TUPY3: como lucrar com a Tupy?

tupy3

Na B3, há vários setores para investimentos, como é o caso do setor metalúrgico. Uma das empresas de destaque desse segmento é a Tupy S.A (TUPY3).

A Tupy (TUPY3) atua com a fabricação de componentes compostos de ferro. Sua classificação setorial é, portanto, bens industriais, material de transporte e material rodoviário.

Sabendo disso, vale a pena entender qual modelo de negócio e qual o impacto da empresa (TUPY3) para os investidores.

Modelo de negócio da Tupy (TUPY3)

Em primeiro lugar, as principais atividades executadas pela Tupy são o desenvolvimento e a fabricação de componentes em ferro fundido para setores como, por exemplo, o automotivo, o ferroviário e o de máquina e equipamentos.

Além disso, a empresa é responsável pela produção de conexão de ferro maleável para setores industriais e de perfis contínuos de ferro para setores industriais.

A empresa tem capacidade para produzir 848 mil toneladas anuais de peças em ferro fundido. Seus parques fabris se localizam em cidades como, por exemplo, Joinville (SC), Mauá (SP), Saltillo e Ramos Arizpe (Coahuilla – México)

A Tupy tem cerca de 11 mil funcionários e exporta mais de 80% de sua produção, para aproximadamente 40 países.

Por fim, a empresa tem um catálogo de clientes a marcas mundialmente reconhecidas. São elas, por exemplo, a Volkswagen, a Ford e a Audi.

Informações básicas sobre os papeis da Tupy (TUPY3)

tupy32

Algumas das informações importantes sobre os papéis da Tupy são disponibilizadas pela B3, da qual ela faz parte.

A empresa apresenta só um tipo de papel: as ações ordinárias (TUPY3 ON), que dão direito a voto nas assembleias.  Além disso, a Tupy conta com a participação de 35% da BNDES Participações S.A.

Outas características importantes sobre a companhia são, por exemplo:

  • Segmento de listagem: Novo Mercado. Esse tipo reúne as empresas com alta transparência e boa governança, sendo o mais alto nível da bolsa;
  • Ações em circulação: a Tupy tem 66 milhões de papéis;
  • Tamanho: é uma empresa Small Cap;
  • Tag Along: 100%;
  • Free Float: 41,14% nas ações ordinárias.

Dados importantes sobre a Tupy (TUPY3)

Antes de investir, é preciso fazer uma avaliação sobre a empresa, podendo ser feita a análise fundamentalista. É importante saber pontos como governança e dívida da empresa.

No caso da Tupy, portanto, ela apresenta uma boa governança e um baixo endividamento. Além disso, apresenta um histórico de pagamento de dividendos. 

Dividendos, por sua vez, são proventos que se divide entre os acionistas de uma empresa. Sendo assim, é uma forma de lucrar com uma empresa.

Pontos positivos sobre a Tupy (TUPY3)

  • Exposição a moedas fortes;
  • Atuação global;
  • Líder no setor de metalurgia.

Pontos negativos sobre a Tupy (TUPY3)

  • Risco de disrupcão em função da mudança do perfil de setor automobilístico;
  • Participação do Estado.

Conhecendo a história da Tupy

Primeiramente, vale dizer que Albano Schmidt, Hermann Metz e Arno Schwarz são os responsáveis por fundar a Tupy em 1938. No entanto, a história da Tupy se entrelaça com a industrialização do Brasil e da cidade de Joinville, em Santa Catarina.

Dez anos antes da fundação, Albano desafiou seus companheiros a descobrir a fórmula de ferro fundido maleável. Após várias tentativas, chegaram ao objetivo, 7 anos depois.

Em seguida a isso, usaram a mesma instalação para fabricar as primeiras conexões com a marca da empresa.

Com o crescimento da demanda no País, então, foi necessária a construção de uma nova sede migrada em 1954. Essa mudança teve um impacto tão grande que deu lugar a um novo bairro em torno da sede.

