6. Pós-venda

O pós-venda é a concretização do contato com o cliente. Dessa forma, é possível manter uma relação para outras oportunidades de venda.

3 técnicas de pré-vendas

1. Capacitar a equipe envolvida

A equipe precisa ter conhecimento sobre os produtos ou serviços que estão sendo oferecidos. Algumas outras técnicas também são necessárias para construir uma boa pré-venda, como o treinamento de uma boa comunicação e uma cultura de vendas.

2. Monitorar os relatórios de venda

Para saber os resultados que o processo está rendendo, é preciso monitorar os históricos e contextualização das vendas do grupo. Isso possibilita o aperfeiçoamento de ações e mudança de estratégias, caso seja necessário.

3. Qualificar o produto ou serviço

Analisar os concorrentes e ter conhecimento sobre o próprio produto/serviço é essencial para atender os clientes e entender quais são os possíveis desafios de venda.

Por isso, o processo de pré vendas é necessário para otimizar as qualidades da estrutura da comercialização da empresa. Para mais dicas como essa, assine nossa newsletter no WhatsApp e receba ainda mais conteúdos gratuitos!

Acesso rápido

Compartilhe:

Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimos artigos