Após a morte de Albano, em 1958, a presidência foi transferida para seu filho, que criou a Escola Técnica Tupy. Essa instituição tinha o objetivo de criar mão de obra qualificada para suprir os novos desafios mercadológicos.

Com o crescimento do mercado automobilístico e o primeiro contrato fechado nesse setor, surgiu a segunda unidade de fundição em 1963. Sendo assim, ela tinha o único fim de produzir peças automotivas.

Logo após, em 1972, foi criado o primeiro Centro de Pesquisa da empresa. Além disso, nessa década, a empresa começou a exportar seus produtos para países sul americanos e europeus. Ainda nessa década, em 1976, a empresa começou a contar com escritórios nos Estados Unidos e Alemanha.

Quase 20 anos depois, em 1995, a empresa oficialmente deixou de ser um empreendimento familiar e seu controle passou a ser de um grupo de fundos de pensão e bancos.

Em função disso, portanto, a empresa passou a focar todo os seus esforços para a exportação, se consolidando no mercado global.

Século 21

tupy33

Em 2000, teve a implantação do Sistema de Gestão Ambiental (SGA). A empresa passou a dominar o processo de utilização do ferro fundido vermicular para produção em larga escala de blocos de motor.

Os controladores decidiram, três anos depois, em 2003, mudar a liderança da companhia. A nova administração passou a estabelecer como prioridades a reestruturação da dívida e a reorganização da estrutura.

Um ano depois, a empresa ganhou destaque com o Prêmio Finep de Inovação Tecnológica, pelo domínio do processo de fabricação de componentes em ferro fundido vermicular.

Com sua saúde financeira totalmente recuperada, em 2008, a empresa anunciou investimentos de R$ 420 milhões, destinados à modernização de suas unidades produtivas.

Em 2012, então, a empresa concluiu o processo de aquisição de duas fundições no México: Cifunsa Diesel e Technocast, ambas especializadas na fabricação de blocos e cabeçotes de motores e pertencentes ao Grupo Industrial Saltillo (GIS).

Concorrentes da Tupy (TUPY3)

Além de observar informações da própria empresa, é interessante conhecer a concorrência do setor. Há, por exemplo, companhias como a Recrusul S.A. (RCSL4) e a Marcopolo (POMO4).

A Recrosul (RCSL4) foca sua atuação provendo implementos rodoviários, tratores, manutenção de peças originais para implemento ou trator e suporte assistencial.

Já a Marcopolo (POMO4), que também atua no mercado rodoviário, possui como atividade principal a fabricação de ônibus, carrocerias e outros componentes.

A empresa opera com diversas fábricas espalhados por todo o mundo e seus produtos estão presentes em mais de 100 países. Além disso, a Marcopolo é a maior encarroçadora da América Latina.

Como investir na Tupy (TUPY3)?

Visto essas informações acima, em primeiro lugar, é preciso que o investidor conheça o caminho para investir em uma ação na bolsa de valores.

Sabendo disso, então, cabe a ele decidir se vale a pena ou não investir na Tupy, através do ticker TUPY3.

Por exemplo, companhias como a Recrusul S.A. (RCSL4) e a Marcopolo (POMO4) concorrem com a Tupy.

A Tupy distribui dividendos consecutivamente desde 2000.

A Tupy se configura como uma small cap. Portanto, tem um valor de R$ 3,14 bilhões em 2020.

Acesso rápido

Compartilhe:

Arthur Dantas Lemos

Arthur Dantas Lemos

Especialista em Finanças Corporativas pela Fundação Getúlio Vargas. É formado pelo Programa de Profissionais do Mercado Financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo e pelo Programa CVM de Professores para Mercado de Capitais, Avaliador de Empresas pela NACVA - National Association of Certified Valuators and Analysts (EUA). Fundou a Empreender Dinheiro para democratizar o acesso à Educação Financeira de Alto Poder Transformacional e já impactou diretamente mais de 50.000 pessoas em suas soluções educacionais.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimos artigos